sábado, 17 de maio de 2014

O PASTOR-CANDIDATO QUE PODE LEVAR A ELEIÇÃO PARA O 2° TURNO

O PASTOR-CANDIDATO QUE PODE LEVAR A ELEIÇÃO PARA O 2° TURNO LÍDER DA ASSEMBLEIA DE DEUS, MAIOR IGREJA EVANGÉLICA DO PAÍS, PRÉ-CANDIDATO DO PSC USA DISCURSO LIBERAL E CONSERVADOR PARA CONQUISTAR INSATISFEITOS COM DILMA





 Pastor Everaldo Pereira, pré-candidato do PSC à Presidência da República discursa na Marcha dos Prefeitos, em Brasília (Marcelo Camargo/Agência Brasil) A cinco meses das eleições, pela primeira vez, pesquisas de intenções de votos indicaram que a disputa pelo Palácio do Planalto não deverá ser decidida no dia 5 de outubro, cenário que já tira o sono da presidente Dilma Rousseff e dos idealizadores da sua candidatura à reeleição. A queda de Dilma nas sondagens feitas pelos institutos de pesquisa provocou o natural crescimento das intenções de votos dos seus adversários. Na última rodada de pesquisas, um nome chamou a atenção no meio político: com 3% da preferência do eleitorado, segundo o Datafolha, o pastor Everaldo Pereira, do nanico Partido Social Cristão (PSC), pode ser decisivo para levar a eleição para o segundo turno. O desempenho do pastor Everaldo nas pesquisas recentes evidencia o peso de um segmento da sociedade brasileira que, em 2010, ultrapassou 42 milhões de pessoas: os evangélicos. Everaldo é vice-presidente nacional do PSC e pastor auxiliar da Assembleia de Deus, maior igreja evangélica do país, com 12,3 milhões de fieis – 28% do total. Ele nasceu e foi criado na Assembleia de Deus Ministério Madureira – dissidência fundada no Rio de Janeiro que, estima-se, reúne a segunda maior quantidade de seguidores, superada apenas pelo Ministério Belém, o mais tradicional. É fato que a pré-candidatura de Everaldo possui uma série de fragilidades e seria difícil encontrar alguém hoje que apostasse na sua vitória. O PSC é um partido pequeno, ainda não tem nenhuma aliança formalizada e deve conseguir tempo reduzido no horário eleitoral na TV – cerca de 1 minuto e 30 segundos. O maior ativo do PSC é justamente o potencial de votos que o pastor pode arregimentar no meio religioso, caso consiga unificar os apoios declarados das igrejas pentecostais e neopentecostais. Para isso, terá de desenvolver propostas convincentes que ainda são uma incógnita até para os líderes evangélicos. A tendência é que Everaldo receba adesão de igrejas que tradicionalmente indicam voto em candidatos antipetistas, enquanto a presidente Dilma deve manter a aliança com a Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, cuja moeda de troca é o Ministério da Pesca, hoje chefiado pelo pastor Eduardo Lopes (PRB). Igrejas pentecostais, como a Batista e Presbiteriana, tendem a "liberar o voto", sem indicar candidatos."Uma grande parte dos evangélicos vota apenas por causa da palavra 'pastor'", vaticina o bispo Robson Rodovalho, fundador da Sara Nossa Terra e ex-deputado federal . "Há uma pré-disposição geral do evangélico e do cristão em ver o pastor Everaldo com bons olhos. Grande parte das igrejas tende a estar com ele, se ele conseguir responder às expectativas na formação das demais agendas." A Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil (Concepab), que reúne líderes das principais igrejas evangélicas, definirá na próxima semana um calendário de sabatinas com a presidente Dilma, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). A entidade quer conhecer o posicionamento dos três pré-candidatos mais bem posicionados nas pesquisas sobre os valores cristãos. "O evangélico busca alguém que o represente na questão do aborto, do casamento tradicional, vida, família e que valorize a fé e a igreja. Estamos num momento muito intenso, de muita pressão e militância das minorias", afirma Rodovalho. No caso de Everaldo, que também será convidado, as igrejas querem descobrir que plano de governo ele apresentará ao país. "As pessoas já sabem o que o pastor Everaldo defende: sou a favor da vida sempre, e casamento para mim é entre homem e mulher", diz Everaldo. Privatização – O pastor se define como um político liberal-conservador, de centro-direita, e prega