sábado, 4 de julho de 2015

Vídeos de sexo vão parar na web, depois de falso empresário dar golpe em jovem



















A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um homem suspeito de convencer mulheres a se deixarem filmar em cenas de sexo mediante depósitos falsos de R$ 3 mil nas contas delas. Nos registros, feitos por meio do aplicativo Dubsmash, o homem e as vítimas dublam o funk "Tava no fluxo". Três jovens já registraram ocorrência, mas pelo menos mais uma garota teve vídeos divulgados na web. Ouvido por um delegado, o homem confessou apenas um dos crimes – o depósito falso.

De acordo com a polícia, ele pode ser indiciado por violação sexual mediante fraude, cuja pena vai de 2 a 6 anos de prisão, e por difamação, que tem pena de 3 meses a 1 ano de prisão.

As vítimas relatam que o suspeito se apresentava como um empresário rico e dizia estar em busca de jovens para trabalhar em um evento. O contato inicial ocorria por meio de redes sociais, às vezes intermediado por uma mulher que se identificava como a responsável por contratar as garotas.

Depois de elas aceitarem o convite, o homem ia ao banco e fazia o depósito sem colocar o dinheiro no envelope. Então, enviava o comprovante para as jovens e combinava de encontrá-las em casa para discutir os detalhes do evento.

Preferindo não se identificar, uma das vítimas contou que foi demitida do trabalho depois que dois vídeos dela caíram em sites pornôs. A jovem, que tem 18 anos e mora em Águas Claras, afirma que até a mãe dela recebeu as imagens.

"Estou ´queimada´ na família. Ninguém quer andar comigo", relata. "Ele disse que trabalhava com engenharia, que era rico, que ia me dar muito dinheiro. O evento ia ser na próxima semana, em Goiânia."

De acordo com a jovem, o suspeito só deixou claro que pretendia fazer as filmagens ao subir para o apartamento dela e ameaçou agredi-la caso ela discordasse. A garota conta que topou o serviço, pelo qual receberia R$ 6 mil, por medo e por precisar do dinheiro.

"Tem homem que acha isso bonito, que diz que vai fazer também. [...] Ontem mesmo [o suspeito] falou que vai vir atrás de mim, que eu vacilei com ele [por denunciá-lo]", afirma.



Outra vítima, uma estudante de direito de 22 anos diz que teve o celular roubado justamente por não deixar o homem filmar a cena. "Ele apertou meu braço, falou que não depositou esse dinheiro todo à toa. Eu tive relações com ele porque ele ficou me pressionando."

Ela, que também preferiu não se identificar por medo de represália, relata que o suspeito só descobriu o endereço dela porque pediu que as interessadas enviassem currículo para a vaga de promotora de eventos. A jovem classificou o homem como "louco".

Segundo o delegado-chefe da 19ª DP, Fernando Fernandes, uma terceira vítima o procurou para relatar ter sofrido do mesmo crime. O policial conseguiu ouvir o suspeito, que disse que conhecia as garotas de um grupo de cem casais que semanalmente trocava de parceiros e que, junto com uma das meninas, decidiu pregar uma peça nas outras.

“Em determinado momento, ele teria combinado uma brincadeira com uma delas para simular o depósito de R$ 3 mil nas contas delas para fazer os vídeos. Esses encontros eram filmados e registrados pelos próprios membros. O constrangimento, para ele, só aconteceu porque as imagens pararam em redes sociais”, diz Fernandes.

O homem não assumiu ser o responsável pela divulgação das imagens e registrou queixa por difamação. A polícia investiga se as outras garotas do grupo, que têm entre 20 e 24 anos, também foram vítimas do crime e já identificou duas meninas que não tiveram as imagens viralizadas. A pena por difamação é de 3 meses a 1 ano de prisão.

“Se comprovado que houve a fraude sexual, nós podemos configurar violação sexual mediante fraude, que tem pena de 2 a 6 anos de prisão. Agora vamos fazer uma ação preventiva para que mais vídeos não surjam. Pelo menos cem mulheres estariam sujeitas a ter as imagens divulgadas. Eles mantinham aquele acordo de cavalheiros, de que aquelas imagens não sairiam deles. O swing não é crime, mas espalhar os vídeos, sim”, explica o delegado.

