sábado, 8 de outubro de 2016

Venda e produção de veículos caíram quase pela metade em 4 anos


De janeiro a setembro, emplacamento baixou 46% sobre 2012, ano recorde.

O Brasil vende e produz atualmente pouco mais do que a metade dos veículos que nos tempos de auge da indústria, no início da década. Em 2 anos, deixou de ser o 4º maior mercado de carros do mundo, caindo para a 10ª posição.
De janeiro a setembro deste ano, as montadoras entregaram 45,7% menos carros, caminhões e ônibus do que no mesmo período de 2013, que foi o último com recorde da produção antes da crise, segundo dados da associação das fabricantes, a Anfavea.
Produção de veículos entre janeiro e setembro nos últimos 10 anos (Foto: G1)
Nos primeiros 9 meses deste ano, saíram das fábricas 1,55 milhão de unidades contra 2,86 milhões em 2013. Até setembro, o nível deste ano para a produção era o pior desde 2003, diz a Anfavea. Ou seja, a crise fez a indústria automobilística brasileira recuar 13 anos.
De 4º para 10º maior mercado
O movimento é consequência direta da queda nas vendas de veículos novos, que acontecem pelo 4º ano seguido. De janeiro a setembro, o volume de emplacamentos foi 46% menor do que o mesmo período de 2012, quando houve o último marco histórico.
Naquele ano, foram vendidos 2,789 milhões de carros, caminhões e ônibus até setembro; neste ano, 1,5 milhão, que equivale ao nível de 2006.
Vendas de veículos entre janeiro e setembro nos últimos 10 anos (Foto: G1)

Com quase 4 milhões de emplacamentos no total, o Brasil terminou 2012 como o 4º maior mercado de carros mundo, à frente da Alemanha e perdendo apenas para China, Estados Unidos e Japão.
Essa posição foi conquistada em 2010 e mantida até 2014. Em 2015, o país caiu para 7º em vendas, superado por Alemanha, Índia e Grã-Bretanha.
Neste ano é o 10º da lista, atrás ainda de França, Itália e Canadá, considerando dados até agosto da consultoria Jato Dynamics, especializada no setor automotivo.
No ranking mundial de produção, o Brasil foi o maior da América Latina de 2003 até 2014, quando perdeu o posto para o México, que atraiu diversas montadoras graças a acordos comerciais e à proximidade geográfica com os EUA.
Em 2013, a indústria brasileira chegou a ser a 5ª maior produtora de veículos do mundo; em 2015, caiu para o 9º lugar.
Capacidade recorde
Apesar de a indústria automotiva ter, atualmente, sua maior capacidade produtiva da história, para 5 milhões de veículos anuais, as fábricas só têm usado metade desse potencial, segundo a Anfavea.
Elas empregavam, em setembro, 124,6 mil pessoas, o menor nível desde 2013.
Emprego na indústria automotiva tem o menor nível desde 2012 (Foto: G1)
Fundo do poço já foi
Analistas ouvidos pelo G1 acreditam, no entanto, que o pior da crise para o mercado automotivo já passou. "O terceiro trimestre (deste ano) foi o fundo do poço", diz João Morais, da Tendências Consultoria. "O quarto já deve mostrar resultados positivos, mas na comparação com o trimestre anterior."
"O terceiro trimestre (deste ano) foi o fundo do poço"
João Morais, da Tendências Consultoria
Para 2017, a consultoria projeta alta de 8% nas vendas de carros e comerciais leves (picapes e furgões) e 17,3% para caminhões e ônibus. "Mas esse crescimento, é bom lembrar, é sobre uma base fraca, que é 2016."

Rafael Abe, da Jato Dynamics Brasil, também concorda que "o pior já passou", mas acredita que o mercado só vai conseguir repetir o nível de 2015, "que já não foi bom", em 2019 ou 2020.
"É difícil fazer projeção de vendas em um mercado em crise, principalmente no longo prazo. Por isso a Fenabrave e Anfavea têm revisado tanto as previsões", explica. "Temos que aguardar os próximos acontecimentos do mercado, a evolução da economia, da taxa de juros."
Vai voltar ao auge?
Volta ao áureo patamar de quase 4 milhões de veículos vendidos levará "décadas", na opinião de Morais.
Para ele, o "boom" do início dos anos 2010 ocorreu de forma natural inicialmente, seguindo um ciclo positivo da economia. Porém, nos anos finais do ciclo, esse crescimento foi "anabolizado" por medidas do governo, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).
"A partir de 2011, quando o PIB (Produto Interno Bruto) já não mostrava um crescimento tão robusto assim e o mercado de trabalho já mostrava esgotamento, o governo dobrou a aposta em um modelo de crescimento baseado no consumo, então teve o endividamento das famílias", relembra.
Ainda acreditamos muito no Brasil, que temos um potencial para superar estes números do passado. Mas não temos bola de cristal. Se o mercado retomar, acreditamos que pode ser em poucos anos"
Antonio Megale,
presidente da Anfavea
"Ainda acreditamos muito no Brasil, que temos um potencial para superar estes números do passado. Mas não temos bola de cristal. Se o mercado retomar, acreditamos que pode ser em poucos anos", disse Antonio Megale, presidente da Anfavea, sobre voltar a alcançar os picos históricos de vendas e produção .
O futuro
Para os analistas, é preciso que a indústria automotiva brasileira se volte também à exportação.
"Foi um um erro do passado (não dar atenção ao mercado externo). As montadoras estão se preparando agora, por necessidade", observa Morais.
É preciso rever a cultura. Atualmente só podemos exportar a mercados mais limitados. Falta investimento em tecnologia"
Rafael Abe, da Jato Dynamics
Abe alerta que ainda há um longo caminho a ser percorrido até que o Brasil tenha competitividade para ser um pólo exportador de veículos.
"É preciso rever a cultura. Atualmente só podemos exportar a mercados mais limitados. Falta investimento em tecnologia", conclui.