o Estado mínimo. Promete reduzir a cota adsense de cargos comissionados no governo federal e manter apenas vinte ministérios: "Nós vamos passar tudo o que for possível para a iniciativa privada. Vamos privatizar de verdade, não esse engodo aí de concessão com dinheiro do BNDES". "O balanço contábil é uma maquiagem, os setores produtivos estão penalizados, com carga tributária de primeiro mundo e serviços prestados de submundo. As desonerações são analgésicos e não vão ao cerne da questão", critica. Everaldo defende a redução da maioridade penal, fala em reequipar as Forças Armadas e as polícias. Uma das apostas dele é incentivar a formação profissionalizante na educação militar. Sobre os protestos de rua, afirma que teria "tolerância zero com baderneiros". "O governo implantou a desordem nesse país. O cidadão de bem está preso em casa e os bandidos estão nas ruas", diz. Ele convidou o ex-senador Marcondes Gadelha (PSC-PB) para coordenador o programa de governo e Antonio Cabrera, ex-ministro da Agricultura de Fernando Collor, para criar as propostas nos setores agrícola e ambiental. Suas inspirações são dois políticos mineiros, o ex-vice-presidente Pedro Aleixo e o ex-presidente Itamar Franco: "Ele arrumou o país e elegeu um sucessor que não era do seu partido [Fernando Henrique Cardoso]". PT – Com discurso de oposição, Everaldo nem parece um ex-apoiador da presidente Dilma. Nas eleições de 2010, o PSC chegou a negociar o apoio ao tucano José Serra, mas fechou aliança com a petista. O pastor participou inclusive da frente evangélica em defesa da presidente no debate sobre a legalização do aborto, que marcou a campanha. Em março deste ano, o PSC anunciou o desembarque da base de Dilma. Everaldo afirma que a legenda havia optado por lançar um candidato à Presidência há dois anos. "Nós decidimos ter candidato próprio em janeiro de 2011, porque o governo do PT aparelhou o Estado para atender seus interesses partidários. Nós não indicamos nem um garçom", diz Everaldo. "O governo deixou de ser dos brasileiros para ser de um partido só, para a hegemonia de um sistema que está vencido no mundo. Não queremos que o Brasil se torne uma Cuba nem uma Venezuela." Everaldo nega que a candidatura do PSC tenha sido influenciada pela superexposição que a legenda ganhou ao emplacar o deputado Marco Feliciano (SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos na Câmara. Ao dar espaço a projetos de lei incentivados por religiosos, o parlamentar foi atacado por partidos de esquerda. "Foram uns detratores e baderneiros. Pior que o Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos foram os mensaleiros na Comissão de Constituição e Justiça", diz Everaldo. Palanques – Além do provável voo solo na disputa pela Presidência, o PSC tentará dobrar a bancada na Câmara – hoje tem doze cadeiras – e eleger, pela primeira vez, um governador de Estado. Nos principais colégios eleitorais brasileiros, porém, o partido não terá candidatos próprios por estar vinculado aos nomes situacionistas – fator desfavorável à candidatura de Everaldo. O PSC apoia gestões do PSDB em Minas Gerais, no Paraná, onde indicou o deputado Ratinho Júnior para uma secretaria estadual, e em São Paulo, com a nomeação de Gilberto Nascimento Júnior para a chefia adjunta da pasta de Desenvolvimento Metropolitano. No Rio, o PSC abocanhou duas secretarias no governo Sérgio Cabral (PMDB): Ronald Ázaro (Turismo) e outra com o filho de Everaldo, deputado Filipe Pereira (Prevenção à Dependência Química). Na contramão, Everaldo garantiu recentemente espaço nos palanques do senador Pedro Taques (PDT), candidato ao governo de Mato Grosso, e do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), postulante ao governo do Rio Grande do Norte. Agora, negocia apoio ao senador Lobão Filho (PMDB) à sucessão do clã Sarney no governo do Maranhão. É o que o pastor chama de "remover as pedras no caminho", em alusão a passagens bíblicas. Fiel a sua religiosidade e confiante em uma intervenção divina para chegar ao Palácio do Planalto, Everaldo repete quase em ladainha: “Sou um homem de fé e acredito em milagre”.