Os crimes aconteceram no início de junho. As mulheres afirmam que foram ao hospital, fizeram exames e tomaram pílula do dia seguinte.

Fonte: G1 DF

MADRUGADA DE TERROR EM VERTENTES

As agências do Bradesco e Banco do Brasil, foram alvos de assalto nesta madrugada de sexta pra sábado. Por volta das 03:45 desta madrugada, na Rua Teixeira de Freitas, no centro de Vertentes, ouviu - se, um grande estrondo e em seguida vários disparos no centro de Vertentes, nesta madrugada. Vários foram os disparos de arma de grosso calibre. Como também foram grandes os estrondos. Agência bancária do Bradesco foi a mais atingida, ficou literalmente danificada e teve o seu caixa destruído, enquanto a agência do Banco do Brasil apenas um dos caixas ficou parcialmente destruído. Segundo as informações homens fortemente armados, invadiram a agência do Bradesco e explodiram o caixa eletrônico, da referida agência, ao mesmo tempo em que roubavam o Bradesco, parte da gangue tentava, porém sem sucesso, roubar o Banco do Brasil. Após a ação, os bandidos saíram atirando pelas ruas da cidade. E tomaram destino ignorado. Segundo informações de populares, eles estavam em dois veículos, uma pick - up e um carro de passeio de cor prata, duas motocicletas, ambos de modelo, marcas e placas não identificados. As polícias civil e militar estão no local fazendo o levantamento. Ainda não se sabe quanto em dinheiro foi levado nesta ação.










sexta-feira, 3 de julho de 2015

Novos contratos no Fies dependem de desempenho do aluno no Enem

A partir de 2016 a exigência de nota no Enem passará a valer para todos os casos / Foto: Renato Araujo / ABr

A partir de 2016 a exigência de nota no Enem passará a valer para todos os casos

Foto: Renato Araujo / ABr

O desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será considerado na classificação dos estudantes para obter novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Na última edição do Fies, houve a exigência de nota mínima de 450 pontos no exame, mas as vagas eram preenchidas de acordo com a ordem de inscrição do estudante no curso. Para a classificação, será considerada a edição do Enem em que o estudante tenha obtido a maior média.

As informações estão em portaria publicada na edição desta sexta-feira (3) do Diário Oficial da União com as regras do Fies que passam a valer para novos contratos firmados a partir deste segundo semestre.
Uma das condições para obter o Fies é ter feito a prova do Enem, a partir da edição de 2010, obtido média superior a 450 pontos e não ter tirado nota 0 na redação.
A portaria, no entanto, reserva 10% das vagas selecionadas em cada curso para dois casos em que essa exigência será dispensada: para estudantes que tenham concluído o ensino médio antes de 2010 e não tenham participado do Enem após esse ano; para professores da rede pública que não fizeram a prova do Enem a partir da edição de 2010 e se inscrevam nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos, a classificação será feita com base em critérios como renda familiar, raça e estudo em escola pública ou privada.
A partir de 2016 a exigência de nota no Enem passará a valer para todos os casos, de acordo com portaria publicada em maio pelo Ministério da Educação.
A portaria ainda oficializa mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação, que estabelecem prioridade na oferta de vagas para as regiões Norte, Nordeste e Cento-Oeste – excluído o Distrito Federal – e em cursos das áreas de engenharia, saúde e formação de professores. Terão prioridade os cursos com nota 4 e 5 nas avaliações do ministério. Nas avaliações a nota máxima é 5. O edital do Fies com a data de início das inscrições deve ser publicada nos próximos dias pelo MEC.

TAQUARITINGA DO NORTE : Veículo cai dentro de Acude

MOTORISTA PERDE O CONTROLE NA PE-090 E POR POUCO NÃO TERMINA DENTRO DE AÇUDE

 Um acidente foi registrado na PE-090 entre os municípios de Taquaritinga do Norte e Vertentes. Segundo informações repassadas ao Blog, uma caminhonete Toyota Hilux de cor preta/placas não informadas, estava sendo conduzida por um homem que não teve o nome revelado.
 Ainda de acordo com as informações, o motorista perdeu o controle do veículo e saiu da pista de rolamento e por pouco não caiu dentro de um açude, já que parte da Caminhonete ainda ficou submersa.

