quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

TAQUARITINGA MULHER



Cidade desabrochada,
Que todo mundo ama e quer,
O ser que em teu solo pisa
Se encanta com tua brisa,
Taquaritinga mulher !

Talhe de fêmea bonita,
Com silhueta delgada;
Vives em minha cabeça,
Mesmo que eu não te mereça
Tu és minha namorada.

O cheiro que tu exalas,
No esvair da madrugada,
Me faz um fã tão cioso
Desse teu corpo cheiroso,
Como o da mulher amada.

Hospitaleira e charmosa,
Astro de raro esplendor,
Lembras, com teus lindos montes,
Teus vales e tuas fontes,
Os seios do meu amor.

VALDIR LEAL



Nenhum comentário:

Postar um comentário