segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Não dá pra ficar calado! O prefeito de Taquaritinga do Norte tem acabado com muitas coisas em nossa cidade.


Por : Roberto Celestino


Estamos às vésperas do ano em que acontecerão as Eleições Municipais em nosso país.
À medida que o pleito se aproxima, os discursos se acaloram em blogs, rádios e afins. Também nos “papos de calçada” o assunto quase nunca toma outro rumo, é sempre a boa e velha política que ocupa o pódium das conversações.
Na nossa cidade, a oposição ao prefeito bate intensamente na administração, aliás, depois de tanto ter apanhado tenta a todo custo nocautear o grupo opositor e ocupar o lugar deste.
Diante de tantas críticas em relação à administração do Prefeito Evilásio Araújo, eu abstraí uma frase muito usada pelos críticos do prefeito a fim de estudar minuciosamente o caso. A frase é: O prefeito está acabando com tudo em Taquaritinga!
Comecei a analisar a administração do prefeito Evilásio Araújo e, concluí:
A afirmação não é de toda verdadeira, porque ele não acabou com tudo, mas, já acabou com muita coisa.
Agora tenho que concordar com quem eu discordava, pois em outra análise, percebi que em relação a outras gestões, essa administração foi a que mais acabou “coisas” na nossa cidade.
Embora muitos dos que isso afirma não entram em detalhes, eu direi sem nenhum problema algumas das muitas coisas que essa administração tem acabado, são muitas, mas, citarei apenas algumas.
Coisas que essa administração tem acabado:
  • Com as ruas esburacadas do ZAMBA, CAPIBARIBE, AMORIM, VILA DO SOCORRO, PÃO DE AÇÚCAR, GRAVATÁ, e outras localidades onde os moradores eram torturados pela poeira, lama e esgoto a céu aberto; 
  • Acabou com o atoleiro da estrada do matadouro público fazendo o calçamento e beneficiando as famílias daquela localidade;
  • Com o desconforto de alunos que jogavam em quadras descobertas, tormento ao sol, e cancelamento de jogos durante o tempo chuvoso;

  • Com o lamaçal e a poeira em frente ao CAIC que eram tormentos para alunos, pais e professores;
  • Acabou com o péssimo acesso que existia na comunidade do Açudinho, onde além de melhorar o acesso, deu novo visual aquela comunidade;
  • Também acabou com o acesso horrível da Comunidade de Placas, trazendo calçamento e dignidade para a comunidade;
              
  • Com os Postos de Saúde sucateados, acabou com a espera dos moradores de localidades onde não tinham esses postos, trazendo Postos de Saúdes modernos para a população;
                       
  • Acabou com os móveis sucateados da creche do Caic e equipou com móveis novos;
                                          
  • Acabou com a agonia de usuários do transporte que aguardavam no sol e na chuva, construindo abrigos em várias localidades;
                                         
  • Acabou com o transtorno de muitas famílias que não tinham onde velar os corpos de seus entes queridos, construindo um velório público;
                                   
  • Acabou com a velha Rampa do Pepê, que apesar de ter sido a única coisa que a oposição apresenta com orgulho como iniciativa deles, estava deteriorada por ter sido construída com madeira, material que não resiste à ação do tempo. Hoje é de concreto;
                                  
  • Acabou com a forma inadequada de recolher o lixo da cidade em caminhão aberto soltando lixo ao vento. Hoje é recolhido em compactador;
                                
  • Acabou e está acabando com o esgoto aberto da Beira-Rio.
                         
  • Acabou (em parceria com o governo) com a espera dos moradores de gravatá em relação ao acesso do distrito. Hoje asfaltado.


É, eu não poderia ficar calado. O prefeito de Taquaritinga acabou e está acabando com muita coisa na cidade. Existem muitas outras coisas aqui que não listei, mas, acho que isso é suficiente.
Então, por que será que criticam tanto?
Talvez tenha sido porque entre as coisas que ele acabou, estejam algumas coisas que favoreciam interesses pessoais de pessoas que buscam apenas seus interesses e não o interesse do povo.
Acabem com essa inveja, e comparem o que ainda não foi feito com o que já foi, analisem, pesem e, sejam sensatos.
Por hoje eu acabei.


Até o próximo artigo, se não acabarem comigo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário