sábado, 5 de novembro de 2011

Imagens engraçadas !

Carinha de um focinho de outro

NAÚTICO A UM PASSO DA SÉRIE A


                          



POSTADO POR THIAGO WAGNER DA SILVA jc
Contando com a sorte e sendo eficiente nos contra-ataques o Náutico conseguiu mais um vitória nesta Série B. Desta vez a vítima foi o ASA que perdeu por 2x1 no estádio Coaracy Fonseca em Arapiraca, Alagoas. Kieza e Derley marcaram para o Timbu enquanto Reinaldo Alagoano descontou para o time da casa. O resultado deixa a equipe alvirrubra na vice-liderança da competição com 59 pontos, enquanto os alagoanos continuam em 16º com 42 ainda correndo o risco de rebaixamento.

Na próxima rodada o Náutico poderá chega ao acesso caso vença a partida contra o Barueri, terça-feira nos Aflitos. Para isso acontecer, Bragantino e Americana - quinto e sexto respectivamente com 52 pontos - devem perder os seus jogos, enquanto Sport e Criciúma com 51 e 50 pontos tem que no máximo empatar. O ASA, por sua vez, tentará se recuperar da derrota de hoje contra o Boa Esporte em Varginha, Minas Gerais, também na terça.
O JOGO - A partida começou com as duas equipes procurando logo de cara o ataque. Precisando da vitória para escapar do risco de rebaixamento, o ASA criou a primeira chance do jogo já aos 2 minutos em cruzamento na área que passou por toda defesa alvirrubra. O Náutico respondeu rápido com Eduardo Ramos aos 10. O meia desceu pela esquerda e chegou com perigo em bola cruzada na área.

Aos poucos o Náutico foi tomando uma melhor consciência dentro do primeiro tempo. Ciente de que não precisava se expor tanto, o Timbu contentava-se em marcar forte o ASA para utilizar o contra-ataque rápido principalmente com Eduardo Ramos. Desta maneira a primeira etapa ganhou um ritmo bastante veloz com o ASA atacantando e o Náutico respondendo logo em seguida no contra-ataque.

Em um desses contra golpes, aos 24, Eduardo Ramos fez jogada individual, entrou na área mas errou o chute final, em um lance bastante parecido com o de Elicarlos no clássico do sábado passado contra o Sport nos Aflitos.

O ASA, que arriscava muitos chutes de fora da área, respondeu logo em seguida aos 25 . Marielson recebeu na entrada da área, dribrou a zaga alvirrubra e chutou forte. A bola bateu forte na trave de Gideão que apenas ficou parado olhando, a sorte salvava o Náutico na melhor chance da equipe da casa.

O desperdício do ASA não foi perdoado pelo Timbu, em novo contra-ataque, Eduardo Ramos deixou Kieza livre na área aos 31. O atacante dominou e chutou forte para as redes de Gilson abrindo o placar. Foi o 19º gol de Kieza na Série B, o avançado agora é artilheiro da competição ao lado de Lincom do Bragantino.

O gol foi sentido pelo ASA que pouco agrediu depois. Coube apenas ao Náutico tocar a bola e administrar o fim do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO - No Segundo tempo o ASA veio com tudo para cima do Náutico, com menos de dez minutos a equipe alagoana acertou a trave alvirrubra por duas vezes com Gilberto Matuto. No primeiro lance, aos 6 o lateral limpou a marcação na entrada da área e chutou forte, a bola foi no canto acertando o poste esquerdo de Gideão. No segundo lance, ele entrou com tudo na área Timbu e chutou outra vez na trave. A sorte estava de fato do lado do Náutico em campo.

A pressão dos alagoanos era forte. Aos 11, a bola sobrou em contra-ataque no meio e Gideão foi obrigado a sair da área para evitar o gol de empate. O Náutico se segurava como podia dentro de campo e aguarda as brechas para o contra-ataque. Em um deles, o Timbu quase mata a partida com Eduardo Ramos. O meia desceu pelo e chegou cara a cara com Gilson que foi obrigado a fazer grande defesa para evitar o segundo gol.

Percebendo que o Náutico só queria os contra-ataques, o técnico do ASA Vica procurou fazer as alterações e colocar mais atacantes na equipe. O sufoco do ASA aumentava. Em bola alçada na área, Francismar recebeu livre na área e chutou cruzado para fora na melhor chance dos alagoanos.

Mas não era só o ASA que desperdiçaria as suas chances. Em mais um contra-ataque, Eduardo Ramos chutou forte para boa defesa de Gilson. No rebote, o goleiro ainda salvaria os alvinegros por duas vezes.

Contudo, aos 34, nem Gilson salvaria o time ASA do segundo gol do Náutico. Em novo contragolpe alvirrubro, Derley recebeu livre na entrada da área e chutou forte acertando em cheio o gol alagoano para fazer o segundo gol da partida e ampliar o placar.

O ASA ainda descontaria aos 41 com Reinaldo Alagoano, mas nada que atrapalhasse a festa Timbu ao final da partida.

PROCURADO

                                 
                                  NOME DA TINHA:  DIELZO DE LIMA SILVA


 ESTE ELEMENTO MATOU O SOLDADO CAMPOS DO GATI DE ACOVERDE EU UMA OPERAÇÃO NA CIDADE DE BUÍQUE .


SE VOCÊ TIVER ALGUMA INFORMAÇÃO DENUNCIE A DELEGACIA MAIS PRÓXIMA!


Filho suspeito de matar a mãe

Uma mulher foi assassinada com um golpe de faca, na noiteda sexta (4), no Loteamento Portal de Tiuma, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife. Lindinalva Vieira dos Santos, 41 anos, foi morta dentro de sua residência. O principal suspeito de ter cometido o crime é o filho da vítima.

Moradores do loteamento informaram à polícia que Ednaldo Nunes de Assis, 21, tinha problemas de relacionamento com a mãe. O jovem morava com um tio no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife. 

No entanto, nos últimos dias, Lindinalva teria ligado várias vezes para o irmão para reclamar do comportamento do filho, que estaria ingerindo bebidas acoólicas com frequência e provocando arruaças.

O jovem não teria gostado e por isso cometeu o crime, de acordo com a versão de familiares e vizinhos. As pessoas relataram ainda que Ednaldo não era bem quisto pela vizinhança. 

Lindinalva foi atingida com um golpe de faca no pescoço e por pouco não foi degolada. Não houve tempo para socorro. A vítima morreu no local do crime.

Ednaldo Nunes foi preso ainda ontem, no bairro do Ibura, Zona Sul, e levado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde deveria prestar depoimento na madrugada deste sábado (5).

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Os bastidores da negociata de emendas parlamentares em SP





O funeral havia sido antecipado com dias de antecedência. Na tarde da quinta-feira 3, o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou o relatório final das investigações sobre o suposto esquema de venda de emendas parlamentares a prefeitos e empreiteiras. O documento não chega a conclusão alguma, tampouco revela fatos que não haviam sido noticiados anteriormente.


Pudera, uma semana antes o deputado Campos Machado, líder do PTB na Assembleia Legislativa de São Paulo, conseguiu aprovar um requerimento pelo encerramento abrupto dos trabalhos da comissão. Apenas três parlamentares foram ouvidos, dois deles por escrito. Ainda assim, o relator do caso, deputado José Bittencourt (PSD) registrou no documento “não vislumbrar outras diligências a serem tomadas”.

Na realidade, a base governista, com sete dos nove deputados a integrar o conselho, barrou diversos requerimentos para ouvir testemunhas e outras pessoas citadas no escândalo. Entre elas, destaca-se uma senhora de 59 anos, de fala agitada e humilde: Tereza Silva Barbosa, conhecida como Dona Terezinha, presidente do Centro Cultural Santa Terezinha. Quem a apresentou foi o deputado Major Olímpio Gomes (PDT), único que se dispôs a depor pessoalmente na comissão. Segundo o parlamentar, ela o teria procurado em setembro de 2007 para pedir a liberação de uma emenda para um projeto assistencial, mas quis se certificar se ele não cobraria propina para fazer o pedido. “Ela disse que havia procurado outros deputados e eles cobraram um percentual sobre o repasse. Felizmente, não aceitou. Recusou-se a ser achacada.”


Procurada por CartaCapital, Dona Terezinha confirmou a denúncia, mas evitou dar mais detalhes. “Todos pedem para que eu cite os nomes de quem pediu dinheiro, mas tenho medo.” Na manhã da sexta-feira 4, no entanto, retornou às ligações da reportagem e falou sobre como tomou conhecimento das negociatas com emendas. Não deu nome aos bois, mas antecipou que pode falar mais abertamente ao promotor que investiga o caso, Carlos Cardoso, caso ele ofereça garantias para preservar a sua segurança e a de sua família. “Moro na periferia de São Paulo e já vi muita gente morrer por pouco. Por precaução, achei melhor não revelar o nome do santo. Mas se o promotor me chamar, posso dar umas boas dicas.”


