sábado, 8 de fevereiro de 2014

TÚLIO ENFIM FAZ O GOL MIL

Gol Mil Túlio Maravilha Comemoração (Foto: Maritza Borges)

Assim como Pelé e Romário, o milésimo gol - segundo as contas do artilheiro - saiu de bola parada. Aos 27 minutos do primeiro tempo, o árbitro da partida no Fausto Alvim, casa do Araxá Esporte, marcou um toque de mão da defesa do Mamoré. Túlio Maravilha pegou a bola e ajeitou para bater. O goleiro Fabrício do time de Patos de Minas ainda tentou desestabilizar o camisa 999. Tranquilo, bateu no canto esquerdo e fez. Tirou a farda e mostrou o número 1000 na camisa. Dedicou o gol à esposa, aos filhos e para ele, claro, foi diferente de Pelé e Romário.
- Eles marcaram do lado esquerdo e eu do lado direito - afirmou, para em seguida completar: 
-  Dedico à minha família. Nasci e vou encerrar artilheiro. 

Hoje tem JOÃOZINHO E BANDA 7 em Taquaritinga do Norte




Taquaritinga hoje vai bombar com os shows das Bandas: Delta 7, Black Bird, Banda Bando de Guarás e Joãozinho e Banda 7, a atração mais esperada do VI Taquaritinga Moto Fest. Confira um pouco do show de Joãozinho e banda nos links:


Motociclistas e muito Rock invadem Dália da Serra


 Rock de primeira qualidade, máquinas poderosas, descontração e um clima fraternal impar marcaram a noite de abertura do VI Taquaritinga Moto Fest, um grande evento que aquece a economia local, lota todos os hotéis e pousadas, movimenta toda a cadeia produtiva do comércio e encanta a todos que dele participam, e a papulação da cidade.

O Taquaritinga Moto Fest já faz parte do calendário de eventos do município e é realizado pelo Taquara Moto Club, contando com total apoio da Prefeitura de Taquaritinga através da Secretaria Municipal de Turismo, Esportes e Desenvolvimento Econômico (SETURDE).
A expectativa este ano é pela participação de mais de 250 motoclubes de todo Brasil a exemplo das edições anteriores onde o sucesso foi garantido.


Bandas de alto nível se apresentaram na noite de ontem. O cantor Renato Marinho e as bandas Mahabone e Alucinados do Rock Band levaram ao delírio todos os presentes e promoveram a perfeita integração entre os motociclistas e roqueiros locais.
































sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Cordelista lança folheto em homenagem a Reginaldo Rossi nesta sexta-feira


Do JC Online

 / Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foi no dia 14 de fevereiro que Pernambuco e o Brasil ganharam o eterno Rei do Brega, Reginaldo Rossi, que, se ainda estivesse vivo, completaria 70 anos. Em homenagem ao seu aniversário, a poetisa Rivani Nasario lança nesta sexta-feira (7) o cordel “Rossi: E para matar a tristeza...”, na Livraria Jaqueira, Zona Norte do Recife. A renda arrecadada com a venda dos folhetos será revertida para a ala infantil do Hospital do Câncer.
A publicação é a 35ª da autora olindense, também conhecida como a cangaceira do cordel, que já foi premiada pelos versos que escreveu para o artista popular cearense Patativa do Assaré. O novo trabalho também exigiu dedicação de Rivani. "Passei 20 dias pesquisando tudo sobre a vida do Rei e 24 horas trancada dentro do quarto para escrever os versos", conta a autora. 
Os folhetos resgatam tanto a história da vida de Reginaldo Rossi, narrando seu nascimento no bairro dos Coelhos, Centro do Recife, quando lembram das músicas que mais embalaram os romances e desilusões de seus fãs. " Intercalo os versos das principais músicas dele aos meus.Tem sempre que ficar registrado o que ele foi e ainda é para o povo de Pernambuco", espera.
A renda dos folhetos vendidos no dia do lançamento será revertida para o tratamento das crianças internadas no Hospital do Câncer. Aberto ao público, o evento está marcado para começar às 17h.