UM PAÍS DE MARGINAIS!


*Dr. Paulo Lima

“Ele não precisava ter feito isso. De forma alguma. Somos pobres, mas não precisamos roubar”!
Começo estas “mal traçadas linhas” transcrevendo a dor e a vergonha de seu SEVERINO DA SILVA, um trabalhador pobre e honesto, sentidas por conta da prisão de seu filho, que participou dos saques ocorridos na chamada “greve” da Polícia Militar de Pernambuco. Greve ova; motim, volto a repisar! Deixa prá lá... A dor de seu Severino da Silva se encontra estampada na primeira página do JORNAL DO COMMERCIO, edição de hoje, dia 17 de maio, e me deixou deveras sensibilizado, daí o motivo deste desabafo.
Eu sei que vocês, minha meia dúzia de fiéis e pacientes leitores, por certo viram a minha opinião colocada em algumas postagens do Facebook, relativamente aos dois dias de terror que o povo de Pernambuco viveu, em razão desse evento que muitos teimam em chamar de“Greve da PM”.  Numa dessas postagens, compartilhada por alguns, poucos, é verdade, mas de logo fica registrada a minha gratidão, exaltei a grandeza e a honestidade do povo do meu Estado, Pernambuco, do qual eu tenho muito orgulho de ser filho e vi, em resposta, algumas postagens onde são tecidos comentários desairosos e desabonadores, não só contra os pernambucanos, mas contra o povo brasileiro, de um modo geral.
Sinceramente, eu não sei porque alguns imbecis (este é o termo adequado) têm tanto ódio e ressentimento do nosso povo e têm tanto prazer em falar mal do nosso País! Acho que sei a resposta: tudo não passa de complexo de vira-lata, posto que muito embora tenham nascido na Casa Grande, gostariam em viver em outro país, Estados Unidos ou Inglaterra, por exemplo. Em verdade não passam de hipócritas, travestidos de moralistas. Querem ver um exemplo?
O que vocês acham que fariam alguns desses falsos moralistas, encastelados em suas “casinhas de pombo”, que chamam de apartamentos na Av. Boa Viagem, se vissem um acidente com um carro forte, cujas portas abertas despejassem maços de dólares no chão daquela avenida? Será que ligariam imediatamente para chamar a polícia para proteger o patrimônio em questão, ou correriam para pegar alguns maços de notas?
Ora, faça-me um favor!
O que quero mostrar, com esses meus escritos, é que o povo de meu estado, Pernambuco, é em sua maioria um povo honesto, um povo bom, como de resto é o povo brasileiro e que não pode ser ofendido por alguns falsos moralistas de plantão, somente porque alguns marginais cometeram os atos de bandidagem, tão amplamente divulgados pela imprensa, nesse fatídico evento. E certo que eles cometeram atos de bandidagem, e se vocês quiserem denominar de crimes, tudo bem, até concordo; mas, será que são mesmo bandidos, na mais completa acepção da palavra, ou alguns deles, como o filho de seu Severino Silva, por exemplo,  marginalizado do consumo de bens somente acessível às classes sociais mais abastadas,  estava apenas tentando experimentar a sensação do que é possuir um computador ou celular de última geração? A resposta deixo para você, que me lê neste momento.
Em tempo:
Estou escrevendo este artigo para me redimir, em parte, dos termos fortes escritos e postados no facebook, acerca desse lamentável evento, muito embora não tenha generalizado, pois sei que crimes foram cometidos por alguns bandidos mas estes, minha gente, são a minoria absoluta e por isto mesmo quero deixar bem claro que acredito na honestidade, tanto do povo de Pernambuco como do povo brasileiro, ao tempo em que quero dizer do orgulho que tenho de ser pernambucano!
Um abraço a todos.

