sábado, 1 de janeiro de 2011

Salmo 100





1 Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os habitantes da terra.
2 Servi ao Senhor com alegria, e apresentai-vos a ele com cântico.
3 Sabei que o Senhor é Deus! Foi ele quem nos fez, e somos dele; somos o seu povo e ovelhas do seu pasto.
4 Entrai pelas suas portas com ação de graças, e em seus átrios com louvor; dai-lhe graças e bendizei o seu nome.
5 Porque o Senhor é bom; a sua benignidade dura para sempre, e a sua fidelidade de geração em geração

O Governador !

  

 O melhor governador de Pernambuco de todos os tempos , toma posse e o seu maior desafio será manter o mesmo nível do seu primeiro mandato !



 O governador mais bem avaliado do Brasil Eduardo Campos (PSB) foi recebido na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) por cablocos de lança e fogos de artifício.

Em seu discurso, o governador reeleito de Pernambuco reafirmou o compromisso de governar sem filiações partidárias, o que será difícil mediante o número de partidos que estão na base aliada do governo. Uma prestação de contas de tudo o que foi feito nos últimos quatro anos. O presidente Lula também foi lembrado. O governador expressou sua gratidão por todas as obras trazidas para o Estado em sua gestão, em parceria com o governo federal.

O socialista reforçou o sentimento de construir um novo Pernambuco, há quatro anos atrás. "Trabalhamos com muito gosto, ciente do tamanho da responsabilidade e da grandeza dos objetivos".

"As realizações do nosso governo construíram a mais expressiva vitória político-eleitoral da história de Pernambuco", afirmou Eduardo, sabendo que a "vitória é desafiadora".

No discurso, Eduardo deixou claro o compromisso que assumiu neste novo governo, de garantir uma gestão inclusiva sustentável.

Eduardo relembrou que tirou Pernambuco dos piores índices de violência e desemprego.

É imperioso deixar no passado as velhas brigas do passado. 

Em vários momentos, Eduardo usou o termo "nunca antes na história deste Estado", frase típica do presidente Lula nos quatro anos em que ocupou a presidência da República.

Resolver o problema da água será, mais uma vez, um desafio do governador que, em seu discurso, destacou as obras do Sistema Pirapama. Obras como a duplicação de três rodovias federais - BRs 101, 104 e 408 - também não foram esquecidas.

Agora é hora de falar do futuro - Eduardo dividiu seu discurso em dois momentos. No primeiro, falou das obras realizadas no primeiro mandado. Depois, abriu o segundo momento reforçando, mais uma vez, que não "tem os olhos presos no passado".

"Nós não temos os olhos presos aos passado, não temos saudade do passado. Guardamos dele aquilo que nos ajuda a ampliar nossas perspectivas, todas elas projetadas no futuro". 

O governador iniciou esta parte do discurso citando aspas do ex-governador Miguel Arraes, que, há 48 anos, pronunciou as mesmas palavras na Alepe.

Ao falar de futuro, Eduardo destacou as obras que estão em maturação no Estado. "Precisamos concluir e iniciar a operação dos grandes projetos estruturados como a Refinaria Abreu e Lima, a transposição das águas do Rio São Francisco, a ferrovia Transnordestina, a montadora da Fiat, a siderúrgica, os novos estaleiros, o polo petroquímico, que vai nos permitira retomada", afirmou.

O presidente nacional do PSB mostrou também preocupação em preencher os cargos públicos, deixando claro que a gestão ainda será sua principal preocupação, priorizando a condição técnica e não política.

O relacionamento com a presidente Dilma Rousseff (PT) também foi citado. "A presidenta terá do Governo de Pernambuco e de seu povo o apoio, colaboração e o incentivo, da mesma forma que temos certeza de que Sua Excelecência (Dilma) reservará projetos e interesses do nosso Estado".