De acordo com Terezinha, em 2007, ela procurou funcionários da Secretaria da Casa Civil para pedir orientação de como deveria proceder para pleitear verbas para o seu projeto, o “Faça Esporte na PM”, que leva crianças e jovens para praticar atividades físicas nas instalações esportivas de quartéis da polícia. Foi instruída a procurar deputados que pudessem fazer uma emenda ou indicação, reservando recursos do governo estadual para o programa. “Eu bati na porta de vários deputados. Visitava os gabinetes, conversava com assessores, abordava parlamentares nos corredores. Muitos diziam não ter mais verba para emendas. Outros pediam para que eu repassasse parte do dinheiro que receberia a outras entidades assistenciais ligadas aos deputados.”


Dona Terezinha diz ter estranhado a proposta, quis saber a razão de repassar verba a outras organizações. “Eles falavam que essas entidades eram sérias, desenvolviam um trabalho bacana, mas não tinham toda a documentação necessária para conseguir recursos do governo. A burocracia é muito grande, sabe? Mas eu não conhecia nenhuma dessas ONGs. E era eu quem deveria prestar contas depois. Não aceitei, achei estranho demais…”

Descontente com a infrutífera jornada com o pires na mão, de gabinete em gabinete, ela diz ter desabafado com um amigo no corredor da Assembleia: “Aqui só tem ladrão”. “O deputado Olímpio estava ao lado e ficou bravo comigo, disse que não era bem assim. Aí eu contei o que estava acontecendo e pedi para ele liberar uma emenda para o meu projeto.” De acordo com o parlamentar, então em seu primeiro ano de mandato, ele não sabia que tinha direito a fazer emendas. “Foi ela quem disse que eu podia. Fui atrás e, como o projeto dela era sério e tem muito a ver comigo, que fui da Polícia Militar, pedi a liberação do recurso para a Dona Terezinha. Só me surpreendi quando ela perguntou: ‘O senhor não vai me cobrar uma parte, vai?’”


“Eu gostei foi da resposta dele: ‘quem faz isso é bandido’”, comenta Terezinha. Segundo ela, os pedidos de propina eram recorrentes. “Eu tava tão empenhada em conseguir os recursos para meu projeto que vivia atrás de deputados, assessores. Uma vez um homem me perguntou: ‘Você é prefeita?’ Por brincadeira, disse que sim. E ele respondeu: ‘já deu quanto para o seu deputado?’ Teve prefeito que chegou a reclamar que o deputado liberava emendas para a cidade dele, mas indicava a construtora.”


Dona Terezinha lamenta o fim das investigações do Conselho de Ética e diz que estava disposta a falar, mas não a convidaram. Agora, aposta nas apurações do Ministério Público. “Vão falar primeiro com o Olímpio, depois comigo”, antecipa. O depoimento do deputado havia sido agendado para a quinta-feira 3, mas acabou suspenso em função do falecimento do pai do promotor. “Estou disposto a reafirmar o que disse na Assembleia e pedir que ele ouça a Dona Terezinha. Ela pode ajudar muito.”