Reflexão

Corpos já foram retirados do local do grave acidente no Bairro da Palestina


Com Informações do Blog do Ney Lima
Momento em que o corpo embaixo de uma das rodas do caminhão é liberado pelo guincho. Fotos: Fernando Lagosta.

Foi iniciada, agora a pouco, uma grande operação para a retirada dos corpos das duas vítimas fatais de mais um grave acidente acontecido no Bairro da Palestina.

De acordo com informações, a área foi completamente isolada e foi usado um guincho “muque” para que fosse levantado o caminhão que está sobre um dos corpos.
 Detalhe do momento em que o caminhão é içado pelo guincho “muque”..

A principal dificuldade será a retirada do corpo esmagado por uma das rodas do caminhão.

Segundo corpo, depois de retirado. No detalhe, o local onde o corpo foi prensado pela roda do caminhão.

Peritos também já realizaram o levantamento cadavérico no local.


..Momento da retirada do primeiro corpo.
Peritos realizam levantamento cadavérico.

Os corpos foram levados para o IML, da cidade de Caruaru e muitos curiosos ainda estão no local.
.

Tragédia: Caminhão desce ladeira desgovernado e atinge várias pessoas


Na manhã desta sexta-feira (07), mais um grave acidente aconteceu na Pe-160, nas proximidades da entrada da entrada de Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com as primeiras informações, um caminhão subia uma das ruas do Bairro da Palestina quando desceu desgovernado, de ré, atingindo pessoas que estavam em uma barraca, conhecida como Barraca de Seu Abílio.

O caminhão estava carregado com depósitos de água. Uma das vítimas foi identificada por Júlio . O Samu já está no local prestando atendimentos a outras vítimas.

Em breve, mais informações.

Ney

Taquaritinga do Norte : Educação de Tempo Integral em todas as Escolas Municipais


Nesta ano letivo as escolas da nossa Rede Municipal de Ensino trabalharão com uma metodologia diversificada, através da implantação do Programa Mais Educação em todas as escolas da Rede Municipal de Ensino, onde serão ofertadas a Educação em Tempo Integral para algumas turmas destas escolas, com exceção da Escola Ginásio Experimental Municipal Severino Pereira da Silva.
O Programa Mais Educação oferece uma metodologia diferenciada, onde os discentes no contra turno participarão de aulas de reforço dos componentes curriculares: Português e Matemática, bem como, atividades desportivas como: Karatê, judô, dentre outras atividades desportivas, atividades culturais (canto e coral, dança, teatro, banda e fanfarra), rádio escolar , entre outras atividades.

Essas atividades serão ministradas por monitores da nossa comunidade que trabalharão no programa em regime em nossa rede, estabelecemos uma parceria com cerca de 30 monitores.




quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

TAQUARITINGA DO NORTE

Reflexão

Tribunal de Contas do Estado julga parecer favorável à Saúde de Taquaritinga do Norte



O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco considera legal processo nº 13009709 da FUNDATA (Fundação Municipal de Saúde de Taquaritinga do Norte) que trata da contratação temporária, no exercício financeiro de 2011.

O mesmo foi julgado pelo Conselheiro Carlos Porto no dia de ontem (05), e só vem constatar a forma honesta e compromissada que o Governo da Dália da Serra vem administrando as finanças municipais.
Confiram o parecer na integra:

Processo nº: 1300970
Julgado em: 06 de fevereiro de 2014
Relator: CONSELHEIRO CARLOS PORTO

Processo: 13009709 - Admissão de Pessoal realizada pela Fundação Municipal de Saúde de Taquaritinga do Norte - FUNDATA , por meio de contratação temporária, no exercício financeiro de 2011, de interesse da Sra. Shirley Feitosa Araújo Braga.

