sábado, 22 de abril de 2017

Oito em cada 10 alunos dizem ficar ansiosos com provas


1145427_310261

Oito em cada dez estudantes brasileiros dizem sentir muita ansiedade em uma prova, mesmo quando estão preparados. Os dados fazem parte de um questionário, com foco no bem-estar de alunos de 15 anos, aplicado em 2015 pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) em 72 países e divulgado ontem pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O Brasil é o segundo na proporção de estudantes que dizem ficar ansiosos durante as avaliações: 80,8% – atrás apenas da Costa Rica (com 81,2%). A taxa é bem superior à média dos países da OCDE, de 55,5%.

Continua…

A aluna do 1.º ano do ensino médio Rebecca Deslandes, de 15 anos fica ansiosa na hora de fazer provas. “Na minha turma, costumo ser uma das últimas a terminar.” Para evitar que isso prejudique seu desempenho acadêmico, ela se organiza para se concentrar nas disciplinas que tem mais dificuldade. Para especialistas, a cultura avaliativa das escolas brasileiras contribui para que o aluno fique pressionado e, portanto, ansioso.

O relatório também mostrou que 17,5% dos estudantes brasileiros disseram já ter sido alvo de algum tipo de bullying na escola. O porcentual é menor do que na maioria dos outros países (a média dos países foi de 18,7%). (Agência Estado)

Enem: candidato com 18 anos ou mais sem ensino médio não precisa ser treineiro



1-81

Estudantes com 18 anos ou mais que ainda não concluíram o ensino médio poderão usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar no ensino superior. No entanto, esse candidato precisa fazer um outro exame, a nível estadual ou municipal, para receber o certificado de conclusão da etapa de ensino.  Isso significa que, mesmo que ainda não tenha a certificação em mãos, não precisará se inscrever como treineiro no Enem. As inscrições para o exame estarão abertas de 8 a 19 de maio. O Enem 2017 será nos dias 5 e 12 de novembro.

Até o ano passado, estudantes com pelo menos 18 anos podiam se inscrever no Enem para obter a certificação do ensino médio. Caso obtivessem pelo menos 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento das provas e nota acima de 500 pontos na redação obtinham o “diploma”. Cerca de 11% dos inscritos conseguiam esse resultado anualmente e obtinham a certificação. A partir deste ano, com o fim da certificação, esses estudantes terão que recorrer a outros exames e o Enem passa a ser voltado para a seleção do ensino superior.

Pesquisa revela que machismo não é coisa só de homem


Levantamento feito pela Uninassau revela que, em determinadas situações, a mulher reproduz uma visão machista, mesmo sendo vítima desse comportamento
Jovem foi assediada e terminou perdendo o emprego. Pesquisa mostra que mulheres são as maiores vítimas de assédio sexual / Guga Matos/JC Imagem
Jovem foi assediada e terminou perdendo o emprego. Pesquisa mostra que mulheres são as maiores vítimas de assédio sexual
Guga Matos/JC Imagem
Ciara Carvalho
ciaracalves@gmail.com
Se depender da percepção que as pessoas têm de si, o machismo até parece ser um problema já superado pela sociedade. O Instituto de Pesquisa Uninassau foi às ruas do Recife e perguntou: “Você se considera uma pessoa machista?” A resposta impressiona. Apenas 10% dos homens e mulheres entrevistados se reconheceram nessa condição. Mas, entre a percepção e a realidade, há um longo caminho a ser trilhado. E a própria pesquisa traz dados reveladores, no sentido de mostrar situações cotidianas nas quais o machismo, de uma forma ou de outra, se revela. E o que é mais curioso: ele é compartilhado tanto na visão de homens quanto de mulheres.