Rodrigo Martins, em CartaCapital

O Despertar dos Guerreiros


                                    
Ao me deparar com o bem produzido artigo “Taquaritinga: o Reino Cultural Adormecido”, episódio “Terra dos Guerreiros”, escrito por Paulo Pereira, jovem promissor de sua geração na Dália da Serra, não resisti ao ímpeto de buscar “esclarecer” algumas situações abordadas no texto supracitado.
Iniciando, acho justíssimo o reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelos “Guerreiros” Alexandre Soares, José Waydson, José Roberto, João Paulo e dos irmãos André e Heitor Leal, visionários que estão dando parcelas significativas de contribuição ao nosso município, isso é inegável, entretanto é preciso deixar transparecer a verdade dos fatos, motivo que permitirá que a população possa analisar os dois lados de uma mesma moeda.
Concordo com o “Guerreiro” e meu amigo Alexandre Soares, quando o mesmo afirma: “Tá na hora de rever a política cultural aqui do município, pois esta ainda é falha (...). Isso é fato! Pergunto aos “Guerreiros”: quantas vezes eles participaram de uma plenária do Orçamento Participativo para exporem as suas reivindicações e os seus projetos e incluírem os mesmos no orçamento do município? Antecipo a resposta: Nenhuma mísera vez! Pois eles não tem acesso à elaboração do Orçamento porque não participam, ao contrário dos demais segmentos sociais que tem seus pleitos atendidos pelo Governo Municipal no exercício posterior. Pergunto: de quem é a culpa? “O gestor tem por obrigação fomentar grupos e eventos realmente culturais e deixar essa política de dar sempre uma resposta negativa pra gente da área cultural. Enquanto a gente leva o nome de nossa cidade de forma positiva para o Estado e o Brasil, o que a gente leva do prefeito é só NÃO, porque isso Sr. Prefeito?(...)
Nessa outra citação de Soares aflora o sentimento da omissão: é verdade que a Prefeitura não contribuiu com tudo que ele solicitou, mas também é verdade que do Prefeito de quem ele diz que só leva “não”, dessa vez ele levou a estrutura de toldos e palco da Feira Multicultural, cartazes, panfletos, adesivos, folders e algumas outras situações que também foram atendidas e contribuíram com o sucesso do evento, que desde edições anteriores conta com o apoio da Prefeitura Municipal e desde o ano passado tem o apoio do Governo do Estado, através do FUNCULTURA, fator que mostra o grau de evolução deste evento, proporcional a competência e ao dinamismo do seu idealizador.
Quanto ao companheiro ator e diretor José Waydson, o nosso Zezinho, é importante destacar que diminuímos o peso de sua cruz e o sofrimento de seu calvário em levar adiante o “Espetáculo da Paixão de Cristo”, pois oferecemos todo o suporte necessário na elaboração do projeto, falo como autor do mesmo, que resultou na contemplação deste espetáculo com o apoio de RS 10.000,00 via edital “Pernambuco de Todas as Paixões” da Fundarpe, bem como por parte do Governo Municipal foi dado todo o suporte logístico e operacional para que o evento acontecesse.
Com relação aos esportes radicais, que tem José Roberto como um dos mentores, sempre que procurados, buscamos na medida do possível atender, a exemplo do que já fizemos em edições anteriores da Trilha do Frio, que neste ano integrou a Semana dos Esportes Radicais, juntamente com a Corrida de Aventura e o Mountain Bike, atraindo participantes de todo Nordeste e fomentando um grandioso evento radical. Quanto à “novela” do vôo livre, é louvável o empenho de João Paulo, este “incansável e humilde guerreiro” em não deixar morrer este importante símbolo do nosso município, sendo conveniente salientar que em recente reunião dos voadores com o Prefeito houve o comprometimento em dar o suporte necessário para a realização de eventos de vôo livre em nossa Taquara.
Os irmãos Coragem André e Heitor Leal, em mais uma edição, superaram todas as expectativas, com o Halloween Vibe, evento particular que em sua prévia gratuita na rua uma semana antes, contou com o apoio logístico da Prefeitura Municipal. Segundo Heitor: Como produtor de eventos, vejo uma barreira muito grande quando o assunto é apoio a um evento particular (...). É conveniente citar que isto é fato Heitor, até um dia que seja permitido financiar festas particulares com recursos públicos!
Finalizando não poderia deixar de mencionar o brilhante articulista que motivou esta réplica, o jovem Paulo Pereira, excelente artista plástico que também tem dado a sua contribuição a cultura de Taquaritinga ministrando Cursos de Desenho e Pintura, contratado pela Prefeitura Municipal, no Centro de Cultura Júlio Casé, onde periodicamente também estão sendo realizados cursos gratuitos de violão, informática, capoeira e Jiu-Jitsu.
Não basta apenas fazer, tem que acontecer! É preciso que os “Guerreiros” se atualizem, se qualifiquem (Como Alexandre vem fazendo), se aperfeiçoem e busquem, acima de tudo, a profissionalização. É necessário ousar, como ousou a Sociedade Musical Padre Ibiapina, que hoje é um Ponto de Cultura e terá suas atividades subsidiadas pelo Governo Federal até 2013. Através da Gerência de Convênios da Prefeitura podemos orientar e contribuir com a vitória dos “guerreiros”, para isso se desarmem, o escudo é a união e a espada é a organização, pois coragem para enfrentar as batalhas vocês tem de sobra!
No contexto de “Guerreiros” também nos incluímos não só pela cultura, mas para realizar as mudanças que nossa querida Taquaritinga precisa.
Avante Guerreiros, a batalha está só começando!

Elisberto Costa
GMC / Taq do Norte
“Mais um Guerreiro

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

"Devolver o lixo hospitalar aos EUA é uma questão de honra para o Brasil", diz deputado




VISITA AO PORTO DE SUAPE
A comissão externa formada pela Câmara dos Deputados para investigar o envio de lixo hospitalar ao Brasil deve ir aos EUA nos próximos dias para conhecer a origem do processo que resultou no envio do material irregular para o Porto de Suape, em Ipojuca (PE). A informação é do presidente da comissão, deputado federal José Augusto Maia (PTB-PE).

Segundo o deputado, o caso do envio do lixo hospitalar se trata de garantir a “soberania nacional”, e a devolução do material apreendido é uma “questão de honra” para o país. “Isso trouxe um prejuízo econômico para um polo que recebe a visita de 30 mil compradores por semana. Só uma empresa sujar o nome de outras 22 mil, que trabalham com tecidos limpos, é uma injustiça muito grande.

REUNIÃO NA RECEITA FEDERAL
Esta semana, os deputados integrantes da comissão conversaram com as autoridades pernambucanas que investigam o caso, foram até o Porto de Suape averiguar a carga apreendida pela Receita Federal e visitaram as cidades do polo de confecções. Após as conversas e averiguação do material apreendido, os deputados também decidiram que não vão aceitar a incineração do lixo no Brasil e vão lutar para que os EUA aceitem que o lixo seja devolvido.

“Os EUA querem que incinerem as 65 toneladas que estão em Suape porque para eles é conveniente. Mas nós [deputados] não vamos aceitar. Vai ter que ser devolvido, até porque a incineração deve sujar os ares deles, e não o nosso”, disse Maia, citando que a comissão tem, entre outras missões, "defender os interesses do país."

Para o deputado, a visita aos EUA se faz necessária para averiguar a origem do lixo enviado ao Brasil e conhecer o processo de descarte dos hospitais. “Nós iremos até os EUA para ver a fonte geradora de tanta sujeira. E eles [exportadores] têm que aceitar de volta. Incinerar aqui é queimar o arquivo. Aqui, no Brasil, o 'peixe pequeno', já foi pego. Tem alguém forte lá, que deve estar articulando para que o país não queira aceitar o lixo. E nós queremos o conhecer”, afirmou o deputado, que pretende também conversar com autoridades norte-americanas que investigam o caso.

ENCONTRO COM SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA
Na próxima semana, a comissão – que também é formada pelos deputados João Campos (PSDB/GO), Protógenes Queiroz (PCdoB/SP), Dr. Aluizio (PV/RJ) e Marlos Sampaio (PMDB/PI)-- deve se reunir com representantes do Ministério de Relações Exteriores e do Itamaraty para que o país interceda na negociação da devolução do lixo.

“Nós fomos ao local e constatamos que se trata realmente lixo hospitalar. Não adianta ninguém querer negar. Tem roupa, como jalecos e batas, sujas e de várias cores e de vários hospitais americanos. Soubemos que nos EUA os hospitais não incineram o material; eles têm lavanderia, de onde gerou essa fonte e essa cadeia de descarte. Precisamos dar uma resposta positiva ao caso, com a devolução, porque outros países devem estar recebendo lixo. Isso é absurdo. Pode ter certeza que a gente vai até o fim”, declarou José Augusto Maia.

Fonte: Portal de notícias UOL
Fotos: Assessoria do deputado federal José Augusto Maia

PSDB EM APUROS :MP abre investigação para apurar caixa 2 do PSDB de AL com o banco Panamericano.





O Ministério Público de Alagoas abriu investigação para apurar a participação do secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes, em um suposto esquema de caixa dois da campanha do governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB), intermediado pelo banco Panamericano.

O promotor Sidrack Nascimento solicitou documentos da secretaria para as investigações. Luiz Otávio Gomes é citado em uma troca de e-mails entre o ex-presidente do banco, Rafael Palladino, e o gerente operacional de consignação do Panamericano, Luiz Carlos Perandin, no dia 23 de agosto de 2010.

"Acabei de falar com o secretário. Ele receberá o contrato assinado, protocolado pela Secretaria da Fazenda, e disse que amanhã estará em SP para negociar o retorno", diz Peradin ao ex-presidente do banco.

O contrato a que se referem é uma negociação para o pagamento de empréstimos consignados atrasados de R$ 2,7 milhões. Gomes teria recebido, segundo as investigações da Polícia Federal de São Paulo, 25% deste valor - R$ 678,5 mil - a título de propina, para o caixa dois.

No dia 24 de agosto de 2010, o Diário Oficial do Estado publicou uma determinação emitida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística. O texto autorizava o pagamento de uma diária e meia (R$ 630) "referente a viagem às cidades de São Paulo, Sorocaba e Cotia/SP". A medida se refere ao secretário alagoano e cita os dias 24 e 25 de agosto, indicando que ele estava em São Paulo nesses dias.

O deputado estadual Ronaldo Medeiros (PT) vai marcar, para a próxima semana, uma audiência com o superintendente da Polícia Federal de Alagoas, Amaro Vieira, para acompanhar as investigações. A PF alagoana entrou no caso, a pedido da Justiça Federal.