Ao agradeder à família, Eduardo se emocionou e precisou parar o discurso. "O futuro será melhor que o presente. E parafraseando Gilberto Freyre, 'há um novo País à vista'. Há um novo Pernambuco à vista"

Dilma toma posse e foca a erradicação da miséria


NATUZA NERY, VALDO CRUZ


Dilma Vana Rousseff, 63, torna-se hoje a primeira mulher a ocupar a Presidência da República. Quadragésima presidente do país, sua prioridade já foi definida: lançar um plano nacional de erradicação da miséria.

O plano fará parte de seu discurso de posse, que vai enfatizar a necessidade de aprofundar as mudanças iniciadas por Luiz Inácio Lula da Silva, seu antecessor e mentor político. A ideia será sintetizada no mote "um Brasil que apenas começou".

Sob o carimbo da continuidade, Dilma quer cravar seu próprio selo social, a exemplo do Fome Zero e do Bolsa Família.

Ela já marcou reunião com sete ministros para discutir um plano que elimine a pobreza extrema em quatro anos -uma das principais promessas de campanha da petista.

A ideia é reunir os programas existentes no governo e lançar novos, como iniciativas específicas de financiamento e capacitação profissional, portas de saída do Bolsa Família.

O programa tem o desafio de retirar da miséria 18 milhões de pessoas.

Sucessora do presidente mais popular da história recente, a petista quer deixar marcas também nas áreas de saúde e segurança pública, dois setores que ficaram aquém do esperado nos oito anos de governo Lula.

Na primeira semana de trabalho, pretende agendar reunião com governadores para debater e traçar planos nessas duas áreas.

Ex-guerrilheira ligada a grupos que combateram a ditadura, Dilma prometerá manter a política econômica ortodoxa, mas com medidas para acelerar investimentos e reduzir os juros.

Mineira radicada no Rio Grande do Sul, ela tem sua posse marcada para as 14h30, em cerimônia no Congresso. Ali fará seu principal discurso, destacando que promoverá um governo de "continuidade, mas aprofundando e avançando".

Depois, já como presidente, segue para o Palácio do Planalto, onde receberá a faixa presidencial de Lula e receberá os cumprimentos de 23 chefes de Estado.

Ao lado do vice, o peemedebista Michel Temer, Dilma faz um pronunciamento no parlatório. Às 18h30, participa de recepção a autoridades estrangeiras no Itamaraty.

DESAFIOS

Dilma assume o governo com um cenário econômico desafiador: inflação em alta, gastos públicos acima do desejável e uma situação cambial pouco confortável.

Uma de suas primeiras medidas será anunciar um corte no Orçamento, superior a R$ 20 bilhões. Editará, ainda, projetos para controlar o crescimento dos gastos.

Com isso, espera auxiliar o Banco Central na tarefa de conter a inflação, abrindo espaço para amenizar a rigidez da política monetária.

No discurso do Congresso, Dilma pontuará o símbolo histórico de sua eleição: a chegada de uma mulher ao cargo máximo do país. Assumem com ela nove ministras, o maior time feminino já admitido no primeiro escalão.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Nós que fazemos o Dália Net desejamos a você um Feliz 2011, cheio de alegrias e vitórias !

Menino de 15 anos é morto a tiros em Caetés


O adolescente Diego Tavares das Neves, 15 anos, foi morto com quatro tiros, na madrugada desta sexta-feira (31) no município de Caetés, Agreste de Pernambuco.
De acordo com a polícia, a vítima estava com alguns amigos na Praça Luís Correia Júnior, no centro da cidade, quando foi abordado por um homem em uma moto, ainda não identificados.
A Polícia Civil da cidade não soube informar o motivo do crime, mas já está investigando o caso. O corpo do adolescente foi levado para o IML de Caruaru.

Parabens Paulo Gustavo !



Parabens Paulo Gustavo , que Deus encha sua vida de saúde e Paz !

Feliz aniversário !

Antes de pegar a estrada, saiba os principais cuidados com o seu carro

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Mais de 1000 presidiários sairão da prisão para passar o ano em casa



Segundo a Secretaria de Defesa social, desde as 6h desta quinta-feira (30), 1.112 presos beneficiados pela saída de Réveillon deixam presídios e penitenciárias do Estado. A medida é um direito apenas de detentos de regime semiaberto, que recebem autorização para passar as festas com a família. De acordo com a decisão do juiz das execuções penais, eles devem retornar às unidades prisionais até as 18h de domingo. Caso desrespeitem a determinação, serão considerados foragidos.

