sábado, 5 de novembro de 2016

Gabarito do Enem será divulgado até o dia 9 de novembro


18 milhões de provas foram impressas / Foto: Bob Fabisak / JC Imagem
18 milhões de provas foram impressas
Foto: Bob Fabisak / JC Imagem
JC Online

O primeiro fim de semana de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é neste sábado (5) e domingo (6). O gabarito da primeira leva de provas, já que o exame terá mais duas datas de aplicação por conta das ocupações e dos privados de liberdade, será divulgado até o próximo dia 9, prazo máximo estipulado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais professor Anísio Teixeira (Inep).

Ao todo, 8.627.195 inscrições foram confirmadas e 18 milhões de provas foram impressas. Faltando 24 horas para o início do Enem 2016, 1,5 milhão de candidatos ainda não tinham acessado os locais de prova e não sabiam onde poderão realizar o exame.
Os candidatos devem acessar o endereço enem.inep.gov.br/participante e informar o número do CPF e senha para ver os dados.
Caso você não lembre sua senha, é possível recuperar o acesso nesta página, usando seu CPF, sua data de nascimento e outros dados pessoais, como o nome da mãe e o município de residência indicado no formulário de inscrição.
Para realizar as provas do Enem é necessário apresentar um documento de identificação original com foto. Em caso de perda, extravio, furto ou roubo de documento de identificação, o participante deve apresentar o Boletim de Ocorrência com data de, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame.

São aceitos os documentos:

Cédulas de identidade (RG), emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal;
Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;
Identificação fornecida por Ordens ou Conselhos de Classe, que, por lei, tenham validade como documento de identidade;
Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), emitida após 27 de janeiro de 1997;
Certificado de Dispensa de Incorporação;
Certificado de Reservista;
Passaporte;
Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;
Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

Horário das provas

Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h (horário oficial de Brasília/DF). As provas terão início às 13h30 (horário oficial de Brasília/DF). Após o fechamento dos portões, os participantes deverão aguardar em sala de provas até que seja autorizado o seu início às 13h30, após procedimentos de verificação de segurança, sob pena de eliminação do exame.
No primeiro dia, os feras realizam as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
Tempo disponível: 4 horas e 30 minutos
No segundo dia, as provas são de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias.
Tempo disponível: 5 horas e 30 minutos
O Enem será aplicado ainda nos dias 3 e 4 de dezembro, para cadidatos que fariam as provas nos locais ocupados, e nos dias 13 e 14 de dezembro, para os privados de liberdade.

Morre aos 75 anos o ex-prefeito e ex-deputado Augustinho Rufino

 

 Faleceu na manhã deste sábado (05), o ex-prefeito e ex-deputado, Augustinho Rufino de Melo. Augustinho tinha 75 anos de idade e tentava se recuperar após ter tido complicações depois de uma cirurgia de coração, realizada no último mês de abril.

Augustinho foi prefeito de Santa Cruz do Capibaribe entre os anos de 1983 e 1988. Ele faleceu em sua residência no Recife.

Pernambuco ainda não tem recursos para pagar 13º salário


miltom

O secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho, admitiu que o Estado ainda não reuniu dinheiro suficiente para pagar o 13º salário dos servidores estaduais. “Nós não estamos ainda com todos os recursos garantidos para o pagamento do 13º desse ano. São mais de R$ 2 bilhões que precisamos ter para pagar até o fim do ano e esse esforço ainda está sendo feito”, disse.

Paralisação dos servidores

A declaração foi dada durante entrevista ao quadro Passando a Limpo, em que o secretário comentava a paralisação de 24h decretada por parte dos servidores estaduais para esta sexta. O secretário questiona movimento da categoria, critica dirigentes sindicais e lamenta mobilização. “Nós estamos fazendo em Pernambuco um esforço incomum para manter os salários em dia, mas os servidores não atentaram ainda para o tamanho da crise do país, estão querendo aumento de salário num momento que a luta do estado deveria ser pagar os salários em dia”.

Continua…


Sobre cortes no ponto

O secretário de Administração Milton Coelho ainda acrescenta: “Se a gente olhar pro lado e vir à situação do país, quem é servidor público e está recebendo em dia está num paraíso”. Ouça a entrevista completa:
Sobre cortes no ponto

O secretário de Administração também comentou a possibilidade de desconto nos salários de quem aderiu à paralisação. “Estamos analisando junto com a Procuradoria do Estado essa decisão do Supremo. Não vamos poder nos furtar de cumprir a lei, vamos tomar sempre as medidas que forem cabíveis pra manter o funcionamento daqueles serviços que o estado tem que prestar para a população”, disse.

Corte de gastos

Para Milton Coelho, “o Governo de Pernambuco tem tomado diversas medidas de enxugamento, mas já é um estado muitíssimo enxuto”. Comparando com o enxugamento que está sendo proposto no Rio de Janeiro, o secretário reafirmou que “esse enxugamento vem sendo feito há muito tempo”. “O que temos feito é melhorar os gastos. Estamos trabalhando para a manutenção dos direitos dos servidores, garantir pagamento em dia”, disse.  (Jornal do Commercio)

Ministro diz que governo não vai recuar em PEC dos Gastos e MP do Ensino Médio



1052780-1-ebc_04-11-2016-4973

O ministro da Educação, Mendonça Filho, defendeu o posicionamento do governo nas questões da proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos e da medida provisória (MP) que reforma o ensino médio no país. As duas pautas são as principais críticas dos estudantes que ocupam escolas em diversos estados e que motivaram as ocupações, mas o ministro não deu sinais de um possível recuo nessas questões.

Em entrevista concedida ontem (4) ao programa A Voz do Brasil, Mendonça Filho disse, em relação à PEC dos Gastos Públicos, que será estipulado um teto global, e não específico para cada área. Segundo o ministro, a medida será importante para reequilibrar as contas públicas e retomar o crescimento – assim como explicou, em outras ocasiões, o presidente Michel Temer.

“Há muita desinformação, na sua esmagadora maioria, com relação à PEC. Ela veio para reequilibrar o Orçamento público, devolver a capacidade de investimento ao Estado brasileiro, fazer com que o Brasil volte a crescer gerando empregos e aumentando a capacidade de investimento em educação e saúde”

Alguns municípios de Pernambuco podem ter mudanças nas Eleições Majoritárias


3129220e-9301-447b-a1a5-accf552079cb-1

Os municípios de Amaraji, Belo Jardim, Cabrobó, Ipojuca, Jataúba, Chã de Alegria, Cortês, Santa Filomena, Água Preta, Cabo de Sto. Agostinho, Carnaubeira da Penha, Casinhas, Cumaru, Dormentes, Gravatá, Ipubi, Riacho das Almas estão com as Eleições Majoritárias pendente de decisão final. Dos 17 municípios, 13 processos estão deferidos com recurso, desses 13, seis já estão em Brasília. Os municípios citados ainda dependem de julgamento final com trânsito em julgado, com destaque as quatro cidades onde o candidato com maior votação encontra-se com o registro indeferido e com recurso tramitando. Caso seja confirmada a situação pelo Tribunal Superior Eleitoral, poderá haver outras Eleições.