Julgamento: A Primeira Câmara do TCE votou pela legalidade das contratações temporárias realizadas pela Fundação Municipal de Saúde de Taquaritinga do Norte - FUNDATA, no exercício financeiro de 2011 concedendo, por consequência, o registro dos respectivos atos.

Recife : Horário-limite para sambadas de maracatu é derrubado após audiência

Enviada por : Jailson Alves

Decisão foi fruto de reunião entre maracatuzeiros, MP, PM e sociedade civil.
Acordo servirá de base para outros folguedos, em outras cidades de PE


Encontro de maracatus rurais em Nazaré da Mata, em Pernambuco (Foto: Luka Santos / G1)

Em audiência realizada nesta quarta-feira (5), no Colégio Aplicação de Nazaré da Mata, na Mata Norte de Pernambuco, ficou decidido que maracatus de baque solto e virado do município poderão fazer sambadas até as 5h, conforme dita a tradição dos brincantes. Representantes de agremiações relataram, durante a reunião, convocada pelo Ministério Público, que a Polícia Militar tem restringido o término das apresentações às 2h, nos últimos dois anos.
Também ficou acordado que a organização dos ensaios será definida entre os maracatuzeiros e a Prefeitura após o Carnaval, a fim de que a a gestão possa oferecer a infraestrutura necessária para os eventos, como banheiros, rotas de desvio, serviços de saúde e acessibilidade. A Polícia Militar reforçou que os grupos precisam notificar a realização das apresentações com, no mínimo, 15 dias de antecedência para que a corporação organize o policiamento.


Maciel Salú (E), Siba (D, no alto) e Manoelzinho
Salustiano  participaram da audiência, nesta quarta
(Foto: Luna Markman / G1)
Conhecida como a capital estadual do maracatu, Nazaré da Mata tem hoje 22 grupos em atuação na Zona Urbana e um na Zona Rural. Em nome dos maracatuzeiros, o cantor e rabequeiro Maciel Salú ficou responsável por solicitar uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco, no Recife. "A nossa ideia é que os entendimentos acertados aqui em Nazaré sejam estendidos para todos os municípios, que estão sofrendo com isso também, e não só os maracatus, mas também os cavalos marinhos e outros folguedos", disse.
O presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Severino Cavalcanti, afirmou que o acordo firmado nesta audiência servirá de base para outras cidades. "Os ensaios não terão limitação de horário. O que aconteceu em Nazaré da Mata foi uma questão local, não configura medida proposta pelo [poder] Executivo. Não há, nunca houve orientação do Governo do Estado neste sentido. Vamos reforçar essa diretriz de livre manifestação", disse.
Entenda o caso
A audiência foi convocada pela promotora de Justiça de Nazaré da Mata, Maria José Mendonça, após receber um abaixo-assinado de moradores incomodados com o barulho das sambadas promovidas pelo maracatu Águia Dourada, no bairro de Sertãozinho, no fim do ano passado. "Em reunião no último dia 18 de dezembro, com representantes da agremiação, ventilou-se a ideia de concentrar as apresentações dos maracatus no parque de eventos da cidade. Então, na mesma época, convoquei essa audiência para entender em que circunstâncias essa manifestação ocorre e, com a Prefeitura, definir a sua organização e solicitar condições de infraestrutura para que ela aconteça", explicou.
De acordo com a promotora, a audiência não tem nenhuma relação com o incidente ocorrido, no último sábado (1°), com o maracatu Cambinda Brasileira. Na ocasião, policiais do 2°BPM interditaram a festa de um dos mais antigos maracatus rurais de Pernambuco, para que a celebração não passasse das 2h. A agremiação comemorava 96 anos de atividade, na ocasião.
Presente na audiência, o tenente-coronel Hélio Brito, do 2°BPM, explicou que um Termo de Ajustamento de Conduta foi assinado pelo maracatu, que limitava o evento até as 2h e os policiais foram ao local fazer cumprir os termos do documento. O tenente confirmou que a PM decidiu limitar o horário dos festejos às 2h na região. "Desde 2012, há um entendimento que a partir das 2h é o horário crítico das festas, só ficam bêbados", disse.