*PAULO ROBERTO DE LIMA é graduado em Filosofia pela Universidade Católica, bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Recife e atualmente exerce o cargo de Procurador Federal. 

Prefeito Evilásio se encontra com o pré-candidato a Presidente Eduardo Campos

O Prefeito Evilásio Araújo (PSB ) , foi um dos Prefeitos de Pernambuco que receberam o o ex -Governador e Pré Candidato a Presidente  Eduardo campos ( PSB ) , Eduardo deu um caloroso abraço no Prefeito e perguntou como anda a pré-campanha do PSB na região Agreste, Evilásio disse ao Governados que o nome de Paulo Câmara está cada vez mais conhecido e bem aceito na região, Evilásio também agradeceu a Eduardo a sua participação na XVII Marcha em defesa dos Municípios. O Diretório Estadual do PSB já deu a Evilásio a tarefa de ser um dos Coordenadores da campanha de Paulo Câmara na região Agreste, Evilásio desde de 2008 tem se tornado um dos destaques do PSB na região Agreste, e hoje o Obama do Agreste é conhecido em todo estado.



Distrito de Gravatá do Ibiapina receberá sinal de telefonia móvel



A Secretaria de Saúde e Meio Ambiente está viabilizando todos os requisitos para a instalação de uma antena de telefonia móvel da empresa VIVO no Distrito de Gravatá do Ibiapina. Tal iniciativa faz parte do programa conexão cidadã do Governo do Estado e levará o sinal de telefonia para o Distrito que não é beneficiado com nenhuma rede de telefonia.

“Técnicos da empresa já nos procuraram e visitaram o Distrito para demarcar o local da instalação da antena, agora é só aguardar os tramites legais, para que  toda população de Gravatá do Ibiapina saia do isolamento de comunicação”, destacou o Secretário de Saúde e meio Ambiente, Ronaldo Veiga.

O Projeto faz parte do programa de inclusão sociodigital – Conexão Cidadã do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Ciência e Tecnologia e tem como meta implantar o serviço de telefonia móvel e internet 3G em vilas e distritos rurais do Estado.


REFLEXÃO

Foto: AME agora como não se houvesse o amanha. WM

#Compartilhe #Amor

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Curtinhas do Dália Net

Ainda repercute



O Prefeito Evilásio que andava tranquilo e sem se envolver em polêmica, mais na última segunda soltou o verbo em alto e bom som contra alguns opositores, e mostrou que não vai tolerar mais alguns delírios e desrespeito a sua pessoa.

Ainda repercute II


A entrevista do ex-prefeito Zeca a Rádio Filadélfia foi bastante comentada em toda cidade, o ex-prefeito mostrou experiência  e respondeu a todos os questionamentos feito pelos entrevistadores e pela população que ligava para Rádio fazendo perguntas. 


Estão nervosos pois não sabem aonde achar os votos


Essa foi a frase dita pelo Presidente do PMDB de Taquaritinga "Ronaldo César " ao ser perguntado sobre os ataques descontrolados a sua pessoa por parte dos opositores, Ronaldo também disse que esse descontrole é muito bom para situação pois mostra que a oposição está mais preocupada em atribuir e apontar destrutivamente  erros ao Prefeito, do que fazer um projeto ou estratégia para 2016, Ronaldo também falou que o grupo de oposição está preocupado pois vai ter que prestar contas e mostrar votos ao seu novo deputado, pois o mesmo está investindo e vai querer os votos, mais fica a pergunta , aonde encontrar ???


Lero e Armando

O Pré-candidato ao Governo do estado Armando Monteiro (PTB), que será apoiado pelo vice-prefeito Lero (PDT), estará em Pão de Açúcar no próximo sábado, é esperado pela população que Lero em seu pronunciamento solicite junto a Armando caso ele seja eleito a construção da escola do Estado e de um Hospital, uma luta antiga da população de Pão de Açucar, e segundo informações um grupo de estudantes também estará solicitando posições do pré- candidato.


