sábado, 10 de dezembro de 2016

Dois sobreviventes da Chapecoense devem voltar ao Brasil semana que vem

Ainda não há data para que os dois pacientes voltem ao Brasil / Foto: Reprodução
Ainda não há data para que os dois pacientes voltem ao Brasil
Foto: Reprodução
Estadão Conteúdo
Os médicos que cuidam da recuperação dos sobreviventes do acidente aéreo da Chapecoense disseram nesta sexta-feira (9) que pretendem começar a transferir na próxima semana ao Brasil os dois primeiros pacientes que continuam internados na Colômbia. O lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel devem em breve deixar o hospital San Vicente, na cidade de Rionegro, para continuarem o tratamento em Chapecó (SC).


"Estamos organizando a transferência, tem que montar uma grande logística. Ainda não temos uma data ainda, mas já estudamos aspectos como a segurança da aeronave, o equipamento, a equipe, o trajeto e o tempo de voo", afirmou o intensivista do clube, Edson Stakonski. Os médicos querem transportar os pacientes com segurança, para não correr o risco do estado de saúde deles piorar.
O objetivo é levar os dois primeiros diretamente para Chapecó. Ambos ainda precisam de mais cuidados médicos, como é o caso de Henzel, que terá de se recuperar de uma lesão no pé direito. Ruschel, que está no quarto há dois dias, apresentou um outro problema clínico. "Estamos controlando um processo infeccioso urinário, com a bactéria já identificado. Vamos ficar atentos", disse o diretor médico do hospital, Ferney Rodriguez.
A junta médica formada por colombianos e brasileiros brincou que Ruschel e Henzel já precisam de atenção para que não abusem da melhora da condição médica. Os dois conversam bastante e devem ser transferidos no mesmo voo, até para facilitar a logística de transporte.

Outros sobreviventes

Os outros dois sobreviventes ainda não tem estimativa de retorno O zagueiro Neto teve nesta sexta-feira a retirada dos aparelhos de respiração artificial. "As próximas 48h serão as mais críticas. Vamos ver se os pulmões suportam. Ele ainda necessita de cuidados intensivos e de avaliação de hora em hora. Queremos que ele aguente respirar sozinho", explicou Stankonski.
Neto foi desentubado nesta sexta-feira e conversou com os médicos e a mulher. O último a ser resgatado do acidente tem uma fratura na vértebra lombar e continua a ser o paciente que mais inspira cuidados. A CBF enviou nesta sexta-feira um equipamento à Colômbia para auxiliar na recuperação da lesão torácica que sofreu no impacto da aeronave.
Já o goleiro Follmann, que teve parte da perna direita amputada em dois procedimentos, continua sob acompanhamento constante. "Será necessário passar por um procedimento de limpeza e aplicação do curativo, para evitar o processo infeccioso", contou Stakonski. O jogador tem uma fratura na vértebra e quando for transferido ao Brasil, virá para São Paulo.

Secretário diz que mais PMs podem ser presos por incitar greve

Secretário diz que mais PMs podem ser presos por incitar greve

O secretário (esquerda) participou na manhã deste sábado da entrevista coletiva no Comando Militar do Nordeste / Ricardo B. Labastier/JC Imagem
O secretário (esquerda) participou na manhã deste sábado da entrevista coletiva no Comando Militar do Nordeste
Ricardo B. Labastier/JC Imagem
JC Online

Na primeira entrevista após a Polícia Militar descartar a greve e manter a operação-padrão, o secretário de Defesa Social de Pernambuco disse que o governo está disposto a levar até as últimas consequências a obrigatoriedade de a categoria cumprir as jornadas de trabalho.


“Não iremos tergiversar no enfrentamento ao desrespeito à ordem, à lei e ao princípio de autoridade. A hierarquia e a disciplina militares devem ser respeitadas por policiais e bombeiros”, ressaltou o secretário Ângelo Gioia.
Gioia afirmou que novas prisões podem acontecer. Sexta, o presidente e o vice da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Alberisson Carlos e Nadelson Leite, respectivamente, foram presos.
“Outras prisões podem acontecer. Inquéritos policiais militares estão em curso. Medidas da Polícia Judiciária Militar serão adotadas contra aqueles que insistirem em desrespeitar a Constituição e as leis vigentes em território nacional”, garantiu Gioia. “O Estado não pode se submeter a interesse de grupos que portam armas de fogo. Prevalecerá o império da lei”, assegurou.

REFORÇO CONTRA OPERAÇÃO-PADRÃO DA PM

O secretário participou na manhã deste sábado da entrevista coletiva no Comando Militar do Nordeste sobre a operação Leão do Norte, que consiste no reforço da segurança no Grande Recife com 3,5 mil homens das Forças Armadas enquanto a PM seguir fazendo a operação-padrão.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Se Ligue!