Os pesquisadores propuseram frases para que os entrevistados se posicionassem contra ou a favor. Diante, por exemplo, da afirmação de que “existem mulheres que provocam o homem sexualmente de modo proposital”, 78% dos homens concordaram com a frase. O percentual entre as mulheres também foi alto: 72%. Na mesma linha, 49% dos homens ouvidos endossaram a frase “As mulheres não deveriam usar roupas curtas para apanhar os filhos na escola”. Entre as mulheres, a avaliação é praticamente a mesma: 45% disseram concordar com a afirmação. Quando o assunto é denúncia de assédio sexual, 39% dos homens concordam que as mulheres exageram na notificação. Essa é a mesma percepção para 30% das mulheres.

Outro dado que chama a atenção: para 54% dos homens consultados “as mulheres, às vezes, são responsáveis por fazer o homem perder a cabeça e ser agressivo”. Embora menor, o percentual de mulheres que pensam dessa forma ainda é alto: 43%. A prática de assédio é, para 45% dos homens, geralmente provocada pela própria mulher. Quase 30% das mulheres também concordaram com essa afirmação. A experiência de Aline Silveira, uma das fundadoras do Coletivo Mete a Colher, mostra que essa visão machista entre as mulheres é um traço cultural muito mais forte do que se imagina. “A gente recebe muitos depoimentos de mulheres que, mesmo sem perceber, reafirmam esse comportamento. Não é fácil desconstruir esse discurso, principalmente numa sociedade colonial, como a pernambucana”, diz.
Justamente por ser reflexo de uma forte construção cultural, o machismo precisa ser discutido desde cedo. E dentro de casa. Aline Silveira ressalta a importância, por exemplo, de que as novas gerações já sejam educadas de uma forma diferente, para que a questão de gênero seja tratada com igualdade e sem preconceito. “Fácil não é. A própria pesquisa mostra que as pessoas não se reconhecem machistas. É como o racismo. Ninguém abre a boca para dizer que é racista. Mas, na prática, a realidade é bem diferente do discurso.” Para a secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro, os dados apontados pelo levantamento ajudam a colocar a sociedade diante dela própria. “As miudezas revelam as contradições. Isso é muito importante para avançarmos e enxergarmos o machismo como de fato ele é.”


A pesquisa detecta também avanços. Quando questionados sobre relacionamentos de mulheres maduras com homens mais jovens, 75% do universo masculino concordam que “não existe nada demais” nesse tipo de relação. Praticamente a mesma avaliação feita entre as mulheres (74%). Sobre a traição feminina durante o casamento, 57,9% das pessoas ouvidas afirmaram que o melhor a fazer é se separar. Quando a pergunta é sobre a traição masculina, o percentual é quase igual: 58%.

SEM DIREITO DE DIZER NÃO

Ainda muito jovem, Juliana (nome fictício) sentiu na pele o que é ser mulher num ambiente de trabalho machista. Com apenas 19 anos, em início de carreira, ela se viu bombardeada por mensagens telefônicas enviadas por companheiros de trabalho com quem ela não havia sequer compartilhado o número. Na fábrica, onde trabalhava, era considerado comum os chefes sempre emendarem elogios quanto à beleza em meio a conversas estritamente profissionais. Quando as reações da jovem foram ficando mais fortes, ela terminou sendo demitida. “Tenho certeza que minha demissão foi motivada pelo fato de eu não mais aceitar, tranquilamente, as cantadas e os flertes. Não nos é dada sequer a chance de se insurgir. É como se a gente não tivesse o direito de dizer não”, avalia.
Se entre os casos de assédio, a desigualdade é gritante, quando parte para a violência física, a situação é ainda mais grave. Nada menos que 72% das pessoas entrevistadas afirmaram conhecer mulheres que apanham do companheiro, seja marido ou namorado. Um dado que escancara uma questão urgente: precisamos falar (muito mais) de machismo.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Agente é flagrada beijando interno da Funase

As imagens viralizaram nas redes sociais esta semana / Foto: Reprodução/ WhatsApp
As imagens viralizaram nas redes sociais esta semana
Foto: Reprodução/ WhatsApp
JC Online

Uma agente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) foi flagrada beijando um interno da unidade do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. As imagens do circuito de segurança do local mostram quando o adolescente - que veste uma regata branca, caminha em direção a mulher. Quando ele chega perto, os dois se beijam e entram em um cômodo, abraçados.