Acordo firmado na audiência servirá de base para outros
folguedos em outras cidades (Foto: Luna Markman / G1)
Argumentos
O tenente também usou como argumento a lei 14.133/2010 que estabelece que evento tem que ter início e fim, além da lei de crimes ambientais, que fala sobre pertubação do sossego. "Quando acontece uma sambada, o número de telefonemas para o batalhão aumenta, chovem reclamações e nós temos que agir. Nosso interesse não é impedir que o maracatu aconteça. Além disso, temos que garantir a segurança do local. A cultura não é um bem superior à vida", comentou.
A advogada Liana Cirne Lins, que integra o grupo Direitos Urbanos, destacou a falta de fundamento legal para a decisão da PM em restringir os horários das sambadas e ainda destacou que os maracatus estão em processo de tombamento pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). "O dossiê entregue ao Iphan destaca, inclusive, que os maracatus pedem socorro para essa medida arbitrária", disse. Além dos maracatus de baque solto e virado, o cavalo marinho e os caboclinhos estão em processo para virar patrimônio imaterial do Brasil.
Antes da decisão de manter o horário costumeiro das sambadas, várias pessoas argumentaram sobre as peculiaridades do evento . "O maracatu é uma crença que atravessa séculos e não gera violência, mas sim emprego e logomarca para propagandas dos governos. Queremos respeitar a lei, mas também sermos respeitados", defendeu o rabequeiro Maciel Salú.
Promotora e PM, na audiência sobre sambadas de maracatus (Foto: Luna Markman / G1)Promotora convocou audiência para entender "as
circunstâncias da manifestação"; para o
tenente-coronel Hélio Brito, "cultura não é um bem
superior à vida" (Foto: Luna Markman / G1)
Já o vice-presidente da Associação de Maracatus de Nazaré da Mata, Manoelzinho Salustiano, apontou que os maracatuzeiros desconhecem seus direitos. "O povo assina termo de compromisso para terminar às 2h porque é inocente, por medo de ser preso, não tivemos educação de escola. Somos mesmos doutores em juntar gente e fazer festa. Nossos mestres estão sumindo e eles se formam nos ensaios que raiam o dia. Daqui a pouco, meus netos vão ter que pagar ingresso para ver maracatu em teatro", reclamou.
O cantor, compositor e músico pernambucano Siba denunciou que as regras para grandes eventos não se aplicam às sambadas. "Maracatus estão longe de reunir milhares de pessoas e acontecem poucas vezes ao ano. Não é preciso que a polícia acompanhe o evento a noite inteira. O histórico de violência é baixo. E colocar maracatus para ensair em locais específicos quebra a ligação que ele tem com o lugar a que pertence", defendeu.
Siba tem uma forte ligação com Nazaré da Mata, para onde mudou-sem em 2002 e mergulhou na atmosfera das cirandas e maracatus, tornando-se mestre. Na última terça (4), ele postou em sua página no Facebook uma nota que já foi curtida por mais 150 mil pessoas. "Ensaio de maracatu vai até o amanhecer, por costume secular. Para o maracatuzeiro, maracatu só é maracatu se amanecer o dia. Se não, vira 'folclore', palavra usada na região para denominar todo tipo de apresentação artificial, show pra turista, filmagem pra TV, etc", disse.
Ainda na nota, Siba fez um paralelo à recente medida da Prefeitura do Recife de encerrar a programação dos polos de folia às 2h. "Alguém aí consegue imaginar o Carnaval do Recife parando às duas da madrugada também? Não acho que leis de respeito ao silêncio pertinentes às grandes cidades devam ser aplicadas de maneira uniforme. O 'barulho' do maracatu é música celestial para uma enorme quantidade de pessoas onde ele existe e cada maracatu só faz sua festa uma ou duas vezes ao ano", ponderou.