Os quatro municípios que estão com processos indeferidos com recurso onde o candidato eleito tem mais votos que o segundo lugar são: Belo Jardim, Jataúba, Ipojuca e Cabrobó. Desses, apenas o processo referente a Ipojuca já está em Brasília. Os outros três ainda estão pendentes no TRE-PE. “A estimativa é que até o final deste mês todos sejam julgados no TRE-PE. Nosso objetivo é que ninguém em dezembro deixe de ser diplomado por problemas judiciais”, afirmou o presidente do TRE-PE, desembargador Antônio Carlos Alves da Silva. Ele lembra que a responsabilidade pela posse dos candidatos (prefeitos e vereadores) é da Câmara Municipal de cada cidade. 
Em novembro já foram marcadas sete sessões da Corte do TRE-PE. “São várias sessões longas, das 9 h às 15 h, inclusive teve uma onde ficamos das 9 h às 01 h do dia seguinte. Nossos desembargadores e servidores são comprometidos e dedicados”, destaca Antônio Carlos. Caso exista necessidade, sessões extras podem ser marcadas.
Fonte: Site oficial do TRE- PE

ADOLESCENTE MORRE EM GRAVE ACIDENTE DE MOTO


acidente-com-vitima-fatal-caruaru-agreste-violento-2Um jovem perdeu a vida vítima de um grave acidente motociclístico na tarde desta sexta-feira (04) próximo ao Sest/Senat, no anel viário de Caruaru. Augusto Cesar Chaves Barreto Silva, de 15 anos, que morava na Rua Cabofriense, no Loteamento São José, trabalhava no Atacadão e após a jornada de trabalho voltava para casa guiando a moto do pai em alta velocidade e acabou perdendo o controle e sobrou na curva que é uma espécie de muro de pedra e por estar com o capacete aberto se chocou de cabeça numa pedra.
acidente-com-vitima-fatal-caruaru-agreste-violento-1O técnico em enfermagem Adriano do Samu, informou que foram acionadas quatro equipes três do Samu e uma do Corpo de Bombeiros, que prestaram os primeiros socorros no local e levaram o jovem ao Hospital Regional do Agreste, mas apesar de todo o empenho o adolescente não resistiu e faleceu alguns minutos depois.
O corpo do menor foi encaminhado para o IML local.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Enem deve ser suspenso em todo o País, pede MPF


PINT9525 SÃO PAULO 12/09/2009 VIDA & PONTO EDU  Simulado ENEM  ETAPA/ESTADÃO no Colégio Etapa
PINT9525 SÃO PAULO 12/09/2009 VIDA & PONTO EDU Simulado ENEM ETAPA/ESTADÃO no Colégio Etapa

Estadão

O Ministério Público Federal do Ceará (MPF-CE) pediu, ontem, a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), previsto para sábado e domingo próximos. O procurador da República Oscar Costa Filho, autor do pedido, argumenta que o adiamento da prova para mais de 190 mil candidatos fere o princípio da isonomia.

Anunciado esta semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o adiamento foi provocado pela ocupação nas escolas onde 191 mil alunos deveriam fazer as provas.

O problema, segundo o procurador, estaria no fato de não poder ser aplicada a teoria da resposta ao item (TRI) à prova de Redação, prejudicando a igualdade entre os concorrentes. “As provas objetivas seguem a TRI, o que equilibra as chances. Mas as redações não. Isso prejudicaria os candidatos. Logo a Redação que, muitas vezes, decide a classificação”, sustenta o procurador.

Sete delegados da Polícia Civil investigarão crimes contra bancos e carros-fortes


explosoes

A onda desenfreada de investidas criminosas contra agências bancárias em Pernambuco tem levado medo a clientes e funcionários dessas instituições e aos moradores das cidades que sofrem os ataques. A polícia, por mais que tente fazer sua parte, ainda não tem conseguido dar um freio nesse tipo de crime. Uma nova estratégia, no entanto, foi traçada pela chefia da Polícia Civil de Pernambuco. O delegado Antônio Barros anunciou ontem que subirá de três para sete o número de delegados no estado dedicados às investigações de crimes contra agências bancárias e carros-fortes.

Agora, além dos três delegados da Delegacia de Repressão ao Roubo, do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), mais quatros investigadores e suas equipes estarão dedicados a esse tipo de investigação. “Farão parte desse grupo dois delegados da Diretoria Integrada do Interior (Dinter) 1, que são responsáveis pela área da Zona da Mata e do Agreste, e mais dois delegados da Dinter 2, que atuam em delegacias da região do Sertão. Todos os delegados e suas equipes receberão suporte do serviço de inteligência da SDS e da Polícia Civil”, destacou Barros.

Bloqueio do WhatsApp será discutido em audiência do STF


zap

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai discutir em uma audiência pública os bloqueios judiciais do aplicativo WhatsApp.

O ministro Luiz Edson Fachin participará da sessão que, ainda não foi marcada oficialmente no calendário do tribunal.

Fachin, relator de ação sobre o tema, quer entender se há possibilidade de quebrar o sigilo de mensagens do app.

Os administradores do WhatsApp, segundo o Estadão, alegam que, por conta da criptografia utilizada, é impossível ter acesso às mensagens. Só em 2016, o app foi bloqueado em todo o país por conta de ações judiciais. (Edenevaldo Alves)

Homem é assassinado ao lado da Praça dos estudantes, em Santa Cruz do Capibaribe

Um assassinato aconteceu no início da noite desta quarta-feira (02), em Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com as primeiras informações, a vítima é um homem identificado como Saulo Henrique Silva, de 28 anos, o qual foi assassinado com um tiro na cabeça, na Avenida 29 de Dezembro, próximo à praça dos estudantes, no Centro da cidade.

Saulo era ex-presidiário e estava em liberdade há pouco tempo.

A polícia fez os procedimentos legais no local e o corpo foi encaminhado ao IML de Caruaru.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Outubro teve 81% de homicídios praticados com armas de fogo

Revólver foi aprendido no Presídio frei Damião de Bozzano (Foto: Ascom/Seres)Armas de fogo foram usadas na maioria dos crimes de outubro de 2016 (Foto: Ascom/Seres)
Dados registrados pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) mostram que, em outubro deste ano, 81,11% dos assassinatos foram cometidos com armas de fogo. O mês teve o maior número de homicídios desde 2008, de acordo com registros feitos na segunda-feira (1º) na primeira parcial divulgada pela SDS.

Entre os dias 1º e 28, a SDS notificou 399 crimes contra a vida. Nesta quinta-feira (3), no site da pasta, os responsáveis pelas estatísticas acrescentaram os 14 assassinatos notificados  apenas no dia 29. Assim, na nova parcial de outubro, é possível contar 413 homicídios. E ainda faltam dados de mais dois dias.
Tomando como base os 413 crimes contra a vida, a SDS informa que houve, em outubro de 2016, 335 assassinatos cometidos com revólveres, pistolas e espingardas. Os outros 78 homicídios foram praticados com armas brancas, como facas, facões ou foices, ou outros tipos de objetos. Entre eles, foi notificado até um veículo.
Os registros da secretaria mostram, ainda, que as vítimas são em sua maioria homens: 94%. Trinta e três dos 413 crimes foram cometidos contra menores de 18 anos, o que representa 8% do total.
Nas estatísticas, a SDS também informa a cor da vítima e revela que 397 pessoas assassinadas eram consideradas pardas. Isso representa 96%. Há apenas 10 registros de mortes de brancos e quatro de negros. 
Em relação ao local dos assassinatos no mês mais violento do ano, até agora, a SDS contabilizou 148 mortes violentas no Grande Recife. Os 14 municípios da Região Metropolitana, onde vivem quase 4 milhões de pessoas, registraram 35,8% dos assassinatos de Pernambuco, no período.
Pacto pela Vida
Em outubro, o comando da SDS foi trocado. O secretário Alessandro Carvalho deixou a pasta e virou assessor especial do governador. O novo titular, o delegado da Polícia Federal Angelo Fernandes Gioia, assumiu o cargo com a meta de reduzir os índices de violência em Pernambuco.
Quando chegou ao Recife, o novo secretário afirmou, em entrevista, que o Pacto pela Vida é um instrumento importante para o combate ao crime. Gioia disse também, em outra ocasião, que, para conter a criminalidade, a primeira estratégia a ser adotada pelo poder público seria dar mais celeridade às investigações de crimes como assassinatos e explosões de banco. A partir deste mês, por exemplo, Pernambuco passou a ter sete equipes de combate a roubos e furtos, quatro a mais que as existentes até então.
A SDS informou, por meio de nota, que está tomando medidas que devem impactar na segurança pública do estado nos próximos meses. Entre elas está o fato de que o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil passou a atuar, juntamente com a Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no trabalho de investigação de homicídios, contando assim com mais oito equipes para investigar esses crimes.
A secretaria apontou que está também trabalhando na reorganização das jornadas extras dos policiais, com ampliação dos plantões e reforço do policiamento nos horários com maior índice de homicídios, além da redistribuição de efetivo, transferindo para as ações operacionais os policiais que atuavam em atividades administrativas. O município de Jaboatão dos Guararapes deve ganhar um segundo batalhão de Polícia Militar ainda neste ano.
Na nota, o órgão destacou ainda que, de setembro a outubro, foram concluídos 2.227 inquéritos de homicídios, contra 1.861 no mesmo período de 2015; foram cumpridos no mesmo período 4.153 mandados. Nos nove primeiros meses do ano, foram também concluídos 20.628 inquéritos dos demais crimes, tais como os que envolvem drogas, roubos, furtos, apreensão de armas, Maria da Penha, "o que representa um aumento de 13% em relação ao mesmo período de 2015 (18.254)".

Grave acidente na 232

Aconteceu um grave  acidente na manhã de quarta-feira (2/11), próximo a Malhada, na BR-232, área rural de Arcoverde/PE envolvendo um carro de passeio e uma motocicleta deixou uma vítima fatal e quatro feridas. moto-acidente-fatalDe acordo com a PM, os feridos trafegavam em um veículo Gol, de placa HLG-4481 quando houve a colisão numa moto de placa KLG-7956, vindo o piloto da motocicleta falecer no local.


A vítima, Josemir Monteiro Ferreira, de 62 anos, conhecido por “Galego”, era casado, marceneiro e morava na Rua Edlo Simões da Rocha, bairro São Miguel em Arcoverde. Os ocupantes do outro veículo foram socorridos pelo efetivo do Corpo de Bombeiros para o hospital local, onde ficaram em observação médica. A Polícia Civil foi comunicada do ocorrido e adotou as devidas providencias legais.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Vídeo mostra momento em que mulher de vereador é morta a facadas

02 de Novembro - Dia de Finados


No dia 02 de novembro, na maior parte dos países ocidentais, ocorre um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã católica, isto é, o Dia de Finados. Essa data tem por objetivo principal relembrar a memória dos mortos, dos entes queridos que já se foram, bem como (para os católicos) rezar pela alma deles, haja vista que, de acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no Purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão, a alma necessita de orações dos vivos para que intercedam a Deus pelo sofrimento que as aflige. Nesse contexto, o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de todas as Almas”, dia esse que sucedia o “Dia de todos os Santos” (comemorado no dia 1º de novembro).

Desde a época do cristianismo primitivo, que se desenvolveu sob as ruínas do Império Romano, que os cristãos rezavam por seus mortos, em especial pelos mártires, onde estes eram frequentemente enterrados: nas catacumbassubterrâneas da cidade de Roma. O costume de rezar pelos mortos foi sendo introduzido paulatinamente na liturgia (conjunto de rituais que são executados ao longo do ano) da Igreja Católica. O principal responsável pela instituição de uma data específica dedicada à alma dos mortos foi o monge beneditino Odilo (ou Odilon) de Cluny.



Odilo (962-1049) tornou-se abade de Cluny, em Borgonha, na França, uma das principais abadias construídas no mundo medieval e responsável por importantes reformas no clero no período da Baixa Idade Média. Em 02 de novembro de 998, Odilo instituiu aos membros de sua abadia e a todos aqueles que seguiam a Ordem Beneditina a obrigatoriedade de se rezar pelos mortos. A partir do século XII, essa data popularizou-se em todo o mundo cristão medieval como o Dia de Finados, e não apenas no meio clerical.

Apesar do processo de secularização e laicização que o mundo ocidental tem passado desde a entrada da Modernidade, o dia 02 de novembro ainda é identificado como sendo um dia específico para se meditar e rezar pelos mortos. Milhões de pessoas cumprem o ritual de ir até os cemitérios levar flores para depositar nas lápides em memória dos que se foram; outras levam também velas e cumprem os rituais mais tradicionais, como orações, cânticos etc.     (Por Me. Cláudio Fernandes)



Novembro Azul: câncer de próstata mata um homem a cada 40 minutos no Brasil


novembro

A edição deste ano da campanha Novembro Azul vai ampliar sua abordagem – com o mote “De novembro a novembro azul – movimento permanente pela saúde integral do homem”, a ação vai orientar sobre o câncer de próstata e também alertar os homens sobre a importância de cuidar da saúde.

