segunda-feira, 14 de março de 2016

CRISE : Paixão de Cristo do Recife enfrenta dificuldades de orçamento

Este ano, por conta do pouco dinheiro em caixa, a peça só será encenada durante três dias

José Pimentel diz que ainda espera um posicionamento do governo / Foto: Wellington Dantas/ Divulgação

José Pimentel diz que ainda espera um posicionamento do governo

Foto: Wellington Dantas/ Divulgação

Do JC Online
Com informações da Rádio Jornal
A 20ª edição da Paixão de Cristo do Recife, que será realizada este ano, está sem ajuda financeira do governo de Pernambuco. De acordo com o diretor e ator que interpreta Jesus na peça, José Pimentel, apenas a Prefeitura do Recife se prontificou a ajudar o espetáculo com um patrocínio de R$ 300 mil.



Este ano, por conta do pouco dinheiro em caixa, a Paixão de Cristo do Recife só será encenada durante três dias, e não mais em cinco. Do dia 25 até o dia 27 deste mês, as pessoas poderão conferir a peça que conta a história da vida de Jesus, no Marco Zero da cidade, área central.
Em entrevista à Rádio Jornal, José Pimentel diz que ainda espera um posicionamento do governo, mas afirma que vai fazer o espetáculo com muito esforço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário