sábado, 27 de novembro de 2010

Cerca de 2.600 policiais e militares se preparam para entrar no Alemão

Tropas se posicionam para combate no Morro do Alemão

Polícia acha objetos de luxo em casa de mulher de traficante presa na Barra


Policiais encontraram uma série de objetos de luxo na casa da mulher do traficante Alexander Mendes da Silva, o Polegar, apontado como chefe do tráfico de drogas no Morro da Mangueira. Ela  foi presa na manhã deste sábado (27) na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Entre os objetos havia uma geladeira avaliada em cerca de R$ 10 mil, vários computadores, laptops, TVs de plasma e outros eletrodomésticos caros.
De acordo com o chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Allan Turnowski, ela é a sexta mulher de traficante a ser presa em operação que visa "sufocar" o tráfico.
"Já prendemos a mulher do Marcinho VP, do Elias Maluco, do Isaías do Borel e a do Polegar", enumerou Turnowski. "A mulher do Dinho Porquinho já é considerada foragida da Justiça", acrescentou.

"Estamos fazendo a busca do dinheiro do tráfico para enfraquecer o tráfico. Sem arma e sem dinheiro é a falência do tráfico", avaliou o Chefe da Polícia Civil.
Segundo Turnowski, a lavagem do dinheiro do tráfico é feita geralmente por parentes de traficantes. "Esse dinheiro ilícito é repassado para família. Geralmente, em visitas íntimas essas mulheres são usadas como pombo-correio do tráfico", afirmou.
De acordo com o delegado titular da 9ª DP (Catete), Alan Luxardo, o pai da mulher de Polegar - sogro do traficante - e a tia dela também foram presos durante a ação deste sábado, que visa desarticular o tráfico.
"Foi encontrado farto material de associação ao tráfico", disse o delegado, acrescentando que ela é suspeita de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas e foi presa nesta manhã em um condomínio do bairro.
Condenado a 22 anos por tráfico e associação para o tráfico, Polegar obteve o benefício para o regime aberto após cumprir um sexto da pena. Saiu em setembro de 2009 da cadeia pela porta da frente e não voltou mais.
Na noite de sexta-feira (26), a Polícia Civil prendeu Márcia Gama Nepomuceno, mulher do traficante Márcio Nepomuceno, o Marcinho VP. O criminoso é chefe da facção criminosa que, segundo a polícia, deu ordens para os ataques orquestrados no Rio de Janeiro.

Fim do casseta e planeta

A turma do Casseta e Planeta pediu à direção da Rede Globo para pensar em um novo projeto. Com isso o Casseta & Planeta, no ar nas terças da emissora há 18 anos, encerra agora em dezembro com esta temporada.

Uma criança de 12 anos foi baleada por traficantes


Uma criança de 12 anos foi baleada em uma das pernas na Favela do Jacarezinho na madrugada deste sábado (27). Segundo soldados do 3º BPM (Méier), o garoto disse que foi alvejado por traficantes ao se recusar a pegar material inflamável para jogar em veículos na cidade.
De acordo com a polícia, no entanto, O menor e os pais estão prestando depoimento agora na 25ª DP (Engenho Novo).
Mesmo com o patrulhamento reforçado da Polícia Militar, o Rio de Janeiro voltou a registrar novos ataques de criminosos na madrugada deste sábado (27). De acordo com a PM,quatro carros foram incendiados em dois pontos diferentes do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Não houve presos ou feridos.
Assustados, muitos moradores se esconderam em vans para fugir da comunidade. As forças policiais, com apoio do Exército, bloqueiam os acessos ao Alemão. A policia pode ocupar o conjunto de favelas a qualquer momento.
De acordo com o coronel Lima Castro, relações públicas da PM, desde domingo foram registrados 96 veículos incendiados, 48 armas, 8 granadas apreendidas, além de grande quantidade de drogas e material inflamável. Além disso, a PM informou que, até esta tarde, o número de presos era de 196.


sexta-feira, 26 de novembro de 2010


Polícia apreende celulares falsos em Caruaru

Um operação realizada nesta sexta-feira (26) pela Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial da Polícia Civil em Caruaru, Agreste de Pernambuco, apreendeu mais de 500 celulares falsificados na cidade.

Os objetos estavam com o comerciante Amaro Heteriano da Silva, de 38 anos. Ao todo foram apreendidos 580 celulares, segundo a polícia  o material estava sendo vendido livremente na cidade. Amaro e os celulares foram levados para a Delegacia Especializada no Recife, ele foi autuado por fraude no comércio, com pena de detenção de seis meses a dois anos, sendo lavrado contra ele um Termo Circunstanciado de Ocorrência(TCO).

Em uma outra ação também realizada na manhã desta sexta-feira(26)  dessa vez no Recife agentes da mesma Delegacia, apreenderam quatro mil comprimidos do remédio Pramil, utilizado para pacientes com disfunção erétil. O remédio é contrabandeado do Paraguai e tem a venda proibida no Brasil pela Agencia de Vigilância Sanitária(Anvisa). Todos os remédios estavam com Francisco de Assis Gomes da Silva, 37 anos e José Carlos de Espírito Santo,27. Eles serão autuados em flagrante na unidade especializada e serão conduzidos ao Cotel, em Abreu e Lima. Os dois responderão por crimes contra a saúde pública, crime hediondo, previsto no código penal. As penas variam de 10 a 15 anos de reclusão.

Os três presos e as apreensões serão apresentados ainda na tarde dessa sexta-feira (26) na Delegacia de Pirataria, no bairro da Imbiribeira, no Recife.

Em jogo de baixo nível técnico, Náutico se despede com derrota


Do JC Online
Santo André fizeram um jogo digno de quem não almeja mais nada (Náutico) e está confirmado na Série C (Santo André). Pouca técnica, muito passe errado e um gol que não saiu em jogada trabalhada. A derrota timbu por 1x0 foi fruto apenas de um pouco menos de incompetência do time da casa e uma incrível falta de sorte dos visitantes. Resta a ambos, a partir de agora, pensar na próxima temporada.

O início de jogo seguiu o estado péssimo do gramado. A bola presa no meio de campo, com muito perde e ganha, sem que se fizesse possível dizer quem ganhava e quem perdia. Em favor dos dos donos da casa ficou a posse de bola, nitidamente maior que o Náutico.

Mas quem disse que só a posse de bola resolve? Tinha que saber o que fazer com ela e os jogadores do Santo André pareciam não saber ou não estarem muito dispostos a se esforçar para tal. Já o Náutico mostrou que sua garotada ainda precisa ser lapidada tecnicamente mas o que não faltou foi correria para superar a deficiência.

Nesse duelo, o Ramalhão levou um pouco de vantagem quando tentou caprichar um pouco mais. Aos 15 minutos, Makelele cruzou rasteiro e Borebi não alcançou. Dez minutos depois o mesmo Borebi conseguiu dominar mas o chute passou perto da trave esquerda. De seu lado, os pernambucanos, apesar de não faltar esforço, padeceram com a falta de coordenação entre os setores.

A melhor válvula de escape terminou sendo o lateral-esquerdo Guaru a melhor opção. Aos 39 minutos, ele passou por Makelele e chutou com perigo. A bola passou perto do travessão. A cena repetiu-se aos 45 até de forma mais fácil, pois ele não estava pressionado. Novamente o chute foi para fora.

O segundo tempo começou até pior do que a etapa inicial. Não houve absolutamente nada de registro até os 19 minutos. Thiaguinho, que entrara há pouco no lugar de Phillip, entrou na área e se enroscou com um adversário. Caiu e o juiz resolveu marcar pênalti.

A responsabilidade da cobrança coube a Cristiano e aconteceu uma cena que resumiu bem a falta de técnica do jogo. O jogador escorregou e mandou a bola tão alto que se a barra tivesse o dobro do tamanho provavelmente não entraria. O mesmo Cristiano teve outra oportunidade numa falha do zagueiro paulista mas chutou para fora novamente.

O que se pôde tirar de bom nos 45 minutos finais é que os dois times apelaram menos para as jogadas ríspidas, principalmente carrinhos. Depois de longa inércia, os instantes finais guardaram mais um lance de emoção. Aos 42 Thiaguinho cruzou rasteiro, dentro da área, o zagueiro tentou cortar e a bola bateu na trave direita. Emanuel chegou atrasado e não conseguiu empurrar para o gol.

O árbitro havia dado apenas um minuto de acréscimo e, aos 44 minutos e 50 segundos, uma cobrança de escanteio, resultou no gol do Santo André. Depois do bate rebate, a bola sobrou para Borebi chutar na saída de Bruno. No reinício, Thiaguinho entrou na área e chutou para Neneca sair bem e fazer uma grande defesa.
CRAQUE - Mesmo perdendo o pênalti de forma até cômica, o atacante Cristiano foi eleito pelos internautas do JC Online como craque do jogo, com 33% dos votos. Thiaguinho, que entrou para dar mais mobilidade ao time, empatou com Nílson e Guaru, todos com 17% das escolhas.
OUTRO JOGO - Em São Januário, no Rio, o que mais chamou a atenção foram os números das arquibancadas. A organização da partida registrou 129 pagantes. Em campo Somália abriu o placar para o Duque de Caxias, no primeiro tempo, e Rincón igualou para o time alagoano, na etapa final. O ASA terminou com 52 pontos, por enquanto em oitavo, enquanto o Duque somou 50 pontos, em décimo.