A maioria dos internos que teve direito ao benefício é da Penitenciária Agroindustrial São João, na Ilha de Itamaracá. Lá, 550 podem sair a partir de hoje. Outros 348 são do Centro de Ressocialização do Agreste, em Canhotinho, e mais 120 da Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, em Petrolina (Sertão). Os outros presídios que liberam reeducandos ficam em Abreu e Lima (RMR), Vitória de Santo Antão (Zona da Mata), Caruaru, Buíque (ambas no Agreste) e em Petrolina, em outra unidade.

Na liberação de Natal, 26 dos 992 presos que obtiveram autorização não retornaram. Um percentual de 2,62%, menor que os 2,98% do ano anterior. A Secretaria de Ressocialização do Estado passou a relação para a Vara de Execuções Penais. 

A nova indentidade do brasileiro

Novo RG ou Registro de Identidade Civil - frente HG

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Uma década que mudou a história Política de Taquaritinga

Chegamos ao fim do ano de 2010 mais tambem chegamos ao fim de uma década ,década esta que quebrou muitos tabús e mudou muitos paradigmas principalmente na política , vejam agora os 10 fatos politicos mais importantes da década em Taquaritinga:


1 - Posse de Zeca em 2001 :


Depois de uma politica bastante acirrada entre o Prefeito da época Janio Arruda que disputava a reeleição e Zeca que vinha de duas derrotas uma como vereador em 1992 , e uma como candidato a vice Prefeito na chapa de Dr Aldenir que tinha sido derrotado pelo própio Janio em 1996, A campanha já começou quente , o grupo calabar subiu com uma carreata nunca vista de Pão de Açucar que assustou muita gente em Taquaritinga , mais na outra semana Janio mostra sua força e tembém sobe a serra com uma grande carreata, muitas brigas muitos enfrentamentos , encontro de carreatas e uma lamentavel troca de copadas e garrafadas em um bar no centro da cidade , e no fim zeca ganhacom pouco mais de 330 votosde frente quebrando uma hegêmonia de mais de 60 anos, no dia 1 de janeiro de 2001 Zeca toma posse e promete ceder o prédio da prefeitura para Escola Estadual voltar para o centro.

2- Eleições de 2002 :

Apesar de ser uma eleição de deputado e governador foi muito disputada cada partido ficou com um marjoritário o grupo de Zeca fez Bruno Araújo estadual marjoritário, ja o grupo de Janio fez Andre de Paula o federal , depois das eleições cresceu as especulações para as eleições de 2004.


3 - Eleições de 2004 :



Mais uma vez o duelo entre Zeca e Janio e mais uma vez a vitória de Zeca por mais de 230 votos de frente , diminuindo a frente de sua primeira eleição, uma eleição ainda mais acirrada que a de 2000 onde o trágico encontro de boca preta com calabar gerou a guerra das pedradas por traz do hotel Jorge Eduardo onde uma verdadeira guerra entre calabar e boca preta que muita gente saiu ferida, mudou o rumo das manifestações que passaram a não ser mais realizadas no mesmo dia , depois de uma reunião com o Juiz da época com as duas coligações.


4 - Posse de Zeca 2005:


Zeca toma posse em janeiro e uma grande duvida no ar , a coligação derrotada entra com uma ação contra o Prefeito Zeca por uso da máquina em um comício na Rua Agamenon Magualhães , No fim de 2005 Zeca e cassado pela comarca de Taquaritinga e recorre e consegue se manter no cargo até o julgamento do processo a nivel estadual !