  

Resposta da Funase

Em nota, a Funase destacou que entende que essa não é uma postura profissional. A agente socioeducativa já foi identificada e encaminhada ao setor de Recursos Humanos da instituição, que vai cuidar da apuração do fato e responsabilização da agente.

Baleia Azul: Menino de 15 anos fez 49 cortes no corpo e sacrificou gato

Polícias Civil e Federal investiga sete casos no Estado / Tato Rocha/JC Imagem
Polícias Civil e Federal investiga sete casos no Estado
Tato Rocha/JC Imagem
Margarette Andrea
A dona de casa Adriana (nome fictício), 33 anos, ficou intrigada com os 49 cortes que o filho de 15 anos apresentava nos braços e pernas. Mas precisou da ajuda de um pastor da igreja que ela e os seis filhos frequentam para encontrar a resposta: o jovem estaria participando do Baleia Azul, que induz crianças e adolescentes a se mutilar e ao suicídio. Ele contou ter chegado à 19ª missão de uma série de 50: sacrificou um gato e bebeu o sangue dele. Depois não aguentou o remorso, saiu do jogo e estava sendo ameaçado por seu “curador”. Ontem, a mãe, que cria os filhos sozinha, e o garoto procuraram o Departamento de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e denunciaram o fato. Com este, são sete casos em investigação pelas Polícias Civil e Federal em Pernambuco.

Resultado de imagem para garoto cortes no cortes baleia azul

Preocupado com a rapidez com que o jogo vem se espalhando, o gestor do DPCA, Darlson Macedo, convocou a imprensa ontem para alertar pais e filhos que todos os casos devem ser informados à polícia. São duas denúncias à Polícia Civil no Recife (este do Ibura e um no Pina, na Zona Sul); uma em Paulista, no Grande Recife; uma em Goiana e outra em Vicência, na Zona da Mata Norte. A Polícia Federal apura mais duas em Moreno.
“Em Paulista, uma menina de 13 anos não conseguiu cumprir a missão de assistir a um filme de terror de madrugada e recebeu a ordem para se cortar a mesma quantidade de vezes de sua idade. Ela fez 13 cortes no braço e a mãe nos procurou. Mandamos que ela saísse do jogo e ela recebeu ameaças pelo Whatsapp. Identificamos números de três Estados: Minas, Bahia e interior do Rio de Janeiro. Eles dizem que vão matar os pais dos jovens”, relata o delegado. “O adolescente que participa acredita que aquela ameaça é real, porque eles (os ‘curadores’) têm várias informações daquela pessoa. Muitas fornecidas pela própria vítima.
O delegado diz ser importante os adolescentes entenderem que as ameaças não vão se concretizar. “Esses bandidos que estão aliciando jovens em desenvolvimento são covardes. Eles não vão sair de sua zona de conforto, do anonimato, para matar ninguém”, declara. “Se ingressarem no Baleia Azul, não cumpram as tarefas, saiam do aplicativo e procurem a polícia. Nós fazemos uma escuta e os exames necessários para anexar ao inquérito, porque esses curadores cometem os crimes de ameaça, lesão corporal e indução ao suicídio.”


O gestor admite a dificuldade de se chegar a essas pessoas. “Vamos solicitar apoio do serviço de inteligência da Polícia Civil e também estamos trabalhando em parceria com a Polícia Federal.” Ele avisa que a partir de maio a Unidade de Apoio Técnico do departamento, que faz palestras em escolas sobre drogas, vai dar início a discussões sobre o Baleia Azul, como a PF já está fazendo. “Estamos elaborando o material”.