Jovens são sequestradas, torturadas e estuprada


Um crime brutal, descoberto na manhã desta quinta-feira (2), deixou chocada a população da cidade de Capistrano, no Maciço de Baturité (a 111Km de Fortaleza). Duas jovens foram atacadas por um grupo de homens, espancadas, violentadas sexualmente e uma delas assassinada a pauladas e seu corpo ocultado numa cisterna.
As duas jovens, sendo uma adolescente e outra já adulta, residentes na cidade de Baturité, teriam ido a Capistrano passear e teriam sido seqüestradas na noite de quarta-feira por um grupo de homens que ocupavam um veículo Gol branco.
Levadas para fora da cidade, teriam sofrido torturas e estupradas. Uma delas, uma adolescente, conseguiu fugir do local. A amiga não teve a mesma sorte. No começo da manhã, a Polícia foi avisada do caso e deu início às investigações, A menor, socorrida ao hospital da cidade, deu pistas sobre o local onde poderia estar a amiga.
Depois de várias horas de diligências, os policiais chegaram à comunidade de Pedreira e localizaram o corpo da mulher, identificada apenas por Luciana, ocultado em uma cisterna cheia d’água.
O corpo foi encaminhado à Fortaleza para ser examinado na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e a Polícia continua nas buscas aos criminosos.
Outro caso
Já na localidade de Cristalina, no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o corpo de uma mulher, aparentando cerca de 25 anos, foi encontrado no começo da noite de quarta-feira. A Perícia comprovou que ela foi assassinada com vários tiros. A vítima não foi, ainda, identificada.
Balanço
Com estes dois registros, subiu para 151 o número de mulheres assassinadas no Estado do Ceará somente neste ano. Em junho, foram registrados 29 casos, sendo 13 na Capital, 8 na Região Metropolitana de Fortaleza e mais 8 no Interior.

Fonte:Fernando Ribeiro

Tragédia : Morte de Niltinho Taquaritinga perde uma figura popular


Um cara irreverente, atento as notícias e os acontecimentos, e com muitos fregueses , Niltinho era uma figura muito popular em Taquaritinga do Norte sua barbearia só vivia lotada, dificilmente alguém via Niltinho parado, torcedor apaixonado pelo Flamengo Niltinho também gostava bastante de Futebol, a Barbearia de Niltinho já era um ponto folclórico da cidade aonde lá se ouviam histórias e "causos ", engraçados como ele mesmo dizia, Taquaritinga perde uma figura popular, uma figura querida , esta manhã de sexta feira dia 03 de Julho de 2015, ficará marcada pela tristeza pela morte de Niltinho, ficará um vazio para muitos que além de cortar o Cabelo se divertiam muito com as histórias de Niltinho. 

Descanse em paz Niltinho que Deus o coloque em um bom lugar e conforte a sua família e amigos .......


Tragédia em Taquaritinga : Niltinho Cabeleireiro morre em grave acidente

A população de Taquaritinga do Norte foi pega de surpresa com a noticia do acidente que vitimou Niltinho Cabelereiro, o acidente aconteceu por volta de 8 horas da manhã na PE que liga Vertentes à Taquaritinga, na oportunidade Niltinho estava dirigindo um Gol Bola Verde, e colidiu com um Caminhão carregado de Telhas, a acidente foi muito violento e acabou com a frente do Carro, ainda não se sabe quem provocou o acidente, o Samu foi acionado e chegou rapidamente mais Niltinho já estava sem vida , a policia fez o isolamento do local e o corpo de Niltinho será levado para o IML de Caruaru.