A competição será encerrada neste sábado, a partir das 17 horas, com oito jogos. América-MG e Portuguesa brigam pela última vaga no G-4, grupo de acesso à Série A. Coritiba, Bahia e Figueirense já estão garantidos na Primeira Divisão. 

Enquanto isso, América-RN, Brasiliense, Vila Nova e Guaratinguetá lutam contra o rebaixamento para a Série C. Ipatinga e Santo André já tiveram a queda sacramentada na última rodada e disputarão a Série C em 2011.

Ficha do jogo:

Santo André: Neneca; Makelelê, Douglas, Victor Hugo (Marcelo Godri), Andrezinho; Wendel, Walker, Alan (Pio) e Aloisio; Borebi e Marques (Leo Paraíba). Técnico: Jair Picerni.

Náutico: Bruno; Diego Bispo, Henrique, Wallace e Flávio; Nilson, Dinda, Elton e Guaru (Eltinho), Philip (Thiaguinho) e Cristiano (Emanuel). Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP). Árbitro: Manoel Paixão dos Santos (MS). Assistentes: Antônio Luiz Lugo e Leandro dos Santos Ruberdo (MS). Gol: Borebi, aos 44 do segundo tempo. Cartões amarelos: Douglas, Flávio, Cristiano e Élton. Público: 497.
Agentes da Polícia Civil encontram perna mecânica que pertenceria a traficante

Prótese pertenceria a criminoso de facção que ordenou ataques no Rio.
Polícia não informou se o traficante foi ferido em confronto.


Homem que estava refugiado num bar foi ferido no abdômen, durante operação no Morro do Alemão.
Homem que estava refugiado num bar foi ferido no abdômen, durante operação no Morro do Alemão. (Foto: AP)

Polícia prende mulher do traficante Marcinho VP



Do G1, com informações do Jornal Nacional
A Polícia Civil prendeu na noite desta sexta-feira (26) Márcia Gama Nepomuceno, mulher do traficante Márcio Nepomuceno, o Marcinho VP. O criminoso é chefe da facção criminosa que, segundo a polícia, deu ordens para os ataques orquestrados no Rio de Janeiro.
Márcia Gama Nepomuceno é acusada de lavagem de dinheiro. A Justiça determinou o bloqueio de todos os bens da família do traficante. A mulher dele ainda vai prestar depoimento à polícia.
Justiça decreta prisão de advogados
Os advogados do traficante Marcinho VP tiveram a prisão preventiva decretada na noite desta sexta-feira (26) pela Justiça do Rio. A decisão foi do juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira, da 1ª Vara Criminal de Bangu, na Zona Oeste da capital fluminense. Segundo o juiz, o traficante, que cumpria pena no presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná, teria ordenado os ataques no Rio. De acordo com a Justiça, gravações telefônicas comprovaram a participação dos advogados no repasse das informações.
O juiz afirmou que pediu em sua sentença que os advogados Beatriz da Silva, Flavia Pinheiro Fróes e Luiz Fernando Costa fossem encaminhados a presídios federais de fora do Rio.
De acordo com o magistrado, os advogados também prestariam serviços ao traficante Elias Maluco, condenado pela morte do jornalista Tim Lopes. Elias Maluco cumpria pena no presídio de segurança máxima de Catanduvas e foi transferido esta semana para o presídio de Porto Velho, em Rondônia.  A Justiça também proibiu visitas íntimas a Marcinho VP e Elias Maluco.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Homens levam onze mil reais de assalto em Santa Cruz

Desta vez, o alvo foi uma fábrica de confecções, localizada na Cohab de Santa Cruz do Capibaribe.
Dois homens armados assaltaram uma fábrica de confecções, nesta quarta-feira (24), em Santa Cruz do Capibaribe.

A fábrica, que fica localizada na Rua José Maria dos Santos, Cohab, foi invadida por volta das 15h, no momento em que os funcionários estavam trabalhando. Os bandidos levaram 11 mil reais da proprietária, a senhora Jeneci Nunes da Silva, 36 anos.

A polícia foi acionada, mas até o momento não há informações que possam levar a captura dos assaltantes.