Do auge à crise: fatos que marcaram a trajetória da indústria automotiva brasileira (Foto: G1)
 

TOYOTA CARREGADA DE CONFECÇÕES É TOMADA DE ASSALTO


Vítima era feirante e estava indo para a feira livre da cidade de Capoeiras/PE quando foi interceptada por bandidos armados.
roubado-em-belo-jardimDe acordo com informações, cerca de 4 bandidos bem armados renderam o feirante na porta de sua residência na cidade de Belo Jardim/PE quando ele se preparava para ir à feira em Capoeiras. Os assaltantes levaram o cidadão como refém e o deixaram na cidade de Tacaimbó, também no Agreste e desapareceram com o veículo Toyota de cor branca, carregado de confecções.
tomado-de-assalto-confeccaoAté o momento ninguém foi preso nem o veículo foi localizado. Qualquer informação do paradeiro deste automóvel deverá ser repassada imediatamente à polícia.

Costureiro é detido por suspeita de estelionato

Um costureiro - que não teve a idade divulgada - foi detido na sexta-feira (7) em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, por suspeita de estelionato. De acordo com a Polícia Militar, ele depositou cheques sem fundo no valor de R$ 4,5 mil.

A vítima vendeu mercadorias para o suspeito, mas foi avisada pelo gerente que os cheques eram sem fundo, conforme a polícia. Uma equipe da Polícia Militar foi ao local onde a mercadoria seria entregue e deteve o costureiro.
O suspeito foi levado à Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante.

 Resultado de imagem para estelionato

Empresário é encontrado após sequestro e seis são detidos

Um empresário - de idade divulgada - que havia sido sequestrado, foi encontrado em Bezerros, no Agreste de Pernambuco, neste sábado (8). De acordo com a Polícia Militar, a vítima é do município de Cupira e tinha sido sequestrada na manhã da sexta-feira (7). A PM informou que seis homens foram detidos.
Polícia encontrou placas de carros com suspeitos  (Foto: Divulgação/Polícia Militar) 
Polícia encontrou placas de carros com suspeitos
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
A polícia disse que recebeu uma denúncia de que uma casa no Bairro Santo Amaro I, em Bezerros, estaria servindo de esconderijo para um grupo de criminosos. A equipe foi ao local e encontrou o empresário e os suspeitos - que dizem ser de Cupira, conforme a PM.
O empresário disse à polícia que não sofreu agressões enquanto estava com os criminosos.

Com o grupo, a polícia apreendeu três veículos roubados, três armas, munições, telefones celulares, além de porções de maconha e cocaína. Dinheiro também foi apreendido, mas a polícia não divulgou a quantia.

Linhas móveis recuam a nível de 2012; setor atribui queda a crise e aplicativos


1-29

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram que o Brasil registrou em julho deste ano 252,5 milhões de linhas de telefonia móvel, patamar semelhante ao de abril de 2012, quando havia 252,7 milhões de linhas. Em fevereiro deste ano, o total de linhas móveis alcançava 258 milhões, número que caiu progressivamente mês a mês desde então.

Representantes do setor ouvidos pelo G1 atribuem a queda no nível, registrada ao longo do último ano, à crise econômica que o país enfrenta e aos aplicativos de mensagem instantânea, o que fazem os usuários comprar menos chips. Na prática, avaliam, pessoas que antes tinham dois ou três chips passaram a ter somente um.As linhas móveis incluem chips de celular, placas de internet. máquinas de cartão e acessos máquina-máquina (M2M), usados, por exemplo, em rastreamento de automóveis.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Festa da Vitória de Lero terá Bruno Fagundes e Adriano Marlly


Festa da vitória Calabar - Arquivo 2012 | Foto : Isabelle Soares


Está confirmado para o próximo sábado (08) a festa de comemoração da vitória de Lero (PR) e Gena (PSB), Prefeito e vice Prefeito respectivamente, eleitos no pleito municipal do último domingo na cidade de Taquaritinga do Norte com 8.193 votos, além de todos os vereadores eleitos pelas coligações que os apoiavam.