Lazim da nó em adversários

Quem entrou em contato com o Presidente do PSB de Taquaritinga do Norte Evilásio Araújo, foi o Pré-Candidato ao Governo de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) , o pré-candidato está ligando para os presidentes dos partidos aliados nas cidades para traçar metas, Evilásio mostrou confiança na grande vitória  de Paulo Câmara tanto no município como em todo estado, Evilásio disse também que em Taquaritinga até a turma que chamava Eduardo Campos de " Dúdu dos Precatórios " vão votar no 40 .



quinta-feira, 15 de maio de 2014

Greve dos bombeiros e policiais militares chega ao fim em Pernambuco


fim-da-greve

Iniciada na segunda-feira, a greve dos bombeiros e policiais militares chegou ao fim na noite desta quinta-feira. A decisão foi tomada por imposição da comissão de lideranças do movimento, sem votação entre a categoria, que se concentrou em frente ao Palácio do Governo, nas área central do Recife.

Um grupo de PMs não aceitou a decisão e afirmaram que a greve não acabou, além de chamarem os líderes de covardes.

REFLEXÃO

1964761_467942373329148_1820889043_n

Senado aprova novas regras para criação de municípios



O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (14) emendas ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 104/2014, que estabelece normas para a criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios. O texto principal havia sido aprovado na semana passada e a matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

Com 55 votos favoráveis e apenas um contrário, foram aprovadas duas emendas ao projeto, sendo uma apresentada à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), com várias subemendas, e outra apresentada em Plenário.

O texto final do projeto com as emendas prevê que, para serem criados, os novos municípios deverão ter área superior a 200 quilômetros quadrados, nas regiões Norte e Centro-Oeste, e 100 quilômetros quadrados nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. Será exigido também um número mínimo de habitantes, sendo 6 mil para as Regiões Norte e Centro-Oeste; doze mil para a Região Nordeste e 20 mil nas Regiões Sul e Sudeste.

A matéria proíbe ainda que os municípios a serem criados ocupem áreas de reservas indígenas ou de preservação permanente

Autor da proposta e defensor da criação de regras para a implantação de novos municípios há mais de uma década, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) agradeceu o trabalho dos senadores e do relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO).
— Estamos atendendo os anseios de todos os municipalistas do país. Com esta proposta, o Brasil poderá agir de forma séria na criação de novos municípios — defendeu.

Para o líder do PT, senador Humberto Costa (PE), a criação de regras “rígidas” não apenas para criação, mas para fusão e incorporação de municípios, permitirá que regiões importantes do país se desenvolvam de forma mais ampla. O senador também ressaltou que a nova legislação não cria despesas para o Poder público.

Projeto vetado

O PLS 104/2014 foi apresentado pelo senador Mozarildo Cavalcanti como alternativa a um projeto anterior (PLS 98/2002) integralmente vetado pela presidente Dilma Rousseff, em outubro de 2013. A justificativa do veto foi de que o projeto, da forma como estava, estimularia a criação de inúmeros pequenos municípios pelo país, fragmentando ainda mais a divisão dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios e impedindo uma boa gestão municipal.

Em sua nova versão, a proposta criou regras mais severas para criação dos municípios, assim como disciplinou fusões e incorporações, que não eram contempladas efetivamente no texto antigo. Um exemplo foi a redução no número de assinaturas exigidas para dar início ao processo de fusão ou incorporação dos municípios – que caiu de 10% para 3% da população afetada.

O PLS 104/2014 também convalidou plebiscitos para a criação, fusão, incorporação e desmembramento de municípios, realizados até 31 de dezembro de 2013, assim como os atos legislativos autorizativos para realização de plebiscitos que tenham sido regularmente expedidos pelas assembleias legislativas e publicados até a referida data.

CATUCANDO LAZIM COM VARA CURTA...