quinta-feira, 2 de julho de 2015

Banco do Brasil diz ter comprado dólares falsos de terceiros

.
.
JC Imagem
A origem do problema de venda de dólares falsos pela agência do Banco do Brasil teria sido causada pela aquisição de US$ 24 mil de terceiros no dia 10 de setembro de 2014, em operações rotineiras de câmbio manual. O esclarecimento é da assessoria de imprensa da instituição.
De acordo com a nota, nessa compra, cédulas de US$ 100 eram falsas e, por uma falha na verificação de autenticidade, as notas ficaram na tesouraria e foram comercializadas entre os dias 8 e 19 de junho.
O Banco do Brasil confirmou a compra de notas falsas por nove clientes. Quatro casos suspeitos foram descartados e seis ainda estão sob averiguação. A instituição garante que todos os clientes envolvidos no caso foram contatados e orientados.
A instituição ainda frisa que 95% das cédulas de dólares adquiridas pelo BB vêm do Banco Central Norte-Americano, mas, por segurança, estão sendo realizados procedimentos de certificação de autenticidade das cédulas em todas as tesourarias do País.
A Polícia Federal ainda está investigando o caso. Três ocorrências foram registradas e estão sendo averiguadas. Após uma perícia técnica das notas, representantes da instituição serão ouvidos.
Confira a íntegra do comunicado do Banco do Brasil:
"Nos últimos dias, foram veiculadas reportagens sobre venda de dólares falsos na agência Centro Recife, do Banco do Brasil, com consequências para clientes que realizaram câmbio naquela unidade do Banco, e que utilizaram dólares falsos em transações, no exterior. Com relação ao ocorrido, esclarecemos:
1) A origem do problema foi a aquisição de US$ 24 mil, de terceiros, no dia 10 de setembro de 2014, em operações rotineiras de câmbio manual. Cédulas de US$ 100 eram falsas. Por falha na verificação da autenticidade dessas cédulas, os dólares ficaram em Tesouraria e foram comercializados entre os dias 8 e 19 de junho. O Banco do Brasil já confirmou que nove clientes, de fato, adquiriram notas falsas em operações de câmbio manual. O BB já descartou indícios em quatro casos suspeitos, e restam seis ainda sob averiguação. Ressalte-se que todos os clientes foram contatados e orientados sobre procedimentos a serem adotados.
2) Um dos casos confirmados, e amplamente divulgado pela imprensa, é o do sr. João Neto Silva, que viajou aos Estados Unidos com dólares falsos adquiridos em operação de câmbio realizada por sua irmã, Maria de Fátima da Silva, no BB. Tão logo foi informado sobre a retenção das cédulas por um banco norte americano, o Banco do Brasil providenciou imediato ressarcimento dos valores, e contratou advogado, nos EUA, para providenciar o devido apoio jurídico. A situação está esclarecida junto às autoridades americanas e a família já recebeu documentação que a isenta de qualquer responsabilidade. Não há quaisquer restrições aos clientes, por parte das autoridades americanas.
3) Além das apurações de falhas internas, o BB está prestando todas as informações necessárias à Polícia Federal e ao Banco Central.
4) O Banco do Brasil informa que amanhã, dia 02/07, serão retomados os serviços de câmbio no estado de Pernambuco, após a assinatura de Termo de Audiência com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado. Em recurso administrativo, o Banco do Brasil demonstrou que foram adotadas todas as medidas de segurança necessárias. O Banco reafirmou à Secretaria e ao Procon que se trata de um caso pontual, e que não existe risco para os  demais clientes que realizaram ou venham a realizar operações de câmbio em Recife ou em qualquer outra agência em Pernambuco, e no Pais.
5) Esclarecemos que 95% das cédulas de dólares norte americanos adquiridas pelo BB são provenientes do Banco Central Norte Americano. Nos últimos 12 meses, o BB realizou mais de 100 mil transações de câmbio manual, em todo o País.
6) Por segurança e precaução, o Banco está fazendo novamente procedimentos de certificação de autenticidade das cédulas já adquiridas de terceiros, em todas as tesourarias do País.
7) Diante dos problemas constatados e das respectivas consequências, coube ao Banco do Brasil agir prontamente na prestação da assistência aos clientes atingidos e na devida apuração das ocorrências  O BB lamenta todos os transtornos provocados e, ao reconhecer as falhas, reafirma seu compromisso com a ética e respeito aos consumidores."

NESTA SEXTA PROGRAMA EM TEMPO



PROGRAMA EM TEMPO , O PROGRAMA DE RÁDIO QUE LEVA AS PRINCIPAIS INFORMAÇÕES DA SEMANA , O PROGRAMA É TODA SEXTA, FM 104.1.