O APLICATIVO

“É importante os pais observarem seus filhos e saberem como funciona o Baleia Azul”, apela o delegado. “Trata-se de um aplicativo de origem russa que vem se espalhando pelo mundo desde 2015. Ele é enviado aos jovens por um link. Quando eles baixam, entram em um grupo e passam a ter um curador que vai lhe dizendo as missões a serem cumpridas, cujo grau de dificuldade vai aumentando. A última é tirar a própria vida. Já no início, eles ameaçam e avisam que quem entrar não pode sair. É um jogo macabro, quase uma seita. Ainda não tivemos casos de morte por aqui, mas há muitos casos no mundo”.
Segundo o gestor, muita gente tem se aproveitado do terror que o Baleia Azul vem causando para espalhar boatos. Ele diz que já inventaram até que uma das missões seria de envenenamento de vários alunos de uma escola.
Uma corrente do bem tenta desviar o foco dos adolescentes do aplicativo russo. Um publicitário e uma designer de São Paulo criaram a Baleia Rosa em 13 de Brasil, nas redes sociais, e só no Facebook já estavam, ontem à noite, com mais de 224 mil seguidores. Muitas pessoas acessam as redes em busca de ajuda e são encaminhadas ao Centro de Valorização da Vida (CVV).

Dia do Índio é comemorado com muito aprendizado nas escolas municipais


Com o objetivo de resgatar e manter nos alunos uma relação mais próxima com as datas comemorativas, criando um maior vínculo extracurricular, as Unidades de Ensino Municipal de Taquaritinga do Norte, comemoraram nesta quarta (19) o Dia do Índio. A ação resgatou a cultura dos indígenas, transmitindo para os alunos a importância da valorização de diferentes costumes.



Através da culminância de temas relacionados à data, as escolas conseguiram envolver os alunos em pesquisas e elaboração de projetos, além de proporcionar espaços coletivos de aprendizado. Na oportunidade, a garotada aprendeu sobre alimentação, hábitos e costumes dos primeiros habitantes do Brasil, valorizando a cultura indígena.


Para Aline Tatiana, Diretora do CAIC, esse é um momento real de aprendizado. “Não é apenas comemorar uma data, é fortalecer a importância dos índios para a gente, o que nos ensinaram e as tradições mais enraizadas, essa ação contou com o envolvimento de todos os alunos e comunidade escolar.”, comentou Aline






ASCOM/PMTN
GOVERNO LERO CONSTRUINDO UMA NOVA HISTÓRIA
#prefeitolero
#governolero
#construindoumanovahistoria

Taquaritinga vai iniciar campanha de vacinação


A secretaria de saúde de Taquaritinga do Norte, vai iniciar no próximo dia 24, a vacinação contra a gripe.  Este ano a vacina vai esta disponível nas Unidades Básicas de Saúde de todo município incluindo toda zona rural.


O objetivo é vacinar mais de 95% do público alvo, que são: todas as gestantes de qualquer idade, crianças a partir de seis meses e menores de cinco anos, mulheres no período de até 45 dias após o parto, trabalhadores da Saúde, pessoas com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas não transmissíveis como as respiratórias, cardíacas, renais, diabetes, que necessitaram de transplantes, todas que contam na lista do Ministério da Saúde.


Os pacientes de doenças crônicas deverão comparecer munidos de comprovação médica da doença. O “Dia D” da campanha da vacinação será em 13 de maio, quando os Postos de Saúde estarão abertos durante o dia até as 17 horas.

ASCOM/PMTN
GOVERNO LERO CONSTRUINDO UMA NOVA HISTÓRIA
#prefeitolero
#governolero
#construindoumanovahistoria

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Educação Taquaritinga do Norte : Campanha de conscientização sobre queimadas e desmatamento nas escolas


Palestra sobre o Meio Ambiente, Queimadas e desmatamento é realizada na Escola Municipal Padre Ibiapina na manhã desta quarta-feira feira (19), na oportunidade o Secretário de Educação e Cultura Professor Marcos Augusto, e a Diretora de Meio Ambiente Aline Curcino, realizaram as palestras e interagiram com os alunos.


Uma atividade muito proveitosa pois chamou a atenção de todo o alunado que participou da palestra, deixando-os assim cientes de que a preservação do meio ambiente é de fundamental importância para nossa existência.