Criada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, a campanha visa orientar a população masculina sobre o câncer de próstata. A doença figura como o segundo tipo de câncer mais comum entre homens, com mais de 13 mil mortes anuais – uma a cada 40 minutos. Mais de 61 mil novos casos devem ser registrados no país em 2016, segundo o Instituto Nacional do Câncer.

A proposta do instituto este ano é, com a campanha já consolidada no Brasil, passar a alertar sobre os cuidados com a saúde integral do homem, mobilizando a população masculina para que se torne protagonista de sua história e responsável por sua própria qualidade de vida, em diferentes fases da vida.

Luto : Faleceu hoje Arnaldo Pereira ( Piolho Motorista )



Na manhã de hoje (02), Dia de Finados, faleceu  Arnaldo Pereira de Araújo, mais conhecido como "Piolho Motorista". As  informações dão conta que, Arnaldo vinha a algum tempo com problemas de saúde, e estava internado na UTI, e faleceu na manhã de hoje , após sofrer de um AVC ( Acidente Vascular Cerebral).
 
Arnaldo trabalhou como motorista de vários prefeitos de Taquaritinga, entre eles : Zeca, Jânio Arruda, Erivaldo, e do atual Evilásio Araújo. 

O seu corpo está sendo velado no Velório Municipal, e será enterrado amanhã as 08hrs da manhã.
 
 
 
 
 

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Preso e identificado acusado de matar esposa de Marcílio Pires


 
 
 
Esta é a primeira foto do acusado. Na fuga, ele deixou a camisa ensanguentada usada no crime e vestiu uma camisa da Soferro, mas não trabalhava na empresa.

Acusado foi identificado como José Tenório, o “Zé Galego”, residente em Afogados

Acaba de ser preso o acusado do homicídio contra Érica de Souza Leite, 30 anos, conhecida por Paulinha, esposa do vereador eleito e odontólogo Marcílio Pires.

Ele foi capturado por policiais militares com apoio da Polícia Civil, Guarda Municipal e populares que ajudaram nas buscas. As primeiras informações confirmam que tata-se de José Tenório, o Zé Galego, residente no Bairro Borges, Afogados da Ingazeira.

Ele está sendo interrogado neste momento na Delegacia de Afogados da Ingazeira pelos Delegados Germano Ademir e Thiago. O Delegado Regional Jorge Damasceno dá suporte ao caso.

Segundo o blog apurou de uma fonte, a primeira versão de Zé Galego é a de que a vítima o devia uma importância em dinheiro. A polícia não acredita na versão. Zé Galego morava na Rua da Igreja, Borges, amolava em uma oficina sem muitos recursos ferragens, como enxadas e outras ferramentas. Não tinha passagem pela polícia.

O acusado foi encontrado próximo ao Sítio Oitis, no caminho de Solidão. Um esquema de segurança está sendo montado para evitar que ele seja linchado. Agora, além de confirmar sua identidade, a polícia quer saber motivação do crime ou se agiu a mando de alguém. Érica foi morta a facadas, uma delas, fatal, no pescoço e não resistiu.

O crime aconteceu entre e 9 e meia e dez da manhã, pouco depois que ela chegou em casa da Academia e Dr Marcílio havia deixado sua casa para trabalhar em Afogados da Ingazeira.

O homem tocou a campainha. Quando ela abriu a porta, foi atacada por ele. Imagens de uma Câmera de segurança próxima ao local indica que a vítima lutou até o fim pela vida, até ser atingida com uma facada no pescoço e desfalecer. Paulinha já deu entrada no Hospital de Tabira sem vida. O vídeo bate com relato da Diretora do Hospital Maria José, Zeza, com base nos relatos do médico Jamerson, pois também havia lesão dos braços, típicas de quem se defende do agressor.



Os indícios seriam de crime de encomenda ou premeditado, segundo o Capitão André Magalhães, do 23º BPM. Dr Marcílio chegou no final da manhã a Tabira.

Ele soube em Afogados, onde estava prestando atendimento. Eles tinham uma filha. Érica ainda era mãe de uma outra garota, de um primeiro relacionamento.

Tragédia em Tabira: esposa de vereador é assassinada!



Foi assassinada esta manhã em Tabira, a esposa do vereador eleito Marcílio Pires. Érica de Souza Leite, 30 anos, conhecida por Paulinha, foi morta a facadas por um homem ainda não identificado. Ele teria sido atingida por uma facada no pescoço e não resistiu.

Ainda não há muita riqueza de detalhes sobre o episódio, mas as primeiras informações começam a chegar. Há grande movimentação de viaturas na cidade. Segundo Anchieta Santos ao programa manhã Total, entre 9 e meia e dez da manhã, ela chegou em casa da Academia.

Um homem não identificado tocou a campainha. Quando ela abriu a porta, foi atingida com uma facada no pescoço. Paulinha já deu entrada no Hospital de Tabira sem vida. Segundo a professora Maria José, Zeza, Diretora do Hospital, com base nos relatos do médico Jamerson, os indícios são de que ela tentou se defender, pois também havia lesão dos braços.

O criminoso teria saído do local caminhando. Os indícios seriam de crime de encomenda ou premeditado, segundo o Capitão André Magalhães, do 23º BPM. Dr Marcílio chegou no final da manhã a Tabira. Ele soube em Afogados, onde estava prestando atendimento. Eles tinham uma filha. Érica ainda era mãe de uma outra garota, de um primeiro relacionamento.


Paula e Marcílio, em foto de arquivo

Em abril de 2015, o odontólogo, que é Major reformado da PM e já foi diretor do HR Emília Câmara, havia se queixado de ter sua vida violada em uma rede social. A cidade está em choque.

A polícia já iniciou as investigações em torno do caso. Até um helicóptero deve ser utilizado nas buscas. A polícia acha que, pela idade aparente do suspeito, ele não deve resistir ao forte calor durante a fuga.

O medo é de que populares tentem fazer justiça com as próprias mãos, pois há interesse em tê-lo com vida para chegar ao possível mandante ou saber motivação do crime. Ele teria deixado uma camisa ensanguentada pelo caminho e estaria usando outra, furtada em uma residência.
Paula, quando completou 30 anos em abril: morte choca Tabira

Uma chapa que pode preocupar o Palácio em 2018


image

Edmar Lyra

Nem bem terminaram as eleições de 2016 e o meio político pernambucano já traça cenários para as próximas eleições daqui a dois anos onde estarão em jogo o governo de Pernambuco, a vice-governadoria e duas vagas de senador, e mesmo o PSB emplacando setenta prefeituras dentre elas Recife e Petrolina, há quem duvide da manutenção da hegemonia do partido caso haja a construção de uma coligação a fim de desbancar o PSB.

