sábado, 17 de novembro de 2012

Da droga para a lama: imagens chocantes mostram a destruição física de viciados



Depois de algum tempo, os cabelos já não são os mesmos. O rosto perde a cor. As bochechas somem. Os dentes caem.  A pele ganha manchas, olheiras, rugas, machucados. Os olhos perdem completamente o brilho.
Esses são os efeitos físicos mais visíveis causados pela uso de drogas pesadas, incluindo cocaína, heroína e metanfetamina – como você pode ver nas chocantes imagens abaixo.
As fotos à esquerda mostram viciados em drogas ao serem presos pela primeira vez. As da direita revelam as mesmas pessoas algum tempo depois, durante a segunda, terceira ou quarta passagem pela cadeia. As imagens foram organizadas pelo gabinete do xerife do Condado de Multnomah, no Estado de Oregon, nos Estados Unidos, com o objetivo de alertar a população para os efeitos reais das drogas.
E são apenas os efeitos físicos. Imaginem os efeitos psicológicos. Assustador, não?!
LEIA TAMBÉM:
viciado-drogas
Fotos com diferença de 7 anos
viciado-drogas3
Diferença de 3 anos
viciado-drogas4
Diferença de 3 anos
viciado-drogas5
Diferença de 4 anos
viciado-drogas6
Diferença de 2 anos
viciado-drogas7
Diferença de 4 anos
viciado-drogas8
Diferença de 7 anos
viciado-drogas9
Diferença de 6 meses
viciado-drogas10
Diferença de 4 anos
viciado-drogas11
Diferença de 11 anos
viciado-drogas12
Diferença de 8 meses
viciado-drogas14
Diferença de 1,5 anos
viciado-drogas16
Diferença de 2,5 anos
viciado-drogas17
Diferença de 1 ano
viciado-drogas18
Diferença de 3 meses

Mensalão foi o maior caso de corrupção da história do pais


 Diz Gurgel
Procurador da República encaminhou uma última manifestação ao STF
No texto, ele afirma aos ministros do Supremo que esquema foi o 'mais atrevido e escandaloso' já flagrado no Brasil
FELIPE SELIGMAN
DE BRASÍLIA
Em sua última manifestação formal antes do início do julgamento do mensalão, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou aos ministros do Supremo Tribunal Federal um documento no qual afirma que o caso foi "o mais atrevido e escandaloso esquema de corrupção e de desvio de dinheiro público flagrado no Brasil".
A expressão faz parte de um vasto memorial que foi entregue na última semana aos 11 integrantes do Supremo e obtido pelaFolha. O julgamento começa na quinta.
Ao enviar o material, Gurgel visa facilitar o trabalho dos ministros, caso advogados contestem provas citadas pela acusação, ou afirmem que não existem indícios sobre um ou outro ponto.
O que Gurgel fez foi pinçar das mais de 50 mil páginas do processo o que chamou de "principais provas" contra os acusados. Esses documentos (como perícias, depoimentos e interrogatórios) foram separados pelo nome de cada réu, em dois volumes.

Nos últimos dias, advogados de defesa também entregaram os seus memoriais.
No texto em que Gurgel chama o mensalão de o mais "escandaloso esquema", o procurador retoma uma frase que usou nas alegações finais, enviadas ao Supremo no ano passado, quando havia dito que a atuação do STF deveria servir de exemplo contra atos de corrupção.
Agora, diz que "a atuação do Supremo Tribunal Federal servirá de exemplo, verdadeiro paradigma histórico, para todo o Poder Judiciário brasileiro e, principalmente, para toda a sociedade, a fim de que os atos de corrupção, mazela desgraçada e insistentemente epidêmica no Brasil, sejam tratados com rigor necessário".
Julgamento-Mensalão-do-pt
Em outro ponto, ele afirma que o mensalão representou "um sistema de enorme movimentação financeira à margem da legalidade, com o objetivo espúrio de comprar os votos de parlamentares tidos como especialmente relevantes pelos líderes criminosos."
Em sua manifestação final, Gurgel tentou relembrar alguns detalhes fundamentais, como o papel do núcleo financeiro do esquema.
"Impressiona constatar que as ações dos dirigentes do Banco Rural perpassaram todas as etapas do esquema ilícito, desde sua origem (financiamento), passando pela sua operacionalização (distribuição) e, ao final, garantindo a sua impunidade pela omissão na comunicação das operações suspeitas aos órgãos de controle", afirma.
Ao resumir o que a ação contém, o procurador concluiu: "Colheu-se um substancioso conjunto de provas que não deixa dúvidas à procedência de acusação".

Lula foi convidado. Mas não vai para posse de Barbosa.



Josias de Souza escreveu em seu blog que Lula foi convidado pelo cerimonial do STF para assistir à posse de Joaquim Barbosa na presidência do tribunal. Deve-se a iniciativa ao próprio relator do mensalão, guindado à Suprema em junho de 2003 graças a uma indicação de Lula.
O patrono do PT declinou do convite. Seus assessores esclarecem que a ausência nada tem a ver com os rigores de Barbosa no julgamento dos companheiros José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares.
Lula viajou à África e à Índia. Iniciado nesta sexta (16), o périplo internacional só será encerrado em 23 de novembro, um dia depois da posse do sucessor de Carlos Ayres Britto, que troca a toga pelo pijama neste domingo.
A viagem do ex-soberano, por providencial, o poupará do auto-constrangimento. Em janeiro de 2003, no alvorecer do seu primento mandato, Lula viu-se às voltas com a oportunidade de escolher o primeiro dos oito ministros que enviaria ao STF.
Chamou seu ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos. Pediu-lhe que garimpasse um nome. Só fazia questão de um detalhe: tinha de ser um negro. Acabou obtendo mais do que desejava: um magistrado independente.
O tempo passou. Roberto Jefferson cunhou o vocábulo mensalão. O PT e seus aliado$ foram pendurados nas manchetes de ponta-cabeça. Relator da encrenca, Barbosa tornou-se algoz dos malfeitores.
Lula faria um bem a si mesmo e à sua biografia se fosse à cerimônia de entronização de Barbosa. Mas o arrependimento, mais do que a viagem ao estrangeiro, o impede. Tomado pelo que diz em privado, teria optado por outro nome se dispusesse, em 2003, de uma bola de cristal.

VAMOS AJUDAR ESTE JOVEM GUERREIRO TAQUARITINGUENSE


Exemplo de vida! Entre nessa campanha










Este garotinho é Pedrinho, ele tem 5 anos, mora no Sítio São João na zona rural de Taquaritinga do Norte. Quando ele nasceu a família ficou desesperada já que o problema de Pedrinho é raro,  desde de então todos de sua família, vizinhos e muitos amigos começaram uma batalha para ajudar o garoto.
No início os médicos afirmaram a família que Pedrinho não chegaria aos 5 anos de vida, e graças a Deus, Pedrinho é uma MILAGRE VIVO!  Passou dos cinco anos e tem muita vida pela frente com a Benção de Deus!
A equipe do Patrulha do Agreste foi procurada por alguns amigos da família do Pedrinho, para que juntos  pudéssemos fazer uma campanha para construir  um quarto na residência dele, já que ele não pode ficar exposto a poeira  e  “pelo de mato”  e  a casa da família e pequena e precária já que fica na zona rural onde dificulta i tratamento do menino.
 Nós  aceitamos  o desafio e vamos juntos com nosso ouvintes e amigos para mudar a história desse garoto, ajudando essa família.  Pensando nisso estamos  recebendo as doações e vamos precisar de 1000  tijolos de 8 furos,   30  sacos de cimento,  40  caibros de 8 metros, 4 linhas de madeira de 5 metros   e  2 latões de tinta  que serão levadas para a família do Pedrinho  até quarta-feira (21), da próxima semana.
Se você quiser participar dessa corrente da solidariedade, entre em contato com a nossa equipe pelo  Email:   bartolnevesscc@hotmail.com  ou pelo telefone  (81)  9238-8615  e fale com nossa produção.