Portal Agreste

"GUERRA DO RIO "



Policiais se preparam para ação na Vila Cruzeiro (acima), veículo blindado da Marinha em rua do Rio e soldados do Bope durante confronto com criminosos nesta quinta feira (25)

FUGA DE BANDIDOS - Pouco depois das 15h, a ação policial na Vila Cruzeiroprovocou fuga em massa de criminosos da comunidade. Sob ataque da polícia, eles fugiam por uma estrada no alto da favela a pé, em motos e picapes. Imagens gravadas de um helicóptero mostraram mais de cem homens entrando fortemente armados na mata, numa via que seria um dos acessos para o Conjunto de favelas do Alemão.
REFORÇO - Mais de uma hora depois de a polícia entrar na Vila Cruzeiro, na Penha, no subúrbio do Rio, a megaoperação ganhou reforço para uma nova fase na ocupação. São mais de 200 policiais civis, três blindados da Marinha e quatro caveirões do Bope.
EXPLOSIVO - Mesmo com uma megaoperação do Bope no local, dois crimonosos em uma bicicleta jogaram um artefato explosivo no Largo da Penha, região da Vila Cruzeiro.

JOVEM BALEADO - 
Um jovem, de 21 anos,foi atingido por uma bala perdida próximo à Vila Cruzeiro no início desta tarde. Segundo funcionários do hospital, ele foi alvejado na nádega.
POLICIAL ATINGIDO - 
Um policial ficou ferido no confronto com traficantes na Vila Cruzeiro. Segundo a polícia, ele foi atingido no braço numa localidade conhecida como Pedra do Sapo.
INSTALAÇÃO DE UPP - Fontes ligadas ao Governo do Rio confirmaram a instalação de uma UPP na Vila Cruzeiro.
TIROTEIO - Por volta das 13h, havia tiroteio na Vila Cruzeiro. E parte do comércio da região, no subúrbio do Rio, fechou as portas. O clima é de tensão na área e poucos veículos passam pelo entorno da favela.
"VAMOS DOMINAR OS CRIMINOSOS" - "Essa operação não é de entrada ou saída. Vamos dominar e prender os criminosos", afirmou o coronel da PM, Álvaro Garcia.  Segundo ele, serviços de inteligência da polícia indentificaram que muitos marginais estão na Vila Cruzeiro porque saíram de comunidade que foram pacificadas.
Blindado da Marinha utilizado em ação da polícia que reforçam as equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) vão servir apenas para o transporte de policiais na megaoperação que acontece nesta quinta. "É a primeira vez que ao Bope utiliza este tipo de força em uma operação no Rio", afirmou o comandante do Bope Paulo Henrique Moraes.
TENTATIVA DE BLOQUEIO - Mais cedo, quatro homens em duas motocicletas tentaram utilizar um caminhão de lixo para bloquear a passagem na Rua Tenente Luís Dorneles, na entrada do Grotão, na Vila Cruzeiro. Segundo a Comlurb, os bandidos teriam ordenado que o motorista permanecesse no local bloqueando o acesso à comunidade. Ainda de acordo com a empresa, depois de dar a ordem, eles teriam deixado o local e o motorista ligou o caminhão e fugiu.ESCOLAS FECHADAS - Sete escolas e uma creche foram fechadas nesta manhã. Das unidades de educação, apenas uma é estadual. No entanto, segundo a Secretaria estadual de Educação, outras três escolas estaduais estão  fechadas por conta da onda de violência, em Manguinhos, Madureira e Bonsucesso. Só no município, são mais de 12 mil alunos sem aulas.
Oficiais em operação na Vila CruzeiroOficiais em operação na Vila Cruzeiro (Foto: Felipe
Dana/AP)
GALERIA DE FOTOS - Confira seleção de imagens das operações policiais e dos ataques no Rio desde o último domingo.
BOMBEIROS AJUDAM HOSPITAL - A Secretaria estadual de Saúde informou que reforçou o atendimento na emergência do Hospital Getúlio Vargas, na Penha. Médicos do Corpo de Bombeiros foram deslocados para a unidade para atender os possíveis feridos da operação policial na Vila Cruzeiro. Segundo a secretaria, desde a última quarta-feira (24), 21 pessoas que estariam na comunidade durante o confronto entre a polícia e os criminosos chegaram feridas ao hospital. Dessas, quatro morreram e três continuam internadas na unidade.
TRAFICANTES QUEIMAM CARROS DE INOCENTES 


Quase 2 mil caminhoneiros se mobilizam em grupos de WhatsApp por paralisação

Quase 2 mil caminhoneiros estão em, no mínimo, 15 novos grupos do WhatsApp recém-criados para discutir uma possível paralisação ...