Na chapa que seria encabeçada pelo ministro das Cidades Bruno Araújo (PSDB) poderia ter como senadores o ministro da Educação Mendonça Filho (DEM) e o atual senador Armando Monteiro (PTB), já para o posto de vice-governador há quem aposte no ministro de Minas e Energia Fernando Filho, atualmente no PSB de Paulo Câmara, que seria obrigado a buscar uma outra legenda para se abrigar.

Essa coligação também receberia o PTdoB do deputado federal Silvio Costa, o PPS do ministro da Defesa Raul Jungmann, o Solidariedade do deputado federal Augusto Coutinho, o PTN de Ricardo Teobaldo e o PRB do deputado estadual Silvio Costa Filho, que hoje é líder da oposição na Alepe. Uma frente que teria oito partidos e provavelmente o partido do ministro Fernando Filho que neste caso sairia da sigla que está filiado, teria boas chances de aglutinar cerca de dez legendas e iniciar uma partida significativa para a guerra pelo Palácio do Campo das Princesas que seria travada contra o PSB.

Continua…


Além de contemplar os quatro ministros de Temer, integrariam essa coligação atores importantes como o prefeito de Petrolina Miguel Coelho, a prefeita de Caruaru Raquel Lyra, o prefeito de Olinda Professor Lupércio, os ex-governadores João Lyra Neto, Gustavo Krause e Joaquim Francisco, os deputados federais Ricardo Teobaldo, Daniel Coelho, Betinho Gomes, Zeca Cavalcanti, Jorge Côrte Real, Adalberto Cavalcanti, além de nomes como João Fernando Coutinho e Marinaldo Rosendo que hoje estariam insatisfeitos com os rumos do PSB no estado e estudam migrar para outra sigla.

Esta chapa teria dois políticos em ascensão no estado e no país e dois políticos que já disputaram o governo em ocasiões anteriores, mas que mantêm sua representatividade no estado e no país. Sem sombra de dúvidas tiraria o sono do governador Paulo Câmara e do PSB, que sem Eduardo Campos para chamar o feito a ordem, tem encontrado dificuldades de condução política no estado.

Funase – O governador Paulo Câmara escolheu o advogado Roberto Franca como o novo presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). A nomeação será publicada, nesta terça-feira, no Diário Oficial do Estado. “Franca tem uma larga experiência no serviço público, na área de Direitos Humanos e Justiça, e acredito que é a pessoa certa para realizar uma reformulação imprescindível na Funase”, afirmou o governador de Pernambuco.

Coletiva – Após ser derrotado pelo deputado estadual Professor Lupércio (SD) pela prefeitura de Olinda, o advogado Antônio Campos marcou para hoje uma coletiva a partir das 16 horas no Hotel Samburá em Olinda. Fica a expectativa do que será dito pelo irmão de Eduardo Campos, que se antes das eleições já se queixava do abandono do PSB na disputa pela prefeitura.

Mandato – Com a vitória do Professor Lupércio para prefeito de Olinda abrirá uma vaga na Alepe para o primeiro suplente da coligação SD/PTN/PV/PRTB que é o vereador reeleito do Recife Jadeval de Lima (PDT) que obteve 17.491 votos em 2014, caso ele aceite assumir por dois anos o suplente Eduardo Chera (PDT) herda seu mandato na Câmara do Recife, caso prefira continuar vereador, assume Anderson Aquino (PRTB), que é médico, tem 41 anos e foi candidato a prefeito de Ouricuri, ficando em quarto lugar.

Evangélicos – Apenas na Região Metropolitana do Recife nada menos que cinco dos quatorze prefeitos eleitos são declarados evangélicos. São eles: Demóstenes Meira (Camaragibe), Anderson Ferreira (Jaboatão dos Guararapes), Professor Lupércio (Olinda), Pastor Marcos (Abreu e Lima) e Zé de Irmã Teca (Itapissuma). A meta agora é ampliar a representatividade do segmento nas próximas eleições.

RÁPIDAS

Bombeiro – O vice-presidente do PSB Luciano Vásquez, que foi secretário da Casa Civil de João Lyra Neto, será desginado pelo Palácio do Campo das Princesas para restabelecer a relação entre o governador Paulo Câmara e a prefeita eleita de Caruaru Raquel Lyra após vários episódios hostis do Palácio a Raquel.

Vice – Caso se confirme a candidatura de Geraldo Alckmin para a presidência da República onde o PSB herdaria o governo de São Paulo com Márcio França, há quem aposte que o partido de Paulo Câmara ficaria com a vice de Alckmin, dentre os nomes cotados estariam Renata Campos, Ana Arraes, Fernando Bezerra Coelho e Geraldo Julio.

Inocente quer saber – A relação entre Paulo Câmara e os ministros pernambucanos voltará a ser como antes?

“O PSB trabalhou contra, o tempo todo”, diz Antônio


17360947580004753650000

Danielle Romani e Patrícia Raposo, da Folha de Pernambuco

Um dia após o resultado do segundo turno ser divulgado, o advogado Antônio Campos, que concorreu à Prefeitura de Olinda pelo PSB, fez um desabafo: revelou que foi abandonado pelo seu partido, que – segundo suas palavras – desde as pré-convenções tentou retirá-lo da disputa.

“O PSB tentou, várias vezes, desestabilizar minha campanha”, afirmou Campos, em entrevista exclusiva à Folha de Pernambuco. Ele também destacou que o apoio do governador Paulo Câmara foi inexistente no 1º turno e formal no 2º. “Sequer recebi um telefonema do Palácio depois das eleições”, contou. Ele criticou, ainda, a postura do partido em relação à candidatura de Raquel Lyra (PSDB), em Caruaru, classificando-a  de “um equívoco”. Comentou sobre a ausência da cunhada e correligionária Renata Campos no seu palanque e lembrou que, apesar de não ter vencido as eleições olindenses, se considera vitorioso pelos 90.558 votos obtidos. Um resultado, ressalta, que alcançou “sozinho”. Campos assegura que é candidato em 2018 e que não vai deixar o PSB. “Nasci e vou continuar na política”, disse. Confira abaixo.

Continua…


Como o senhor avalia o resultado das eleições em Olinda?

Saímos vitoriosos dessa campanha. Demonstramos força e criamos um sentimento de esperança ao povo olindense, tão castigado nos últimos 16 anos. Ir ao 2º turno com 90.558 votos, tendo chegado a esse resultado praticamente sozinho, demonstra que nosso projeto inovador para a cidade com ideias, propostas e soluções reais, nos deu uma verdadeira vitória política. Desde o início, sabia das dificuldades que iria enfrentar e minha candidatura já era para também testar o pretenso campo aliado. Estamos numa época de resistência e aprendi com meu pai que “vencer é a própria capacidade de resistir”. Quando Arraes foi candidato em 1998, muitos não entenderam, ante as dificuldades eleitorais e políticas da época. No entanto, talvez isso tenha propiciado a eleição de Eduardo Campos co­mo governador em 2006.