Lero : Mensagem de Final de Ano

Prefeito eleito de Taquaritinga do Norte Lero participa da festa de encerramento da padroeira de Gravata



Centenas de fiéis católicos participaram da solenidade de encerramento da Festa de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira do distrito de Gravata do Ibiapina.
O ponto alto da programação foi a procissão que percorreu algumas ruas do distrito no final da tarde desta quinta, 08 de dezembro.

Com cantos de louvor, orações e fogos de artifício, os fiéis saudaram a imagem da padroeira de Gravata. Uma celebração eucarística, na Praça, encerrou as festividades, do período festivo iniciado no último dia 29 de novembro.

Padre Ivemar puxando a caminhada Durante dez dias, fiéis participaram de vasta programação religiosa elaborada pela paróquia de Taquaritinga do Norte, incluindo alvoradas festivas, ofício do terço, caminhadas e missas. A programação contou ainda de shows  musicais.

O prefeito eleito Lero, acompanhado do vice Gena Genial e Lideranças políticas participou do encerramento da festa.

O Padre Ivemar Pontes, da Paróquia de Taquaritinga do Norte, agradeceu ao prefeito eleito Lero, pelo apoio para a realização da festa que contou com grande participação da comunidade católica.




Por Alberes Xavier

Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento


Uma atualização do Google Earth Timelapse divulgada nesta semana revela o impacto do crescimento urbano e do desmatamento no Brasil nos últimos 32 anos. 

 Resultado de imagem para Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento no BrasilResultado de imagem para Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento no Brasil

Agora, a empresa incluiu imagens de satélite dos últimos quatro anos na ferramenta lançada em 2013, em timelapse (vídeo que usa fotos em alta resolução para mostrar a passagem do tempo; assista).
As fotografias foram feitas pelos satélites Landsat 8 e Sentinel-2, da Nasa.
No site do programa, é possível escolher qualquer região do globo para ver, em alta resolução, as mudanças que ocorreram na paisagem desde 1984 até 2016.
Para divulgar a ferramenta, o Google selecionou uma série de vídeos do Brasil, que incluem capitais como São Paulo, Rio e Brasília, mas também diversas áreas da região Norte, do Maranhão até Rondônia. 


 Resultado de imagem para Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento no Brasil

Mancha urbana em Manaus é um dos destaques (Foto: Google) Mancha urbana em Manaus é um dos destaques (Foto: Google)
Mancha urbana em Manaus é um dos destaques (Foto: Google)
"Procurei por áreas que mostravam mudanças maiores, especialmente no Brasil", disse à reportagem o coordenador de programação do Google Earth, Chris Herwig.
Resultado de imagem para Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento no Brasil

Um destes locais foi a região da hidrelétrica de Jirau, em Rondônia, parte do complexo de geração de energia do Rio Madeira.
"Quando escolhi as imagens de Jirau, não sabia que existia uma represa ali. Em junho, eu estava fazendo um antes e depois do Google Earth para conferir a qualidade das novas imagens. Aí observei que no curso daquele rio maior, estavam saindo alguns menores", diz Herwig.
Para Rodrigo Junqueira, da ONG Instituto Socioambiental, a imagem mostra claramente o impacto que a construção de hidrelétricas na Amazônia tem na floresta.
"É comum que, após barragens assim, nasçam cursos d'água em alguns lugares por causa do represamento. Você seca uma parte do rio para que a outra possa gerar energia", explica.
"O que vemos em Jirau é um fenômeno que encontramos parecido na usina de Santo Antônio e na de Belo Monte. Essas obras têm se relacionado diretamente com o desmatamento. Não dá pra alguém querer dizer que são outros fatores que levam a isso", disse à BBC Brasil.
  Jirau, em Rondônia, onde há uma usina hidrelétrica (Foto: Google)Resultado de imagem para Imagens do Google mostram 30 anos de crescimento urbano e desmatamento no Brasil
Jirau, em Rondônia, onde há uma usina hidrelétrica (Foto: Google)
Na última semana, o Inpe anunciou que o desmatamento na Amazônia cresceu 29% entre agosto de 2015 e julho de 2016, após quatro anos consecutivos de queda.
Os vídeos de Jirau e da região de Sinop, no Mato Grosso - onde fica outro complexo de hidrelétricas - também mostram a criação de pequenas vilas e a expansão de cidades nos arredores das obras, segundo Junqueira.
"A região em torno da BR 163, em Sinop, é um dos locais hoje no Brasil onde há uma das maiores pressões sobre a vegetação", afirma.
"É claro que é preciso retirar parte da vegetação para construir a barragem em si. Mas essa perda não fica circunscrita à barragem. Há toda uma especulação imobiliária num raio bastante significativo em torno desses empreendimentos. Grande parte desse aumento recente no desmatamento está em torno dessas obras."