EVILÁSIO DEU A CARGA TODA EM RESPOSTA AOS SEUS ADVERSÁRIOS POLÍTICOS QUE O PROVOCARAM COM ADJETIVOS PEJORATIVOS


Ele voltou: Foi na manhã desta segunda (12), por telefone direto de Brasília a Capital Federal, no Programa Nordeste em Foco, em entrevista ao Comunicador Alberes Xavier e ao Jornalista César Mello, que Lazim "soltou" as feras pra cima dos seus adversários políticos, em tom de desabafo, o prefeito chegou a pedir desculpas várias pelo tom usado na ocasião.

Nem tão zen: O prefeito que ultimamente vinha fazendo um discurso 'paz e amor' ficou furioso com as provocações dirigidas a sua pessoa, de acordo com boatos, seus adversários o acusaram de estar "drogado' o que fez Evilásio sair de um" estado zen" que vinha adotando ultimamente para adotar sua personalidade de pavio curto e de quem não leva desaforo "pra casa". 

Não se conforma: O prefeito não se conforma com o comportamento da oposição que têm feito um discurso baseado na agressão pessoal, com seis anos de mandato Evilásio Araújo vêm trabalhando forte procurando sempre mudar para melhor os destinos de Taquaritinga, apesar das grandes dificuldades enfrentadas e problemas comuns a toda gestão, estará deixando no fim do seu mandato muitas conquistas para o Município

Golpe baixo: A oposição vez por outra procura atacar o prefeito com provocações pessoais o que quase sempre o tira do sério, nesse episódio Evilásio após desabafar com uma série de impróprios que foi de "caloteiros a desocupados" dirigidos a seus desafetos, disse que estará tomando providências na justiça sobre o ocorrido.  

Por um fio: Depois da entrevista, onde se evidenciou que o período de paz e amor de Lazim acabou, comentam-se pelos bastidores e entre as más línguas, que alguns aliados do prefeito que haviam se aproveitado desse momento zen para ensaiar uma suposta rebelião, agora com a volta de lazim e seu pavio curto ficou a expectativa de como ele ira tratar esses novos opositores, se como rebeldes no grupo, ou tudo não terá passado de uma 'malcriação"

Com informações do Blog Pão de Açúcar Net

EXCLUSIVO : TERROR NA CIDADE DE TORITAMA

A cidade de Toritama viveu um verdadeiro inferno neste dia macabro em Pernambuco. Desde de ontem que populares revoltados com a falta de energia, interditaram a BR-104, alguns vândalos e marginais promoveram uma onde de violência jamais vista na cidade.
Aproveitando a escuridão de ontem, diante de pneus queimando que formaram um congestionamento, bandidos ameaçaram motoristas e promoveram arrastão nos carros.
As informações  não oficiais dão conta que bandidos encapuzados invadiram ônibus e carros e assaltaram os passageiros.
Já hoje no fim da tarde Manifestantes  foram à casa do prefeito Odon Ferreira, e lá tentaram invadir a residência, sendo dispersos por tiros de armas de fogo. Em seguida, dirigiram a prefeitura e a Câmara Municipal onde tocaram fogo parcialmente nos prédios.


Flagrante de assalto









Prefeito Evilásio Araújo participa ativamente das articulações da AMUPE em Brasília

AMUPE promoveu durante a Marcha dos Prefeitos encontro com Prefeitos, Deputados, Secretários, Assessores, dentre outros para debate de problemas que envolvem todo o estado e acabam se agravando e chegando aos municípios. Associação Municipalista de Pernambuco se mostrou muito bem articulada e demonstrou força e organização com os Prefeitos na XVII Marcha em Brasília. 



O Prefeito Evilásio Araújo participou ativamente de todos os debates,  Evilásio teve também uma reunião com o Deputado Federal Bruno Araújo e tratou sobre assuntos pontuais para o desenvolvimento da gestão municipal e crescimento de Taquaritinga.