O senhor contou com o apoio do PSB estadual nessas eleições?

O PSB estadual durante o período pré-convenção tentou, várias vezes, desestabilizar a minha candidatura. A fragmentação das candidaturas no 1º turno teve o apoio de setores expressivos do Palácio do Governo. Um dos prêmios de Augusto Coutinho foi ter a Junta Comercial de Pernambuco. Não tenho um cargo no Governo de Paulo Câmara. O Governador não foi no 1º turno e fez um apoio formal no 2º turno. O PSB Estadual trabalhou contra o tempo todo. Isso se deve a não querer o surgimento de uma força nova nos quadros do PSB. Sequer recebi um telefonema do Palácio após o resultado das eleições. É o mínimo de elegância, até porque em nenhum momento ataquei o PSB e o governador nas eleições.

E a vitória do Professor Lupércio, como o senhor encarou?

Não enfrentei Lupércio, mas a máquina do PCdoB e forças expressivas do PSB Estadual, que propiciaram sua candidatura no 1º turno e o ajudaram nos bastidores no 2º turno. As poucas participações do PSB estadual em Olinda foram formais.

Por outro lado, não deu tempo em uma eleição curta, no 2º turno, de desconstruir o discurso do adversário, que desqualificou o debate para assuntos co­mo “filho de Olinda x forasteiro”, “rico x pobre”, as mis­tificações nas redes sociais e os boatos na periferia de Olinda.

Houve um excesso de judicialização na campanha?

Acho que não. Algumas vezes tivemos que recorrer à Justiça para frear ataques e baixarias e para denunciar fatos. O Professor Lupércio terminou sua campanha tendo declarado à Justiça Eleitoral ter arrecadado R$ 151.780,00 e gasto R$ 88.701,99, o que é objeto de investigação eleitoral. Ele pode até o dia 19 de novembro fazer a prestação de contas final, mas tal postura mostra a falta de transparência na sua campanha e seu volume de propaganda de rua é incompatível com esses gastos a olhos vistos.

Pretende ser oposição em Olinda? Como?

Estou decidido a continuar a fazer política em Olinda. Olinda abre um novo ciclo nessa eleição e serei um dos líderes de uma oposição responsável na cidade, vigilan­te. Sempre estarei ao la­do das melhores causas de Olinda. Olinda é uma cidade desafiadora para se administrar ante a situação em que se encontra e espero que o Professor Lupércio e as forças que o apoiaram cumpram com as promessas que fizeram durante as eleições.

O senhor continuará na política?

Nasci nela e continuarei na política. Sou candidato em 2018. Não vou sair do PSB, inclusive vou participar das eleições nacionais em novembro de 2017. Esse partido foi construído, em grande parte, pelo meu avô e tenho a honra de presidir o Conselho Deliberativo do Instituto Miguel Arraes, por convocação da minha avó Magdalena Arraes, cujo centenário de nascimento de Arraes celebramos esse ano. Teremos uma programação extensa de comemoração ao centenário, em dezembro.

O senhor é candidato a quê?

Na hora certa falarei (risos)

E o resultado das eleições do PSB no Estado?

O PSB precisa rever algumas posições. A eleição de Raquel Lyra, em Caruaru, mostra, ao meu ver, um dos equívocos da postura adotada pelo PSB nessas eleições, como também a retirada de Pedro Mendes da vice em Ipojuca, que ajudou a derrotar Carlos Santana. O PT perdeu a eleição no Recife. Em Jaboatão e no Cabo, o PSB errou também.

A ausência de Renata Campos e de João Campos foi visível. O que houve?

Acho que Renata Andrade Lima Campos não foi grata comigo. Fui um irmão leal. Fui o cidadão que mais defendeu Eduardo Campos no famoso caso dos precatórios, tendo coordenado sua defesa jurídica, e sofrido muito, pessoalmente, com o episódio, ante uma grande perseguição de Jarbas à época, mesmo não tendo participado do caso. As mesmas forças que atacaram duramente Eduardo, tiveram o apoio de pessoas da minha família, agora, na eleição em Caruaru, enquanto me abandonaram. Essa é uma história que remonta há muito tempo, ela jamais gostou dos Campos, inclusive do meu pai, mas a perdoo e desejo muita paz a ela, que comanda muito a política do PSB no Estado, sem querer aparecer ostensivamente. A perda de Eduardo, aos 49 anos, é muito duro para todos da família e deveria ensinar mais humildade e humanidade. Quanto a João Campos, ele é um dos sucessores de Eduardo Campos, inclusive já disse isso diversas vezes. Pedro Campos, seu irmão, é um grande talento também, por exemplo. Não disputo esse espaço. Apenas digo que Eduardo é meu único irmão e reproduzo um depoimento dele, em vídeo. Sou um Campos Arraes na política e deve haver espaços para todos, não deveria haver discriminações ou perseguições.

E sobre a postura e importância da sua mãe, Ana Arraes, nessas eleições?

A minha mãe, pelo cargo que exerce, não pode participar da campanha eleitoral. Mas o grande nome político e ligação política da família Campos e Arraes é Ana Arraes, filha de Miguel Arraes, mãe de Eduardo Campos, que viveu o período difícil da ditadura, foi eleita por duas vezes deputada federal e é ministra do TCU, que poderá se aposentar e voltar à política.

O seu 1º resultado eleitoral lhe deixa desanimado?

Eduardo Campos perdeu a eleição para prefeito de Recife, em 1989, disputando com Jarbas Vasconcelos, obteve apenas 3% de votos e nem por isso desanimou e foi duas vezes governador de Pernambuco. Vejo o futuro com fé e esperança. Resistir é uma forma de ação hoje

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Deputados se elegem prefeitos e provocam mudanças na Assembleia


Dos 49 parlamentares, sete foram eleitos e serão substituídos por suplentes. Renovação na Assembleia Legislativa de Pernambuco pode chegar a 16%.
Do G1 PE
Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) (Foto: G1)Assembleia Legislativa de Pernambuco (Foto: G1)
Após a divulgação do resultado das eleições municipais deste ano, a composição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) passa por algumas mudanças. Dos 49 deputados estaduais, sete se elegeram prefeitos e, a partir de 2017, deixam a Casa, sendo substituídos pelos suplentes. A renovação pode chegar a 16%.