Ex-assessor de Paulo César Farias, o PC Farias, Gomes já foi acusado de usar a própria empresa, a LOG Negócios & Consultoria, para conseguir benefícios fiscais no governo de Alagoas. A denúncia foi feita pelo Psol ao Ministério Público Estadual. Estes benefícios eram aprovados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, presidido por Gomes.Informações do Portal Terra

PEIXE PANGA -cuidado!‏

Por Claudio André :



Depois de importar lixo hospitalar dos EEUU: lençóis usados por veteranos de guerra no EUA viram roupa de cama em hotel de PERNAMBUCO.
Outra barbaridade com o povo brasileiro...daqui há pouco o povo brasileiro tá comendo merda congelada sem saber... Aqui aceita-se tudo... somos um país de 3o mundo mesmo !!!!!.
 
Os nossos Supermecados, estão importando da Ásia, graças a globalização.
Para nós comermos. É caso de polícia. Leiam e tirem as suas conclusões!!! 
Caros amigos, Em algumas oportunidades tive o desprazer de observar o malfadado peixe branco, sempre servido em self-services e/ou "à la carte." (Entre os restaurantes onde pode ser encontrado o "gourmet" o cliente faminto terá mais opção do se pensa em self-services)Em um self-service, tive a curiosidade de ver melhor o peixe no meu prato. Ao abrir a posta do peixe notei que a massa estava impregnada de filamentos.Encostei o prato, retirei guardanapo parte do peixe e levei para analise. Os filamentos, na verdade, eram vermes de até dois cm.
PANGA ou PEIXE-GATO
Procurei me informar, lá mesmo no caixa, da origem do peixe e fui informado que se tratava de peixe asiático.Após análise da porção amostrada tirei minhas conclusões que são coincidentes com as informações prestadas: - peixe asiático de água doce, proveniente de rios extremamente poluídos de excrementos, dejetos e toda sorte de poluição biológica, física e química devido, entre fatores diversos, à maciça ocupação de barcos que servem de vias e moradias que constituem aglomerados populacionais de pessoas carentes de serviços sanitários e salutares.

Esse ambiente condiciona por si só o desenvolvimento e procriação de víveres adaptados a esse habitat degenerativo. O nível de poluição dessas águas é tamanha magnitude que as próprias pessoas que, por lá convivem, têm nojo e repugnância dos víveres dessa água. Essas condições associadas viabilizam a proliferação exacerbada de peixes que ressalta aos olhos dos especuladores inescrupulosos que conseguem com tremenda facilidade realizar farta e rentável "pescaria" para a venda dos seus produtos no terceiro mundo afora - de quebra no BrasilASAE - SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS AGRÔNOMOSPeixe Panga - PERIGO para a SAÚDE PÚBLICA  

Há pouco tempo descobri um novo peixe, aparentemente perfeito: filetes muito branquinhos, frescos ou congelados, sem espinhas e a bom preço no supermercado... claro que decidi experimentar...A minha primeira impressão do sabor do peixe não foi a melhor, (embora fosse a única a encontrar algo estranho, pois é um sabor muito ténue...)Hoje voltei a comer, e tal como da primeira vez que provei este peixe não melhorou a impressão do sabor...Acabei de almoçar e pesquisei e encontrei o texto que envio abaixo.NOTA - achei por bem enviar, porque muitos de vocês já terão provado e gostado... LO Peixe Panga: a nova aberração da globalização 

O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietnam, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.
Eis o que deve saber sobre o Panga:Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsénio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos poli clorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB)).
O rio Mekong é um dos rios mais poluídos do planeta.(Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja"(desfolhante e cancerígeno).
Não há nada de natural nos Pangas - Eles são alimentados com restos de peixes mortos, ossos e de solo seco, transformados numa farinha, com mandioca e resíduos de soja e grãos. Obviamente, este tipo de alimentação não tem nada a ver com a alimentação num ambiente natural.
Ela não faz do que assemelhar-se ao método de alimentação das vacas loucas (vacas que foram alimentadas com vacas, lembra-se?) A alimentação dos pangas está completamente desregulada.. 
O panga cresce 4 vezes mais rápido do que na natureza ...
Além disso os pangas são injetados com PEE (alguns cientistas descobriram que se injetassem as fêmeas pangas com hormonios femininos derivados de desidratado de urina de mulheres grávidas, a fêmea Panga produziria os seus ovos muito rapidamente e em grande quantidade, o que não aconteceria no ambiente natural (uma Panga passa a produzir assim aproximadamente 500.000 ovos de uma vez). 
Basicamente, são peixes com hormonios injetáveis (produzidos por uma empresa farmacêutica na China) para acelerar o processo de crescimento e reprodução. Isso não pode ser bom.
Ao comprar pangas estamos colaborando com empresas gigantes sem escrúpulos e gananciosas que não se preocupam com a saúde e o bem-estar dos seres humanos.
Este comercio está sendo aceito por países que os vendem ao público em geral, sabendo que estão vendendo produtos contaminadas.
Nota: devido à prodigiosa quantidade de disponibilidade de Pangas, este irá acabar em outros alimentos: surimi ( alimentos com pasta de peixe), peixe terrines e, provavelmente, em alguns alimentos para animais. ( cães e gatos!)
Diz-se que comer peixe é bom para a saúde, mas eu já começo a duvidar de tudo!!!!