5 - Eleições de 2006 :

Uma eleição quente pois em março de 2006 Zeca tinha sido cassado mais uma vez só que agora em Recife pelo TRE, e mais uma vez conseguiu a liminar que o matinha no cargo até a decisão de Brasilia , Zeca mesmo precionado conseguiu fazer todos os seus candidatos marjoritários , até o então desacreditádo Eduardo Campos todos com mais de 1000 votos de frente, mais mesmo assim a espectativa continuava sobre Zeca se ele sairia , ou quando sairia.

6 - A cassação de Zeca :

No dia 10 de maio dia do aniversário da cidade depois de dois anos e meio de mandato Zeca o TSE manteve a cassação , decretando que fosse dada posse do segundo colocado nas eleições de 2004 Janio Arruda, Zeca junto com seus advogados ainda tentou alguns recurso que não duraram muito.

7 - A posse de Janio em 2007 :

Com muita festa carreatas passeatas e trio elétrico Janio volta a comandar Taquaritinga no dia 23 de Junho de 2007, pela terceira vez ele assume a prefeitura , foi uma semana inteira de comemoração dos partidários do experiente politico, e com alguns exageros por parte de alguns militantes mais exaltados , como chutes na porta do ex-prefeito zeca, bomba na varanda de Lais.

8- Politica de 2008 :



Depois de muita briga no grupo calabar para saber que iria enfrentar Janio , Zeca teve grande importância pois o seu candidato Evilásio conseguiu ser o candidato , e numa campanha muito acirrada conseguiu a vitória por 181 votos de frente, sem nunca ter sido candidato, veja os resultados :


Evilasio: 7.371(50,62%)

Janio: 7.190 (49,38%)

Diferença pro Evilasio: 181

Vereadores eleitos:

- Demir Martins: 1.275
- Felipe arruda: 994
- Luiz Floriano (Batata) : 821
- Jarbas pinto: 799
- Ronaldo Vegas: 663
- Elizabete de Azevedo(Beta) : 649
- Rogéria Cristina: 623
- Leonardo: 603
- Aldemir Custódio (Demir): 539


9 - Posse de Evilásio :

Evilásio é empossado prefeito no dia 01 de janeiro de 2009, o vereador da oposição Jarbas Pinto entrega as chaves da Prefeitura e passa o cargo para Evilásio, muita festa e comemoração pelas ruas de Taquaritinga.


10 - Eleições de 2010/ Eleições da Camara Municipal:





A eleição para deputado , governador e presidente mostrou um quadro político muito embaraçado , e quem se saiu melhor foi Evilasio que fez todos os seus candidatos majoritários.
Já na eleição da camara depois do rompimento de Léo com Evilásio, o Prefeito perdeu a maioria na camara, e Léo tornou - se, Presidente com o voto dos boca preta , e ao que parece fará uma grande oposição ao Prefeito!

fontes: google, Paulo Ricardo e Marcos Augusto
fotos: google,sulanca news, Gilberto Nunes, Paulo Neto

O maior estadista de todos os tempos !

Popularidade de Lula bate recorde e chega a 87%




Pesquisa Sensus divulgada nesta quarta-feira (29) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) mostra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva descerá a rampa do Palácio do Planalto com popularidade recorde de 87%


Entre 23 e 27 de dezembro, o Instituto Sensus ouviu 2 mil entrevistados em 136 municípios de 24 estados. Em setembro de 2010, a última rodada da pesquisa mostrava Lula com 80,7% de popularidade e o governo com 79,4%. A melhor avaliação de Lula na série histórica do levantamento é de 84%, em janeiro de 2009.

Dilma
O Sensus também mediu a expectativa dos entrevistados em relação ao governo de Dilma Rousseff. Para 27,7% dos pesquisados, a petista fará um “ótimo” governo. Já 41,5% apostam em um boa gestão e 17,6% acreditam em uma administração regular. O governo Dilma será ruim ou péssimo para 6,4%. Os que não responderam ou não souberam totalizaram 7%.



Guarda Municipal de Taquaritinga do Norte prende homem com Drogas em Pão de Açúcar

 Durante a noite desta terça-feira (12), a GCM – Guarda Civil Municipal – do município de Taquaritinga do Norte, Agreste Setentrional de Pe...