Outro fator que pode alterar o quadro da Casa Joaquim Nabuco é a nomeação de parlamentares para secretarias do Poder Executivo. Além disso, ainda há resultados dos pleitos pendentes em 11 cidades. Por isso, só será possível definir a configuração da Alepe depois que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) anunciar a lista final dos prefeitos eleitos em 2016.
Em janeiro do próximo ano, os parlamentares Aglailson Júnior (PSB), Ângelo Ferreira (PSB), Botafogo (PDT), Lula Cabral (PSB), Miguel Coelho (PSB), Professor Lupércio (Olinda) e Raquel Lyra (PSDB) assumem, respectivamente, a gestão dos municípios de Vitória de Santo Antão, Sertânia, Carpina, Cabo de Santo Agostinho, Petrolina, Olinda e Caruaru.

Com isso, algumas trocas serão realizadas, segundo a Assembleia Legislativa. Antônio Moraes (PSDB) entra no lugar de Raquel Lyra, e Marcantônio Dourado (PSB) substitui Miguel Coelho. Já Roberta Arraes (PSB) passa a ocupar a vaga deixada por Lula Cabral, e Jadeval de Lima (PTN), a de Lupércio. Paulinho Tomé (PT) substitui Botafogo.

Já as vagas de Aglailson Júnior e Ângelo Ferreira deveriam ser ocupadas, respectivamente, por Isaltino Nascimento (PSB) e Laura Gomes (PSB), mas eles já são secretários do governo Paulo Câmara. Por isso, de acordo com a Alepe, se os dois continuarem atuando no Executivo estadual, os suplentes Cássia do Moinho (PSB) e Marcelino Granja (PSB) poderão substituí-los. Secretário de Cultura do governo do estado, Granja ainda pode ser substituído na Alepe se permanecer no cargo. Nesse caso, o suplente é Yves Ribeiro (PSB).

Indefinição
Outra incerteza em relação ao futuro da Assembleia Legislativa corre na Justiça Eleitoral. O deputado Pedro Serafim Neto (PDT), que foi eleito vice-prefeito de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR), aguarda decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que julga um pedido de impugnação da candidatura.

Se ele for absolvido, Sérgio Leite (PT) entra como suplente. Caso seja condenado, Neto deve voltar à Casa Legislativa. Além de Ipojuca, outras dez cidades pernambucanas esperam uma definição judicial.

Abstenções, votos brancos e nulos somam 32,5% do eleitorado do país


Votos brancos e nulos chegam a 3,6 milhões, diz Tribunal Superior Eleitoral.
Cerca de 7,1 milhões de eleitores não compareceram às urnas no 2º turno.

Bernardo Caram e Renan Ramalho Do G1
Votos brancos, nulos e abstenções (Foto: Arte/G1)
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou na noite deste domingo (30) que o número de eleitores que não compareceram às urnas no segundo turno das eleições municipais, somado aos votos brancos e nulos, foi de aproximadamente 10,7 milhões de pessoas.
Neste ano, 57 cidades tiveram segundo turno, número superior ao de 2012, quando 50 muncipíos passaram por uma segunda rodada de votações. Entre uma eleição e outra, o número de eleitores que foram às urnas nessa etapa cresceu 3,97%.
O número, segundo o tribunal, corresponde a 32,5% dos 32,9 milhões de eleitores aptos a votar neste domingo. No segundo turno das eleições municipais de 2012, o número foi menor, de 8,4 milhões (26,5% dos 31,7 milhões de eleitores).
O total de abstenções neste domingo foi de quase 7,1 milhões de eleitores (ou 21,6% do eleitorado). O número de votos brancos ficou em aproximadamente 936 mil (4,28% dos votos). Os votos nulos somaram 2,7 milhões (12,41% dos votos).
Já em 2012, o número de abstenções foi de cerca de 6 milhões (19,11% dos eleitores). O número de votos brancos naquele ano foi de 834 mil (3,58% dos votos). Os votos nulos naquele ano somaram 1,5 milhão (6,54% dos votos).
Com o aumento das abstenções e dos votos brancos e nulos, o total de votos válidos no segundo turno caiu 4,5% em 2016, em relação a 2012.
No Rio, por exemplo, Marcelo Crivella (PRB) venceu com 1,7 milhão de votos. Segundo o TSE, 150 mil eleitores votaram em branco e outros 570 mil anularam o voto.
Abstenção no segundo turno das eleições de 2016 (Foto: Arte/G1)
Na avaliação do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, há um “estranhamento” entre o eleitor e os políticos que o representam. “Alguma coisa se traduz nessa ausência ou também na opção pelo voto nulo”, disse, em coletiva de imprensa.
Mendes ponderou que não se deve supervalorizar o número de ausentes, já que “impropriedades” podem ser encontradas na contagem dos eleitores. “Onde tem biometria, temos índice menor de abstenção. Pessoas que mudam de cidade sem mudar o domicílio eleitoral, isso acaba contaminando os dados”, afirmou.
De acordo com o ministro, o cadastro da Justiça Eleitoral não exclui eleitores que faleceram desde maio deste ano. “Não está atualizado”, explicou Mendes.
Para o presidente do TSE, é equivocada a avaliação de que o elevado índice de abstenções se deve ao fato de o voto ser obrigatório. “Não há dificuldade para se fazer justificativa. A multa que se aplica é quase simbólica, está em R$ 3”, afirmou.
Para ele, tornar o voto facultativo no país seria como “checar se tem gasolina no tanque acendendo o fósforo”. O ministro usou como exemplo o Chile, onde o voto deixou de ser obrigatório e que registrou elevadas taxas de abstenção nas últimas eleições.
Votos brancos e nulos no 2º Turno das eleições de 2016. (Foto: arte/G1)
Classe política
No primeiro turno, o alto índice de abstenções e votos anulados causou repercussão entre os principais políticos do país. O presidente da República, Michel Temer, chegou a afirmar que o número era um recado da população à classe política.
Já o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que a prioridade do Congresso deveria ser uma reforma política "profunda". Para ele, caso os parlamentares não aprovem mudanças no sistema eleitoral, a política vai se desgastar cada vez mais.

PE DA MORTE : MAIS UMA VÍTIMA FATAL NA PE 130

Aconteceu na manhã desta segunda feira ( 31/10) , um grave acidente envolvendo um Caminhão e um veículo Monza, o acidente aconteceu nas proximidades da Oficina de Pina, no mesmo local em que fizemos uma matéria semana passada relatando sobre o descaso do Governo de Pernambuco com a PE 130, aonde à muitos anos não tem nenhuma sinalização e nenhuma manutenção por parte do DER, sobre o acidente o motorista do veículo Monza morreu, e uma mulher se feriu bastante. Em breve mais informações .