Calçamento do São Miguel

  Muitos zombaram , outros não acreditaram e teve gente que disse que se o calçamento do São Miguel fosse feito andaria de "tanguinha rosa" ( É O NOVO KKKK)  em pingo de meio dia, pois é o triste que disse essa frase agora está brabo com os vizinhos que cobram que ele cumpra a promessa , pois o calçamento do São Miguel está perto de ser concluído , uma parceria do empresário Béia e de moradores com a Prefeitura de Taquaritinga está possibilitando essa melhoria tanto a área rural quanto a área urbana, quem visitou a obra e gostou muito do que viu foi o Vice Prefeito Lero que encontrou seu grande amigo Béia .



Fotos : Imprensa Oficial

Prefeitura de Taquaritinga do Norte realizará III Conferência da Educação





Esta chegando o dia. É amanhã (04) que a Prefeitura de Taquaritinga do Norte através da Secretaria de Educação irá realizar III Conferência Municipal de Educação. Este ano com o tema: “Um portal para a inserção social – o sujeito como autor, o social como contexto e o aprendizado como processo”
Um grande evento para os educadores municipais da Dália da Serra, pois estarão presentes todas as redes de ensino do município. A mesma será realizada na Escola Francisca Moura Pereira da Silva – CAIC iniciando às 7h 30mim e previsão de término às 18h.
Na programação: palestras, apresentações culturais e laboratórios de vivencia que se multiplicarão em diversos assuntos voltados para a educação e o social.
Os interessados em participar já podem se dirigir a sede da Secretaria de Educação localizada à Rua Dom Moura e fazer sua inscrição. Lembrando que no evento também terá uma equipe realizando inscrições.
Todos podem participar! Vamos unidos debater e planejar uma educação de qualidade para todo o alunado nortetaquaritinguense.

Guerra pelo poder


   x 
Caruaru tende a ser palco de uma das campanhas mais quentes e agressivas do Estado. A oposição ao prefeito José Queiroz faz marcação cerrada em cima da sua gestão e está sendo acusada até de falsificar perfis dele e da primeira-dama nas redes sociais. Ali, não teremos uma eleição, mas uma guerra.

FONTE : BUDEGA NORDESTINA

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Mais uma tarde de Vôo Livre em Taquaritinga do Norte


 
Pilotos preparando suas asas.

Taquaritinga do Norte - 02 de Novembro de 2011.
Por : Marcos Augusto.

   Nesta tarde de feriado os taquaritinguenses tiveram uma ótima oportunidade para desfrutar de belas paisagens e de grandes manobras de Asa Delta, muitos jovens subiram até a Rampa e lotaram a arquibancada, muitos carros e motos um público que superou as espectativas, chegamos as 3:00 horas em ponto na Rampa e fomos muito bem recebidos pela neta do proprietário da Rampa Luana Clarice, e pelos voadores João Paulo, Jerôncio , Jair e Cícero que proporcionaram momentos de emoção e adrenalina , o jovem Emanuel de 12 anos nunca tinha visto uma aterrisagem e disse : “ É muito legal e muito bonito o trabalho desse pessoal eles são muito corajosos e trabalham muito para botarem essas asas para voarem com certeza sempre que tiver eu vou vim ver “ outro momento emocionante foi o Vôo do jovem Jair de Pão de Açucar Jair nunca tinha voado em Taquaritinga do Norte , e deu um show fez um belo Vôo acenando para o bom público presente, foi bonito de se ver a população em peso prestigiando e sem ninguém falar em “política” os presentes queriam ver os voadores e nada mais , até uma banda de pagode estava presente animando a galera da arquibancada, pois este evento não tem conotação política e hoje é um evento realizado pelos “pilotos” que só querem ter tranquilidade para voar !

As asas vistas de cima.
Jair realizando seu primeiro Vôo em Taquaritinga.


O experiênte piloto Sérgio.


Sérgio fazendo seu vôo.