Ossada humana encontrada em local usado para pratica de Macumba




 A polícia teve dificuldade por conta da escuridão








A ossada será encaminhada para o IML 

  
A  polícia Militar 3ª CIPM foi acionada para comparecer em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus onde segundo informações de moradores havia uma ossada humana, ao chegar ao local foi e confirmou a informação.
Os policiais constaram que os restos mortais estavam naquele local a muito tempo e não foi possível identificar se pertencia a um homem ou a uma mulher.
A polícia não descarta nenhuma hipótese, inclusive que ser mais uma vítima de magia negra, mais vai esperar o resultado do IML e SVO para ter uma linha maior de investigação.
Os policiais observaram que o a ossada estava jogada bem próximo do local onde foi encontrado o corpo do garotinho Flânio da Silva Macedo que foi vítima de ritual de magia negra;  recorde o caso:
  



O menino Flánio da Silva Macêdo, de apenas 9 anos de idade, desaparecido na manhã do domingo, dia 01 de julho e encontrado morto com a cabeça decepada na tarde deSTA terça feira, dia 10 de julho.
O Delegado esteve no local de difícil acesso, em uma encruzilhada na estrada do Sítio Camarinhas zona rural de Brejo da Madre de Deus. Segundo Dr. Antonio Dutra, o local é conhecido pelos constantes rituais de magia negra, aonde pessoas se reúnem para praticar qualquer tipo de trabalhos de magia negra.
“Muitos elementos levam a crer, que ali foram praticados rituais, pois encontramos bonecos, bebidas, ossos, vestígios de velas, além de potes com restos de farinhas e diversas roupas. Por isso acreditamos que ali é usado para fazer rituais”, informou o Delegado.




Do patrulhadoagreste

MAIS UM ACIDENTE FATAL NO AGRESTE


O carro ficou todo destruído
Morreu na noite dessa quarta feira (14), mais uma vítima de um acidente ocorrido à tarde na BR-232 em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.
 O acidente foi no KM-120 da rodovia, próximo à entrada da cidade. O motorista de um veículo modelo Space Fox placa de Maceió perdeu o controle da direção e o veículo capotou.
 Segundo a polícia, ele dirigia em alta velocidade. O motorista e o passageiro ficaram presos às ferragens e o carro completamente destruído.
 As vítimas trabalhavam juntas no tribunal de Justiça de Alagoas. O procurador César Adamastor Acioli de Oliveira, de 54 anos de idade, passageiro do carro morreu no local. Já o analista judiciário, Fred Willames Oliveira dos Santos, de 51 anos, que dirigia o veículo, chegou a ser socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Agreste na mesma cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Do: Jornal Agreste Notícia 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

COMOVENTE!!! PAI PERDE FILHO E CRIA CAMPANHA ANTIDROGAS EM REDES SOCIAIS.



A tristeza com o desaparecimento e a morte do filho de 30 anos, em junho de 2012, usuário de drogas, fez com que o empresário e advogado Venício Guimarães, de 50 anos, tomasse uma atitude para evitar que outros pais e filhos passassem pelo mesmo sofrimento. Ele criou uma campanha de conscientização nas redes sociais contra o uso de drogas, especialmente, crack. "Se conseguir salvar uma vida que seja, já terá valido a pena", diz.


Fundada em redes sociais há cerca de uma semana, a campanha “Alerta Juventude” já tem mais de 200 mil compartilhamentos nas duas postagens do Facebook, e já foi vista por cerca de 50 milhões de pessoas em todas as partes do país e no exterior. O empresário se diz surpreso com a repercussão, já que a divulgação inicial, de apenas uma fotografia, foi somente para os amigos mais próximos. "Quando vi que muita gente estava divulgando a fotografia como um alerta contra o uso de drogas, resolvi criar a campanha."

Segundo Venício Guimarães, o envolvimento do filho Thiago Montezuma Guimarães de 30 anos, com as drogas começou ainda na adolescência, com 14 anos. "Começou com a maconha, passou por outras e chegou ao crack. Como consequência, começou a praticar pequenos furtos, passou para os roubos e chegou aos assaltos".





Thiago foi preso, condenado e cumpriu pena em um presídio. "No dia em que ele saiu do presídio, estava acertado a internação em uma clínica de recuperação, mas ele desistiu, disse que não queria mais ir". Foi embora para o Maranhão, onde vivia com a mulher e os dois filhos", conta o pai.