 

domingo, 30 de outubro de 2016

Homem é preso por obrigar mulheres a fazer sexo em seleção de emprego


Acusado, que usava o site OLX, foi preso em flagrante numa sala comercial na Boa Vista
Publicado em 30/10/2016, às 19h13
O acusado informava que as candidatas passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas / Imagem retirada do OLX/divulgação Polícia Civil PE
O acusado informava que as candidatas passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas
Imagem retirada do OLX/divulgação Polícia Civil PE
Da Editoria de Cidades

Um homem foi preso em flagrante numa sala comercial no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife, por ofertar vagas de emprego a mulheres e, no processo de seleção, obrigá-las a fazer sexo com ele. O caso aconteceu na última sexta-feira (28). O autônomo Antônio Ricardo Ribeiro anunciava a oportunidade de trabalho como massoterapeuta no site OLX.
O acusado informava, no anúncio, que as candidatas - que precisavam ter entre 18 e 25 anos - passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas.

DENÚNCIA

Os responsáveis pela prisão foram policiais civis lotados na 1ª Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, área central da capital, sob coordenação da Delegada Teresa Nogueira. A denúncia foi feita por três jovens, tendo uma delas sido obrigada a fazer sexo com o acusado, com uso de violência. No depoimento, elas também relataram que havia uma outra jovem, da Paraíba, que estava sendo obrigada a permanecer no local.
Antônio Ricardo disse ter vindo de Florianópolis para o Recife fugindo do frio. Em Pernambuco, trabalhou numa pousada em Porto de Galinhas, no Litoral Sul do Estado. No momento estava no Recife fazendo um curso de massagem tântrica e, por isso, resolveu investir no setor e formar uma equipe de massoterapeutas usando o site OLX, segundo relatou à polícia. Após a autuação em flagrante, o acusado foi encaminhado para a audiência de custódia.

Geraldo Julio: "As pessoas precisam voltar a acreditar na política"


Geraldo Julio (PSB) irá governar o Recife por mais 4 anos e promete um futuro de igualdade para a população

Geraldo garante que governará para todos os recifenses / Foto: Marcela Balbino/JC
Geraldo garante que governará para todos os recifenses
Foto: Marcela Balbino/JC
JC Online

Ao som de madeira do Rosarinho, hino declarado da Frente Popular do Recife, o prefeito reeleito do Recife, Geraldo Julio (PSB) iniciou seus agradecimentos pelos 528.335 votos recebidos na capital pernambucana. Durante a sua fala, o socialista sinalizou para o apoio recebido do governador Paulo Câmara, relembrou o legado do ex-governador Eduardo Campos e garantiu "abrir as portas do futuro para o Recife".]





"Foi uma campanha muito difícil, passamos por muita dificuldade", declarou Geraldo antes de agradecer à sua família, aos correligionários ao "amigo governador Paulo Câmara" e especialmente ao senador Jarbas Vasconcelos (PMDB). "Quero expressar meu carinho, meu reconhecimento. Agradecer a confiança, a luta que cada um faz. a Democracia é assim, cada um tem direito de optar por um projeto. A partir do momento que a urna fala, o resultado passa a ser de toda a cidade. É uma vitória de todos", enfatizou o prefeito reeleito.

Descrença política

LERO: “A vitória de Raquel representa um grande avanço para Caruaru!”.

TAQUARITINGA DO NORTE: O atual vice prefeito e prefeito eleito de Taquaritinga do Norte Ivanildo Mestre (Lero) comemorou o resultado das eleições municipais em Caruaru, onde sagrou-se vencedora a deputada estadual Raquel Lira (PSDB) que derrotou Tony Gel (PMDB) por mais de 11 mil votos de diferença e a partir do próximo ano comandará os destinos da Capital do Forró, cidade de grande importância no interior pernambucano e que será governada pela primeira vez por uma mulher. 
Raquel representa o novo, tem perfil de administradora, é uma visionária que irá fazer uma revolução na gestão de Caruaru. Acompanhei sua campanha e sei que ela também venceu muitas adversidades e é merecedora desse reconhecimento pelo povo de sua terra e irá corresponder a altura da grande vitória que ela obteve”, declarou Lero.
A ligação da família Lira com o grupo Calabar é histórica e teve início ainda com Arraes, se estendendo até os dias atuais, tendo inclusive Raquel e seu pai, o ex-governador João Lira participado de vários atos políticos do grupo em campanhas anteriores. 
Nos próximos dias Lero pretende visitar os prefeitos eleitos do pólo de confecções e iniciar um ciclo de discussões sobre os problemas comuns aos municípios e na pauta destes encontros também estão na busca de soluções que fortaleçam a economia da região. (FONTE: Blog do Elisberto Costa / FOTOS: Arquivo pessoal)

Veja quem foi eleito nas 18 capitais com segundo turno…


whatsapp_image_2016-08-16_at_11-56-38

Agência Brasil

Os resultados do segundo turno já são conhecidos nas 18 capitais do país onde houve votação. Ao todo, segundo turno ocorreu em 57 municípios. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as eleições envolveram cerca de 32,9 milhões de eleitores. Aqueles que não puderam comparecer às urnas e não justificaram o voto hoje (30), podem preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo, por via postal, ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito até 60 dias após cada turno da votação, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito.
O prazo para que isso seja feito é até 1º de dezembro, com relação ao primeiro turno;e, até 29 de dezembro de 2016, com relação ao segundo turno.

Continua…

Depois de acompanhar o começo da apuração de votos do segundo turno na sede do TSE, o presidente da corte, Gilmar Mendes, disse que a eleição “transcorreu em clima de paz e normalidade” mesmo nos municípios que precisaram de reforço de segurança, como São Luís, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro. O TSE registrou mais de 300 ocorrências e mais de 80 prisões durante o período de votação. Na maioria dos casos, a Justiça Eleitoral flagrou cabos eleitorais fazendo propaganda para candidatos, a tradicional boca de urna. De acordo com os dados, nenhum candidato foi preso.

Confira os prefeitos eleitos nas capitais no segundo turno:

Aracaju: Edvaldo Nogueira (PCdoB)
Belém: Zenaldo Coutinho (PSDB)
Belo Horizonte: Kalil (PHS)
Campo Grande: Marquinhos Trad (PSD)
Cuiabá: Emanuel Pinheiro (PMDB)
Curitiba: Rafael Grega (PMN)
Florianópolis: Gean Loureiro (PMDB)
Fortaleza: Roberto Cláudio (PDT)
Goiânia: Iris Rezende (PMDB)
Macapá: Clécio (Rede)
Maceió: Rui Palmeira (PSDB)
Manaus: Artur Virgilho Neto (PSDB)
Porto Alegre: Nelson Marchezan Junior (PSDB)
Porto Velho: Dr. Hildon (PSDB)
Recife: Geraldo Julio (PSB)
Rio de Janeiro: Crivella (PRB)
São Luís: Edivaldo Holanda Júnior (PDT)
Vitória: Luciano (PPS)