HORÁRIO DE 12:00 ÁS 2 DA TARDE

Acompanhe também pela internet através do link 



APRESENTAÇÃO : MARCOS AUGUSTO E DIMAS OLIVEIRA



Parte dos trabalhadores só vai receber abono salarial deste ano em 2016


Parte do pagamento do abono salarial deste ano será pago em 2016. A medida tinha sido proposta pelo governo, como parte do ajuste fiscal, e foi aprovada nesta quinta-feira (2) pelo Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador). O Codefat é composto por representantes dos trabalhadores, empregadores e governo.
Com isso, cerca de R$ 9 bilhões que seriam pagos neste ano ficarão para 2016.
O abono salarial é o benefício pago pelo governo a quem recebeu até dois salários mínimos por mês no ano anterior. O abono pode chegar a até um salário mínimo e o pagamento é feito de acordo com a data de nascimento dos beneficiados. 

Nove parcelas, de julho de 2015 a junho de 2016

Com a mudança aprovada, os pagamentos do abono serão feitos em nove parcelas, entre julho deste ano e junho de 2016. No ano passado, o pagamento para todos os trabalhadores foi feito em quatro datas, entre julho e outubro. 
Agora, segundo o Ministério do Trabalho, os nascidos no segundo semestre (julho a dezembro) recebem ainda neste ano. Já os nascidos no primeiro semestre (janeiro a junho) recebem só no primeiro trimestre de 2016. 
Quem receber no ano que vem vai receber o valor ajustado, já de acordo com o salário mínimo válido para 2016.
Quem tem direito pode receber o valor do abono na folha de pagamento, nas agências ou caixas eletrônicos da Caixa Econômica, ou por crédito em conta (caso ela seja da Caixa). 

SÁBADO TEM FORRÓ EM SERRA DOS BOIS

Sábado de Muito Forró na Comunidade de Serra dos Bois.




Neste Sábado(4) acontecerá na comunidade de Serra dos Bois a parte profana da festa de São Pedro com Shows de: "Netinho e Forro dos Inocentes", e de "Socorro e Mazé".


Homem organiza 2º casamento com esposa após ela perder memória

Americano organiza 2º casamento com esposa após ela perder memória

Mulher sofreu acidente de carro 19 dias depois do casamento.
Casal conseguiu arrecadar dinheiro para segunda festa em campanha online.

Do G1, em São Paulo
Jeremy e Justice Stamper em foto tirada em seu primeiro casamento, em agosto de 2014 (Foto: Reprodução/ Facebook/ Jeremy Stamper)









Um norte-americano do estado de Tennessee lançou uma campanha online para angariar fundos para uma segunda festa de casamento com a sua esposa. Ele começou a planejar a celebração depois que ela sofreu um acidente de carro e lhe disse que havia perdido parte da memória, inclusive à do dia em que se casaram.
Jeremy Stamper se casou com Justice no dia 1º de agosto do ano passado. No entanto, apenas 19 dias depois, sua mulher sofreu um acidente de carro e perdeu parte da memória. Segundo Jeremy, sua mulher estava no carro parado, esperando para entrar à esquerda em uma rua, quando ele foi atingido na traseira por outro automóvel que estava a cerca de 80 km/h.

"Ela perdeu a memória de cerca de cinco semanas antes do nosso casamento, que foi quando começamos a planejar tudo. Nem sabia que éramos casados. Ela não conseguia acreditar. Eu a prometi que cuidaria dela e agora aqui estamos, no Casamento dos Stamper Parte 2", diz Jeremy na página da campanha, criada no site de financiamento coletivo "Gofundme".

Os dois pretendem se casar pela segunda vez no dia em que completam um ano de casados. Jeremy criou a campanha para arrecadar US$ 5 mil. Em um mês ele conseguiu ultrapassar a meta.

"Eu não poderia ser mais grata ao meu marido e tudo o que ele tem feito! Obrigada a todas por fazer isso possível para nós", disse Justice em um post no Facebook.

VERGONHA : Salgueiro oficializa pedido de saída da Série C do Campeonato Brasileiro


Sem dinheiro, Salgueiro oficializa pedido de saída da Série C do Campeonato Brasileiro

Presidente do clube, Clebel Cordeiro, entregou documento à FPF, que tenta achar outra alternativa até segunda-feira

Publicado em 02/07/2015, às 17h09

Elias Roma Neto

Clebel Cordeiro espera uma resolução até próxima segunda-feira / Alexandre Gondim/JC Imagem

Clebel Cordeiro espera uma resolução até próxima segunda-feira

Alexandre Gondim/JC Imagem

O Salgueiro oficializou nesta quinta-feira (2) o pedido de saída da Série C do Campeonato Brasileiro. Alegando que não tem condições de arcar com as despesas do clube, o presidente do Carcará, Clebel Cordeiro, entregou ao presidenta da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, documento para ser repassado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo Clebel, Evandro ficou de segurar o documento até a próxima segunda-feira (6) para tentar achar uma solução.