Os voadores ainda enfrentam dificuldades para colocarem a Asa em cima da rampa.


João Paulo se preparando.


Obs: Ainda esta semana vamos postar o restande dos Vôos.

DELEGADOS CRITICAM REDUÇÃO DA PENA PARA LAVAGEM DE DINHEIRO




Delegados da Polícia Federal protestam contra a redução da pena máxima para o crime de lavagem de dinheiro - de 18 anos para 10 anos de prisão -, conforme define o Projeto de Lei 3443 aprovado pela Câmara. Eles reclamam de outro ponto que reputam vital no combate ao crime organizado: bens que a PF confisca de empresários, doleiros e servidores envolvidos em fraudes e desvio de recursos da União serão destinados "ao moroso processo de leilão que poderá sofrer uma série de medidas judiciais de atraso".
Lavagem de dinheiro é recurso usual que organizações criminosas adotam para ocultar e dissimular propriedades e valores ilicitamente obtidos. Por meio de offshores, principalmente, e laranjas, remetem fortunas para paraísos fiscais, o que dificulta o rastreamento e a repatriação.
"Causou estranheza o argumento do governo de que foi obrigado a ceder para aprovar o projeto", adverte Bolivar Steinmetz, presidente da Associação Nacional dos Delegados da PF. "A quem interessava limitar a ação da polícia e do Ministério Público? Com certeza não é o cidadão de bem, pois este sequer sabe como se procede à lavagem de ativos."
O projeto original, que visa ao endurecimento no combate a esse artifício, nasceu no Senado (Projeto 209/03). Nessa Casa, passou a proposta de pena mínima de 3 anos e limite de 18 anos para acusados por lavagem.
Na Câmara o texto sofreu modificações, inclusive a redução daquela sanção, o que desagrada aos delegados da PF. "Caso um corrupto responsável por desviar milhões, que deveriam ser investidos em saúde, educação e segurança, tenha a pena máxima aplicada de 10 anos, ficará menos de 2 anos preso, haja vista o direito à progressão de regime", alerta Steinmetz.
Em nota, a entidade alega que a redação que saiu do Senado, ratificada pela Comissão de Segurança Pública da Câmara, "ao chegar para votação no plenário perdeu vários institutos que tornariam mais eficiente o combate à lavagem".
Os delegados assinalam que na maioria dos casos não se consegue reaver o dinheiro objeto da lavagem em curto espaço. "Em menos de dois anos o corrupto sai da cadeia e pode usufruir dos bens desviados. A melhor forma de combater a lavagem é justamente no aspecto econômico, ou seja, é a possibilidade de as autoridades públicas se utilizarem dos bens apreendidos, produtos do crime, para combater a própria lavagem."
Eles observam que o texto aprovado no Senado, inspirado na atual legislação de drogas, estabelecia que os bens embargados, desde já, deveriam ser empregados nas operações de prevenção e repressão à lavagem. "O plenário da Câmara retirou essa possibilidade", diz Steinmetz.
Ampliação
Segundo a nota da associação, a redação do Senado estabeleceu que, caso a Justiça determinasse a prisão preventiva do acusado, este não poderia, após condenado, apelar em liberdade. Na Câmara o dispositivo foi suprimido, "podendo agora o criminoso gozar de anos em casa e do proveito do crime, mesmo após indiciado pela polícia, denunciado pelo Ministério Público e condenado".
Alessandro Molon (PT-RJ), relator do projeto na Câmara, considera que as mudanças vão permitir o combate à impunidade e o fortalecimento do Judiciário. Segundo ele, conforme o site Agência de Notícias da Câmara, as linhas gerais da proposta foram mantidas: ampliação do rol de entidades fiscalizadas e da aplicação da lei e ainda a criação de medidas que permitam a venda dos bens de origem ilícita.
Fonte: Agência Estado
Blog da Força Tática


Leia mais no site: http://ftadecamocim.blogspot.com/2011/11/delegados-da-policia-federal-criticam.html#ixzz1fUSrWgMP
Copiar e não citar a fonte, além de má educação, é ilegal. 

Enviada pela Professora Isabel Souza


A presidenta foi estudanta?
 
Uma belíssima aula de português.
 
Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.
Será que está certo?
Acho interessante para acabar com a polêmica de "Presidente ou Presidenta"
 Repassando, gostei da aula,
 A presidenta foi estudanta?
Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?
Miriam Rita Moro Mine - Universidade Federal do Paraná.
No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.
 Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionarem à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.
 Portanto, à pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha.
 Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".
 Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
 "A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta.
 Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta".
 Por favor, por amor à língua portuguesa, repasse essa informação..

 

Reflexão Deus