Arrastões estão sendo realizados em várias cidades de Pernambuco



Com a greve da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), por tempo indeterminado, o governador João Lira Neto solicitou ao Governo Federal, o apoio da Força Nacional para manter a segurança pública no Estado. O pedido foi feito através de ofício (abaixo) nesta quarta (14). A situação de calamidade começar a se agravar. Em Abreu e Lima, por exemplo, lojas foram saqueadas (foto). Em cidades como : Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Vertentes segundo informações  também aconteceram arrastões,Lojistas devem manter as portas fechadas. Policiais e Bombeiros Militares rejeitaram a proposta do Governo e a greve continua. (Imagem | Hisíodo Góes)

quarta-feira, 14 de maio de 2014

GREVE OU MOTIM?


*Dr. Paulo Lima

Sabemos nós que o direito de greve - uma garantia fundamental para o trabalhador - foi conquistado a duras penas e teve o seu nascedouro ainda no século XIX, mas se firmou como um direito dos trabalhadores  no começo do século XX,  com a Greve Geral de 1917. Atualmente se encontra inclusive recepcionado pela vigente Constituição Federal no capítulo reservado aos Direitos Sociais, mais precisamente no art. 9º, o qual não vou transcrever porque não se faz necessário. Entretanto, ali está escrito, e não poderia ser diferente, que este direito é uma garantia dos trabalhadores e não de todas as categorias, indistintamente.
E esta distinção se faz necessária, uma vez que existem determinadas categorias de indivíduos aos quais não se pode estender o direito de greve, sob pena de haver a própria negação do Estado como ente abstrato a gerir a sociedade, a exemplo das polícias. Não é o que vemos na prática, porém, já que os principais jornais de nosso Estado amanheceram estampando em suas manchetes que os Policiais Militares haviam deflagrado um movimento grevista. E a pergunta que surge é a seguinte: e desde quando polícia pode fazer greve? E respondo: desde nunca!
Este fato é deveras preocupante, pois há alguns dias os policiais militares do Estado da Bahia se amotinaram (este é o termo adequado) e o que vimos foi uma explosão de violência, com assaltos e assassinatos aos montes, aterrorizando a população e deixando-a a mercê da própria sorte.
Ora, minha gente, não se pode negar a nenhuma categoria de indivíduos que compõem a coletividade, o direito de reivindicar e até de fazer manifestações, inclusive os agentes da polícia Militar. Daí, elastecer esse direito para deflagrar um movimento paredista, vai uma distância quilométrica, já que aos mesmos é dada a missão de garantir a ordem pública, o que não se harmoniza com o direito de greve, naturalmente, posto que são, como já dito, agentes do próprio Estado e com ele se confundem.
A conclusão, daí advinda, é que esse movimento paredista nada mais é do que um motim,fato que é sumamente grave, eis que atinge diretamente a sociedade num de seus bens mais valiosos, que é justamente o direito à segurança (que inclui a proteção da vida), um bem identicamente  protegido pela Constituição Federal.
O que mais preocupa, porém, é o caráter político do referido movimento, já que correm notícias que o mesmo está sendo deflagrado às vésperas dos jogos da copa (essa “bendita” copa, sempre ela), justamente para pressionar as autoridades, vejam que absurdo!
É certo, como tenho dito, que o Brasil não precisa de copa, carece, sim, de mais saúde, moradia digna e educação para todos, indistintamente, mas isto é um fato irreversível, daí, não se pode a esta altura do campeonato procurar culpados, embora saibamos que tudo isso foi uma invenção irresponsável e infeliz de Lula! Sim, pois os bilhões que já foram gastos, alguns, para encher as “burras” da FIFA, poderiam muito bem ter sido aplicados em melhorias para a nossa população. Mas isto é uma estória para ser contada mais adiante.
Em conclusão, a nós, pobres mortais, só nos resta apelar para a sorte e, claro, para a proteção divina, e torcer para que este ato ilegal cesse o mais rápido  possível,  para não causar estragos irreversíveis ao povo.
Um abraço a todos.

*Paulo Lima é Advogado e atualmente exerce o cargo de Procurador Federal.