"Foi entregue às 11h da manhã ao presidente e ele pediu até segunda-feira para tentar achar uma solução. Talvez um patrocínio ou apoio do Estado. Já tentamos de toda forma possível por nossos meios e não conseguimos", disse Clebel Cordeiro, à reportagem do JC. O planejamento do Salgueiro foi prejudicado com o fim do programa estadual Todos com a Nota (TCN), que garantia cerca de 80% da sua folha salarial.
De acordo com Clebel, o clube precisa mensalmente de cerca de R$ 180 a R$ 200 mil mensais para sobreviver na Série C, valor que corresponde ao que receberia com o TCN. O presidente do Carcará também disse saber da possível punição de 2 anos sem atuar em competições estaduais e nacionais pela desistência, mas revelou "não ter o que fazer".
"Vou fazer o quê? Passei esses anos disputando a trancos e barrancos. Agora não tenho condições nenhumas de continuar desse jeito", finalizou Clebel.
A reportagem tentou contato com Evandro Carvalho, mas não obteve sucesso. 

Redução da maioridade penal é legítima e necessária, diz Alckmin

697acf419f947793ae7e365c4b3c356d

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu nesta quinta (2) a proposta aprovada na madrugada na Câmara dos Deputados, em Brasília, que reduz de 18 para 16 anos a idade para prisão em casos de crimes hediondos como estupro e sequestro, homicídio doloso (com a intenção de matar) e lesão corporal seguida de morte.

Ele afirmou que o projeto de mudança constitucional, aprovado em primeira votação, é “necessário e importante”, e que a medida defendida por ele, de alteração no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), se complementa ao texto. Ele disse ainda acreditar na aprovação da mudança do ECA pelo Congresso Nacional.

“A mudança [redução da maioridade penal para crimes hediondos] é necessária e importante. Pode ser por proposta de emenda constitucional, como votada ontem [nesta madrugada], ou a mudança do ECA. Ambas são legítimas e necessárias”, disse o governador.

O projeto do tucano não prevê alteração constitucional, somente a mudança no ECA para aumentar a internação máxima de três para oito anos -no caso de crimes hediondos e delitos equiparáveis, como o tráfico de drogas-, além da separação dos menores daqueles com mais de 18 anos.

Para Alckmin, é necessário “resposta” para casos de crimes graves cometidos por menor infrator. “O que não pode é ficar do jeito que está. A impunidade estimula os crimes. Ela deseduca. E não estava tendo uma resposta legal necessária à altura da gravidade dos crimes cometidos por esses menores”, afirmou.

Apesar disso, o tucano afirmou que a proposta de emenda constitucional pode demorar para ser colocada em prática, por questionamentos no STF (Supremo Tribunal Federal). “Nesse ponto, a mudança no ECA seria mais rápida e de aplicação imediata. A PEC é mais longa”, afirmou.
O governador paulista afirmou ainda que pediu esclarecimentos quanto à localização da ala especial onde serão colocados os adolescentes infratores de 16 a 18 anos. “Pedi para checar se será na Fundação Casa (ex-Febem) ou nas unidades do sistema penitenciário”, disse.

Ele disse que as unidades poderão ser adaptadas para receber os infratores.

VOTAÇÃO

A votação ocorreu 24 horas após uma outra proposta ser rejeitada pela maioria dos deputados. A proposta é mais branda do que a rejeitada porque excluiu a possibilidade de redução da maioridade para os crimes de tráfico de drogas, terrorismo, tortura e roubo qualificado (com arma de fogo, por exemplo).

Agora, o texto precisa ser votado em segundo turno e passar por duas votações também no Senado. O resultado foi uma manobra costurada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para reverter a derrota do dia anterior. A medida foi encarada como “golpe” por deputados opositores à proposta.

Folhapress