Padrões

Para Chris Herwig, pareceram interessantes os diferentes padrões de mudanças na vegetação brasileira vistos do alto.
“Em Rondônia, você geralmente vê estradas primeiro e depois pequenos pedaços de terra perdendo floresta. Já no Maranhão, por exemplo, são pedaços maiores e bem quadrados. Parece mais uma política.”
Um dos vídeos brasileiros selecionados pela empresa mostra a cidade de Tasso Fragoso, no Maranhão, que viu uma explosão do cultivo de soja nos últimos anos.
“Esta região é de cerrado amazônico, o que faz com que haja uma conversão acelerada para a agricultura. São áreas planas, de fácil mecanização. Por isso, a mudança na paisagem é rápida”, explica Rodrigo Junqueira.

ÚLTIMA NOITE DE NOVENA DA FESTA DE GRAVATÁ DO IBIAPINA

Aconteceu na quarta-feira (07) a última noite de novena da Festa de Nossa Senhora da Conceição neste ano de 2016. A  celebração foi presidida pelo Pe. Fernando de Lima, da Área Pastoral Nossa Senhora de Lourdes – Gravatá.  Os convidados foram: Os Dizimistas e a Comunidade de Nossa Senhora do Desterro de Baraúna Furada.
A novena reuniu grande número de fiéis e devotos que com grande fervor reverenciaram a Imaculada Conceição, e os noiteiros foram o Governo Municipal de Taquaritinga do Norte e respectivas Famílias.
Confira as imagens:

NOTA DE AGRADECIMENTO


O Governo Municipal de Taquaritinga do Norte vem a público prestar honrosos agradecimentos a todos que direta ou indiretamente se empenharam na luta em combate ao incêndio que devastou grande área das nossas matas nativas:
- aos Militares do Corpo de Bombeiros, que demonstraram extremo profissionalismo, transmitindo tranquilidade e atuando com a experiência de uma grande corporação;
- aos bombeiros civis das várias cidades, que nos emprestaram reforço, para assegurar a contenção do incêndio;
- aos voluntários coordenados pelo Chefe Escoteiro Douglas César, pelo empenho e esforço coletivo que dedicaram, se constituindo em fator decisivo para o sucesso da operação;

- aos nossos funcionários de várias secretarias que se dedicaram a tarefa de auxiliar no combate ao sinistro;
  
- à comunidade em geral, pela preocupação demonstrada através de generosas doações fundamentais para suprir as necessidades dos voluntários.

Graças ao sentimento de solidariedade comum a todas essas pessoas e a sua colaboração espontânea, rápida, organizada e conjunta as chamas foram debeladas.
Por tudo isso, ratifica-se a certeza de que um município é sempre o resultado do seu patrimônio humano, o grande responsável pelas decisões e atitudes que espelham a sua grandeza.
A todos! O nosso Muito Obrigado! E que Deus os abençoe.
José Evilásio de Araújo
Prefeito







MUNDO CÃO: Polícia prende acusado de estuprar seus 2 filhos menores e um deficiente mental


TAQUARITINGA DO NORTE: A notícia de um bárbaro crime chocou a população da Dália da Serra. Na manhã desta sexta-feira (09), as 8h40 da manhã, foi preso na Rua Marcelino Curvelo, 99, por Policiais Civis da 130ª Circunscrição Policial (Delegacia de Taquaritinga do Norte/PE), chefiados pelo Delegado Dr. Luiz Carlos Lins, o popular Tarcísio José de Araújo Junior, de 34 anos, mais conhecido como “Dudinha”, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pela Vara desta cidade, pela prática criminosa de estupro de vulnerável.
Dudinha é acusado de ter estuprado os próprios filhos, um casal de crianças de 4 e 6 anos, onde segundo as investigações teria praticado sexo oral com as mesmas, as quais tentava na justiça obter a guarda definitiva da mesmas . Também pesa contra ele a acusação de ter estuprado um jovem portador de deficiência mental muito conhecido na cidade em um banheiro público, cuja denúncia se encontra em fase de investigação pela polícia local.
O acusado era servidor público municipal e participante ativo dos movimentos da igreja católica, também apresentava um programa religioso numa rádio comunitária local e sua prisão surpreendeu a todos em Taquaritinga diante do fato dos crimes terem sido praticados contra os próprios filhos menores e também contra um deficiente mental. Dudinha foi recolhido a cadeia pública municipal e as investigações continuam sob o comando do Delegado Dr. Luiz Carlos Lins. (Por Blog do Elisberto Costa / Fotos: Fernando Lagosta e Facebook do acusado / Vídeo: Blog do Ney Lima)

PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS É PRESO DURANTE ASSEMBLEIA


prisao-alberisson-agreste-violento-2Policiais e bombeiros militares realizam, nesta sexta-feira (9), uma assembleia na área da praça do Derby – no bairro de mesmo nome, na região Central do Recife. Durante o ato, ainda na concentração, policiais militares prenderam administrativamente o presidente e vice-presidente Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Albérisson Carlos e Nadelson Leite, respectivamente.
prisao-alberisson-agreste-violento-1A prisão aconteceu quando Albérisson discursava, no carro de som utilizado no movimento. Agentes do Quartel do Derby fizeram a prisão e os policiais que estavam no ato reagiram com gritos contra a detenção. Participam a Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS), Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Aspra-PE), Associação de Bombeiros Militares de Pernambuco (ABM-PE) e Associação dos Militares Estaduais (AME).
A expectativa é que o carro de som saia do local em direção ao Palácio Campo das Princesas. A manifestação pede a valorização profissional, equiparação com salário recém-conquistado pelos policiais civis, além dos “penduricalhos” – que seriam os bônus que os militares recebem; eles querem que seja considerado subsídio, ao invés de bonificação.
prisao-alberisson-agreste-violento-3“Esse posicionamento da Justiça é compreensível e aceitável, mas pode ser contestado. O Governo do Estado não deveria dar essa condução porque isso é muito ruim para o estado democrático de direito. Albérisson foi preso sem nem ter deliberado greve”, comentou o deputado Joel da Harpa, presente no ato. “Os policiais e bombeiros militares estão aqui desarmados e em um movimento reivindicatório. De uma forma arbitrária, parecendo que estamos de volta à ditadura militar, o companheiro foi preso.”
De acordo com a Procuradoria Geral do Estado, é vedada a sindicalização e a greve por parte dos militares. Por conta disso, a PGE havia pedido à Justiça uma tutela por conta da possibilidade de deflagração de greve. O desembargador José Fernandes Lemos havia determinado que as quatro associações que representam os policiais e bombeiros militares “se abstenham de realizar reunião, assembleia ou qualquer evento que tenha por objetivo reunir ou patrocinar a deflagração de greve de militares estaduais ou qualquer outro movimento que comprometa a prestação do serviço de segurança pública”. A multa estabelecida havia sido de R$ 100 mil em caso de descumprimento.
Em áudio divulgado na manhã desta sexta-feira pelo WhatsApp e recebido pelo portal FolhaPE, Albérisson havia confirmado sua presença na assembleia no Derby e comentado a possibilidade de prisão. “Todos são bem que há uma intenção de prender tanto a mim quanto Nadelson [Leite, vice-presidente da ACS] desde ontem [quinta-feira, 8]”, afirmou.
O mandado de prisão havia sido pedido pela própria Polícia Militar, segundo consta no processo 0033093-44.2016.8.17.0001 da Justiça Militar. A ação foi movida contra Albérisson e Nadelson com classe de auto de prisão em flagrante e assunto de prisão preventiva.00
De acordo com o advogado de Nadelson e coordenador jurídico da ACS, Eduardo Morais, os dois presos foram levados para a sede da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe). “Até agora, a gente não sabe o motivo da prisão. Estamos acionando o Ministério Público e também a Corregedoria porque queremos saber o motivo”, afirmou.
Morais ainda disse que Nadelson e Albérisson foram retirados do carro de som sem ter sido explicada a tipificação do crime. “Quando alguém é preso com arma ou droga, o policial dá voz de prisão pelo ato criminoso. Aqui, eles foram conduzidos ‘na tora’, como na ditadura de 1964.”
Ainda segundo Morais, o Estado levou uma representação por crime militar no plantão da Justiça criminal na quinta-feira, que teria sido indeferido. “Hoje [sexta-feira], foi novamente representado na Justiça Militar, que pedia vistas ao Ministério Público. Ou seja, não saiu decisão ainda. Prenderam ele na ‘tora'”, reafirmou.
Oposição
A bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) condena a prisão do presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco. Para os parlamentares, o momento é de se construir o diálogo. Em nota, os parlamentares ainda afirmam que a medida não contribui para que o Governo do Estado e os agentes de segurança cheguem um acordo.
(Com informações da Folha de Pernambuco)