A atividade faz parte da comemoração dos 130 anos de Emancipação Política de Taquaritinga do Norte, que esse ano tem como tema a preservação do Meio Ambiente e a Cultura do nosso povo.





ASCOM/PMTN
GOVERNO LERO CONSTRUINDO UMA NOVA HISTÓRIA
#prefeitolero
#governolero
#construindoumanovahistoria

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Muita atenção dos universitários



18009995_984691705006107_828127973144375639_n

A Instituição de Ensino que oferece curso sem providenciar o reconhecimento no Ministério da Educação e Cultura (MEC) antes de sua conclusão, responde objetivamente pelo serviço defeituoso. Com este entendimento a Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) manteve a decisão de primeira instância e condenou uma Instituição de Ensino de Cuiabá a indenizar um aluno em R$ 15 mil reais.
De acordo com o processo o aluno se formou em 2008, no curso de tecnólogo em Segurança do Trabalho, mas não teve como atuar na área por não ter o curso reconhecido. O autor da ação comprovou que a instituição só ingressou com o pedido de reconhecimento do curso ofertado em 2008 e por conta disso não obteve o credenciamento junto ao MEC no tempo hábil.

(Nação Jurídica)

VIOLÊNCIA CRESCE 44% EM 3 MESES E BATE RECORDE EM PERNAMBUCO




Gestão do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), voltou a registrar índices recordes de violência; relatório divulgado pela própria administração socialista aponta que em março foram registrados 548 homicídios. Nos três primeiros meses deste exercício, foram apontados 1.522 assassinatos, evidenciando que uma das principais bandeiras da gestão socialista, o Pacto Pela Vida, sucumbiu à violência; número de homicídios cresceu 44% em relação ao mesmo período do ano passado

Pernambuco 247 - A gestão do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), voltou a registrar novos índices recordes de violência. Relatório divulgado pela própria administração socialista aponta que em março foram registrados 548 homicídios. Nos três primeiros meses deste exercício, foram apontados 1.522 assassinatos, evidenciando que uma das principais bandeiras da gestão socialista, o Pacto Pela Vida, sucumbiu à violência.

O programa Pacto Pela Vida foi criado em 2007 pelo então governador Eduardo Campos (PSB) e, graças a uma meta de reduzir em 12% o número de homicídios ao ano, acabou se tornando uma vitrine das gestões do PSB. Há quatro anos, contudo, os índices de violência são crescentes. Somente nos três primeiros meses deste ano, o número de homicídios cresceu 44% em relação ao mesmo período do ano passado.

O governador Paulo Câmara atribui o aumento da violência a uma operação padrão parte do efetivo da Polícia Militar que pleiteia equiparação salarial aos agentes da Polícia Civil. A operação padrão foi deflagrada em dezembro de 2017.

Prefeitura de Taquaritinga do Norte recupera estradas da Zona Rural


A prefeitura de Taquaritinga do Norte por meio da Secretaria de Agricultura, iniciou o trabalho de recuperação de todas as estradas da zona rural do município.

Uma motoniveladora (Patrol), uma retroescavadeira e caminhões caçamba já estão nas vias fazendo o trabalho.  


Essa ação, visa proporcionar um maior conforto para a população da zona rural, além de facilitar o trânsito e levar mais segurança para motoristas que circulam nas vias diariamente.

Estando as estradas rurais em boas condições, também vai facilitar o escoamento da produção dos agricultores, que está sendo utilizada na merenda escola municipal.

Na atual administração de Taquaritinga do Norte, a zona rural tem recebido  atenção especial,  e a recuperação das estradas demonstra a preocupação do prefeito com o homem do campo.



O prefeito Lero, têm priorizado esse tipo de ação, de manter todas as estradas vicinais do município em boas condições de trafegabilidade."Estamos no início de nossa gestão, e nossa preocupação é com todo município, por isso que em cem dias estamos recuperando todas as estradas vicinais do município, que esta recebendo material de cascalho para que a durabilidade da estrada seja maior”. Falou o prefeito.