Resultado de imagem para adriano marlly
A programação da festa da vitória contará inicialmente com um trio elétrico, que partirá da rua Agamenon Magalhães até o centro da cidade e logo após haverá shows artísticos, com as bandas : Bruno Fagundes e Adriano Marley. “O Povo pediu e não poderíamos negar, estamos fazendo um esforço junto com os amigos para proporcionar essa grande festa que marcará a comemoração definitiva de um momento histórico para a cidade de Taquaritinga do Norte e nada mais justo do que termos este trio e estas atrações neste momento de grande festa” disse o novo prefeito eleito de Taquaritinga, Lero. O horário do evento em breve divulgaremos no blog, aguardem.
Isaque Levi

Edilson Tavares desbanca dois fortes grupos políticos em Toritama


Resultado de imagem para edilson tavares toritama


Em Toritama, a capital do jeans, as eleições de 2016 proporcionaram uma novidade: o empresário Edilson Tavares (PMDB) foi eleito com 37,10% dos votos válidos e será prefeito a partir de 2017. Ele desbancou o atual gestor, Odon Ferreira (PSB), que recebeu 31,62%. Em terceiro, ficou a vice-prefeita Lúcia Pereira (PSDB), com 31,28%.

Edilson terá como vice-prefeito o advogado Romero Alexandre Leal, filho do prefeito eleito em Vertentes, Romero Leal (PSDB). Para conseguir vencer o pleito, contou com apoios importantes, como o deputado estadual e candidato à Prefeitura de Caruaru pelo PMDB, Tony Gel, o deputado federal Pastor Eurico (PHS), o ministro da Defesa Raul Jungmann e o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry.

Edilson Tavares de Lima (45 anos) é um empresário do ramo de lavanderias, além de presbítero da Igreja Assembleia de Deus. Também foi responsável pela fundação da Associação Comercial e Industrial de Toritama (ACIT) e presidente do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil de Pernambuco. Ele é casado e pai de três filhos.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

PROJETO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA DIA "D", INCLUIR É PRECISO


A Escola Municipal Francisca Pereira da Silva - CAIC, tem como objetivo de trabalhar a inclusão de forma dinâmica e que as pessoas respeitem as limitações e a inclusão seja um tema cada vez mais visto e respeitado pela população, a escola tem realizado diversas atividades nesse sentido, e a última atividade foi o Projeto Dias "D", projeto realizado no final de setembro, e que contou com  a participação dos alunos , pais e professores da escola.









RENOVAÇÃO NA CÂMARA MUNICIPAL DE TAQUARITINGA


  A Matemática é uma ciência exata e os números comprovam, na eleição de Taquaritinga deste ano aconteceu uma grande renovação, 7 novos vereadores irão assumir em 2017, são eles Oscar Miguel , Demir , João Eugênio, Hélio de Novo, Borges ,Dé Cumaru e Claudinho .
 
 
 
A nova Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte, ficou assim composta:

1º Eraldo de Pedra Preta (PTN)- 1.287 votos

Resultado de imagem para eraldo de pedra preta taquaritinga
2º Oscar Miguel (PSC)- 1.045 votos

Resultado de imagem para oscar miguel taquaritinga

3º Demir (PMDB)- 882 votos

Resultado de imagem para demir taquaritinga
4º João Eugênio (PPS) – 823 votos

Resultado de imagem para joão eugenio taquaritinga
5º Helio de Novo (SD) - 711 votos
Resultado de imagem para helio de novo taquaritinga
6º Geovane (PR) - 653 votos

    Resultado de imagem para geovane vereador taquaritinga

7º Borges (PSD)- 628 votos
Resultado de imagem para borges vereador taquaritinga
8º Dé Cumaru (PSD) - 573 votos

Resultado de imagem para de cumaru taquaritinga
9º Rogéria de Zeca (PSDB)- 533 votos

Resultado de imagem para rogéria de zeca taquaritinga
10º Claudinho de Tontom (PSD)- 525 votos  

Resultado de imagem para claudio paiva vereador taquaritinga
11º Luquinha da Saúde (PTB)- 517 votos
.Resultado de imagem para luquinha da saude vereador taquaritinga

Ficaram de fora da próxima legislatura, os atuais vereadores:

Demar (PSD)- 434 votos

Ronaldo Veiga (PV)- 317 votos

João da Banda (PSDB)- 238 votos

Gilson Carlos (PSDB)- 197 votos