No dia 30 de junho de 2012, saiu de casa dizendo para a mulher que iria encontrar um amigo, mas nunca mais apareceu. "A minha nora recebeu um telefonema de uma pessoa não identificada, informando que o meu filho havia sido assassinado, mas o corpo nunca foi encontrado", diz.

“Sou um aprendiz da vida, mas catedrático em dor, por causa do crack quero salvar vidas. Quando soube da morte do Thiago passei um dia e uma noite como um 'siri em uma lata'. Gritando, chorando e tentando buscar explicações para o que havia acontecido e como essa tragédia poderia ter sido evitada, mas não obtive respostas satisfatórias".

A partir da próxima semana, toda quarta-feira, o empresário Venício Guimarães vai estar na Associação Beneficente Parque do Cocó, em Fortaleza, dando testemunhos de vida aos pais e jovens com problemas relacionados ao uso de drogas. A ideia da associação, segundo Venício, veio depois da repercussão da imagem e da mensagem de alerta nas redes sociais.

Serviço:
Sede da Campanha "Acorda Juventude"
Associação Beneficente Parque do Cocó
Rua Tomaz Rodrigues, 184 - Aldeota
Fone: (85) 3267-5139
Quartas-feiras, das 8h às 11h

Fonte: G1CE

OS CANAVIEIROS NO DIA 23 DE NOVEMBRO SEXTA FEIRA A 22 HORAS, GRAVAÇÃO DO DVD NO BAR DA BARREIRA


OS CANAVIEIROS NO DIA 23 DE NOVEMBRO SEXTA FEIRA A 22 HORAS, GRAVAÇÃO DO DVD. INGRESSOS 10,00, NA HORA 15,00
ACESSE O NOSSO SITE. http://silvestredesig5.wix.com/oscanavieiros#!

MULHER ENCONTRA SAPO VIVO EM EMBALAGEM DE SALADA



Uploaded with ImageShack.us


Uploaded with ImageShack.us


Uploaded with ImageShack.us


Uma mulher encontrou um sapo vivo em uma embalagem de salada que havia comprado em um supermercado da rede Walmart em Minneola, no estado da Flórida (EUA).

A mulher filmou o animal dentro da embalagem ainda fechada e enviou o vídeo para a emissora "WFTV".

Ela disse que comprou a salada no dia 18 de outubro, mas só notou o anfíbio alguns dias depois enquanto organizava a gaveta na geladeira.

A embalagem foi recolhida por agentes da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, siglas em inglês). O órgão vai investigar o caso.

Homem Contrata vizinho para engravidar esposa, e é enganado


Em Stuttgart, Alemanha, um juiz deverá julgar um caso em que um homem contratou seu vizinho para tentar engravidar sua mulher.
Demetrius Soupolos, de 29 anos, e sua esposa ex rainha de beleza, Traute, queria um filho, mas Demetrius era estéril. De maneira que o senhor Soupolos contratou o vizinho, Frank Maus, de 34 anos, para fazer o SERVIÇO. Maus é casado, pai de duas crianças e PARECIDO com Soupolos, de modo que parecia a escolha perfeita.
O preço combinado foi de US$2.500 e, por 3 noites por semana, durante SEIS meses, Maus trabalhou DURO. Quando sua própria esposa protestou ele disse “Eu não gosto disso mais do que você, estou fazendo pelo dinheiro, compreenda”.
Depois de seis meses de tentativas fracassadas o corno Sr. Soupolos desconfiou de que algo estivesse ERRADO e obrigou Muas a ir ao médico.
Depois dos exames, SURPRESA. Maus TAMBÉM era estéril e sua esposa acabou confessando que os dois filhos eram de OUTRO.
Agora Soupolos (corno 1) está processando Maus (corno 2) por quebra de contrato, mas Maus se recusa a pagar porque diz que não GARANTIU que conseguiria, mas apenas que tentaria ARDUAMENTE.