Educação Taquaritinga do Norte : Comemoração do dia do Livro na Creche do CAIC

  No última terça (18/04), a Creche do CAIC realizou atividades alusivas ao dia dia do livro infantil, esta data é comemorada no dia 18, foi instituída  em 2002, no dia do nascimento de Monteiro Lobato, famoso escritor infantil. As crianças puderam entender a importância da leitura, praticando atividades que envolvendo livros, e atividades como teatro com o tema "O Sítio do Pica pau Amarelo", além de práticas de primeiro contato com a leitura para os alunos do maternal.

A imagem pode conter: 1 pessoa

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e pessoas em pé

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Policial militar é preso suspeito de assassinar adolescente de 17 anos


Katarine Ferreira foi assassinada em Parnamirim (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
Katarine Ferreira foi assassinada em Parnamirim (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
o)
Foi preso nesta terça-feira (18), o policial militar da Bahia, de 23 anos, suspeito de assassinar Katarine Ferreira, de 17 anos, durante uma confraternização no dia 1º de Abril em Parnamirim, no Sertão de Pernambuco. Ele estava foragido e se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Salgueiro. O suspeito passou por interrogatório e teve voz de prisão em virtude do mandato que já havia sido expedito pelo juiz da cidade.
Segundo o delegado de Polícia Civil de Salgueiro, Alex Sá, o policial alegou que o disparo foi acidental. “Ele estaria dançando com a menina, e, que durante essa dança, a menina teria batido na arma dele duas ou três vezes, e, ele acreditando que essa arma poderia disparar de forma acidental, teria pego nessa arma para travá-la. E durante esse manuseio, teria ocorrido o disparo acidental”, relata.
Ainda segundo o delegado, o militar afirma que durante a noite inteira só teria bebido uma dose e parte de uma outra dose de uísque.
O Policial militar foi encaminhado para a unidade reeducadora do Estado da Bahia em Salvador e se for condenado, pode pegar uma pena entre 12 e 30 anos pelo crime de homicídio qualificado.
O Crime katarine ferreira, de 17 anos, foi assassinada às 4h30, do último sábado (1º), na Rua Luiz Gonzaga do Nascimento, no bairro Cohab. De acordo com familiares, ela saiu de uma festa e seguiu com amigos para se confraternizar, até que uma amiga teria sido assediada pelo policial e adolescente agiu em defesa. Sem aceitar a rejeição, o policial teria puxado a arma e disparado o tiro que tirou a vida de Katerine.

Segurança é executado a tiros no distrito de Pão de Açúcar

A noite desta terça-feira (18) está sendo marcada pela violência, onde mais um crime de morte foi registrado, desta vez no distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte.
De acordo com as informações até o momento, o crime aconteceu no começo da entrada da principal avenida do distrito, sendo a vítima um segurança identificado como Jackson Henrique da Silva, que foi executado com disparos de arma de fogo.
Outro fato que chama a atenção é que ele havia sido detido na semana passada, acusado de posse ilegal de arma de fogo, tendo pago uma fiança e sendo, posteriormente, liberado. As circunstâncias e a motivação do crime ainda são desconhecidas.
.
.
Peritos da Polícia Civil estão no local coletando evidências que ajudem nos trabalhos de investigação. O corpo deve ser trazido para a delegacia de plantão em Santa Cruz, de onde deve seguir para o IML, na cidade de Caruaru.

Concursos com inscrições abertas reúnem 7,8 mil vagas em todo o país

Veja abaixo a lista de concursos abertos:
Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, Neos candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.
Entre os órgãos com concursos abertos estão: a Marinha está com um concurso aberto para 64 vagas de nível superior, outro para 36 vagas de nível médio e outro para 146 vagas de nível superior. Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está selecionando para 1.039 vagas temporárias em cargos de níveis médio e superior. Os salários chegam a R$ 4 mil.