Roberto Jefferson vai ser perdoado pelo “Supremo”



O julgamento da Ação Penal 470 ainda não terminou, mas o Supremo Tribunal Federal guarda uma surpresa para o fim: o perdão a Roberto Jefferson, ex-presidente do PTB, com a drástica redução das suas penas. Embora ele não tenha feito uma delação premiada, os ministros tendem a considerá-lo um “réu colaborador”, cuja participação teria sido decisiva para a elucidação do esquema.
Rememorando a história. Em maio de 2005, Veja publicou uma capa sobre corrupção nos Correios, um feudo até então dominado pelo PTB, de Roberto Jefferson. No fim de semana seguinte, Época publicou outra capa contra o personagem. Sentindo-se ameaçado, Jefferson decidiu falar. Concedeu duas entrevistas à Folha. Na primeira, disse que o PT pagava mesada de R$ 30 mil a deputados (o “mensalão”) e, na segunda, que o esquema era operado por Marcos Valério.
Hoje, sabe-se que Jefferson recebeu R$ 4 milhões (disse que o só o PTB fez caixa dois enquanto outros partidos, segundo ele, aderiram ao mensalão) e exigia o cumprimento de um acordo de R$ 20 milhões. Ou seja: falou porque queria mais. Em entrevistas recentes, também tratou a palavra mensalão como mera “figura retórica”, até porque os pagamentos regulares jamais foram provados.
Apesar do seu histórico, que o aproxima da figura do chantagista, Jefferson deverá ser perdoado, com apoio dos meios de comunicação e de vários ministros do STF. A tese foi lançada por Veja (leia aqui), encampada por Reinaldo Azevedo (leia aqui), pela Folha (leiaaqui) e, agora, por Dora Kramer (leia aqui).
Segundo Dora, essa é a tendência. “Tecnicamente não seria uma delação premiada, pois o ex-deputado não negociou benefícios com o Ministério Público.
Mas tem grande chance de ser considerado um réu colaborador quando da definição dos motivos para redução de pena, na próxima semana. Afinal, argumenta-se no Supremo Tribunal Federal, que a base de inspiração dele para denunciar não foi nobre, mas o efeito foi essencial para conter a contaminação do aparelho de Estado pelo esquema criminoso”, diz ela.
Dois ministros já se pronunciaram a respeito. Marco Aurélio Mello afirmou que Jefferson “prestou grandes serviços à nacão”. Luiz Fux, numa sessão logo após a questão colocada por Veja, também iniciou um debate em torno da tese, colocando-se à favor do perdão. O clima vem sendo preparado para que os ministros decidam em favor do ex-presidente do PTB, sem medo da chamada “opinião pública”. Afinal, em entrevista recente, Jefferson disse que “livrou o Brasil de José Dirceu”.
Publicado originalmente no portal Brasil 247( http://www.brasil247.com/+9cfen )

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Grupo de extermínio preso no Agreste agia com extrema crueldade.



Foto: Renata Monteiro/ JC

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou na tardede ontem (14) o balanço da Operação Conselheiro, deflagrada em julho deste ano. A ação, realizada em conjunto com a Polícia Militar, prendeu 29 pessoas responsáveis por cerca de 20 homicídios no município de João Alfredo, localizado no Agreste do Estado. Os presos também são acusados de tráfico de drogas e comércio de armas e munições.
De acordo com informações da polícia, apenas durante a manhã desta quarta, vinte pessoas foram presas (uma delas em flagrante) e foram apreendidos 349 pedras de crack, um revólver calibre 38 e seis munições. Durante os quatro meses de operação, outras nove pessoas foram capturadas. Os 140 policiais envolvidos na ação também apreenderam 232 kg de maconha e três armas de fogo. Sete homicídio foram evitados, três em um único dia.
Segundo o delegado Paulo Gondim, da Delegacia de Limoeiro, a quadrilha atuava de forma bastante violenta. “Todas as vítimas foram executadas com um tiro na cabeça. Em alguns casos há, inclusive, sinais de tortura, como orelhas e dedos cortados, por exemplo”, disse.
O chefe da quadrilha, José de Moura Batista, conhecido como Edilson, está preso há nove anos, atualmente no regime semi-aberto, e controlava o tráfico de drogas e praticamente todos os homicídios realizados pelo grupo em João Alfredo. “Da penitenciária o Edilson controlava todo o esquema do tráfico da cidade. A droga vinha do Paraguai, seguia para o Rio Grande do Norte e os comparsas dele a trazia para a cidade de Paulista, no Grande Recife, de onde era levada para João Alfredo”, explicou Gondim.

Zé Dirceu: se prepara para nova rotina na prisão: ” Nem choro, nem vela”. .



Além de repreender os que choram e lamentam sua perspectiva de detenção, ele afirma que estabelecerá uma disciplina diária de exercícios e estudos.
Nem choro, nem vela. Assim o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, reage aos que choram e lamentam sua pena imposta pelo Supremo Tribunal Federal. Segundo informação publicada na coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ele pretende estabelecer uma rotina de exercícios e de estudos na penitenciária. Leia:
VELA APAGADA
Réus do mensalão já se preparam para passar o Natal na cadeia. Acreditam que o STF (Supremo Tribunal Federal) pode acatar pedido do Ministério Público e determinar a prisão dos condenados.
VELA 2
Advogados dos acusados já disseram a alguns deles que o STF pode fatiar a publicação dos acórdãos, com os textos finais das decisões, a exemplo do que fez com o próprio julgamento.
DIVISÃO
Nem todos os ministros do Supremo concordam com a ideia de prisão imediata dos réus. Preferem esperar a finalização do julgamento, com a determinação da pena de todos os envolvidos no escândalo.
LENÇO
José Dirceu “repreende” amigos e familiares que ligam para ele chorando por causa da perspectiva próxima de sua prisão. Diz que estabelecerá uma rotina na cela, fazendo exercícios e estudando, e que está preparado para o pior.
Publicado originalmente no portal Brasil 247

Daniel impõe derrota a Eduardo após cochilo dos governistas na Assembleia.



Governador sofre derrota após tucano pedir a verificação do quórum; pedido de autorização para contrair empréstimo volta à pauta na segunda.
Escrito por Juliane Menezes
O governador Eduardo Campos (PSB) sofreu, nesta quarta-feira (14), sua primeira derrota na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A votação de um projeto de lei que autorizaria o governo a contrair um empréstimo de U$ 550 milhões junto ao Banco Mundial (Bird) foi adiado para a próxima segunda-feira (19), após o deputado Daniel Coelho (PSDB) pedir a verificação de quórum, que foi insuficiente.
Embora conste na legislação que é necessário ter no mínimo 25 deputados presentes para que haja votação (estavam apenas 22), os deputados costumam solicitar a contagem apenas com fins estratégicos. Nesse caso, Daniel fez o pedido por ser contra a aprovação do empréstimo, que segundo ele seria feito para “tapar buracos” das despesas do Estado, deixando uma imensa dívida para o próximo gestor.
Na terça-feira (13), o deputado tucano já havia questionado o fato de, este ano, a Assembleia Legislativa já ter aprovado a autorização de empréstimos do governo estadual que chegam a R$ 4,3 bilhões, sem especificar para que obras o dinheiro seria de fato revertido.
“Desde ontem (terça) eu trouxe essa discussão e o governo informou que, antes de colocar um novo projeto para votação, faria uma discussão com a Comissão de Finanças e apresentaria um relatório para detalhar um pouco mais a matéria. Hoje (ontem), eu vi que a matéria estava na pauta e que queriam aprová-la antes que ela fosse a debate. Antes da votação, vi que tinha pouca gente, então usamos esta estratégia”, explicou Daniel.
Ele destacou que só assim a oposição poderia obter uma vitória, visto que o governador detém hoje a maior bancada estadual do País, com 40 deputados governistas contra apenas 9 de oposição.
A atitude do parlamentar tucano não agradou nem um pouco o líder do governo, deputado Waldemar Borges (PSB). “Isso é um movimento regimental, que é um direito dele, agora que também amesquinha um pouco a relação, até porque a gente nunca fez esse tipo de conta miúda para obstacular nada dele. (…) Agora claro que, assim como ele pode usar, a gente também pode usar esse tipo de aritmética nas questões que ele levanta”, disparou o socialista, em clara ameaça.

Reflexão Bíblica