quarta-feira, 18 de maio de 2011

Homem é preso depois de manter a filha de três anos sob cárcere privado em Petrolina



Roseanne de AlbuquerqueNúcleo SJCC

Após manter uma filha de três anos de idade sob cárcere e ameaça de morte por cerca de dez horas, Cristiano Marcos Barbosa, 24, morador do bairro Mandacaru, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foi preso na manhã desta quarta-feira (18), através de uma ação conjunta entre policiais do Grupo de Ações Táticas (GATI) do 5o Batalhão da PM e militares do Núcleo de Inteligência do Sertão 4.

De acordo com informações da polícia, o homem teria se descontrolado após uma discussão com sua companheira, Antonia Vilma da Silva, 26. Durante o período em que manteve a criança sob ameaça, o acusado estava armado com uma faca, um facão e ameaçava colocar fogo na residência. Ele chegou a cortar a mangueira do botijão de gás.

“A ocorrência teve início na noite de ontem, terça-feira (17). Como ele estava bastante agressivo, talvez sob efeito de entorpecentes, deixamos o policiamento afastado e o GATI foi preparado para qualquer intervenção. Dois parentes próximos, no caso a mãe dele e uma irmã, tentaram ajudar nas negociações. O serviço de inteligência atuou o tempo todo, conseguiu fazer com que Cristiano Barbosa se rendesse, sem ser necessária o uso de força qualquer. Depois disso, fizemos uma varredura no local e encontramos um cachimbo, que pode ter sido utilizado para o uso de droga , um facão, uma faca e o botijão com a mangueira cortada”, explica o capitão do GATI, Marcondes Ferraz.

A mãe do acusado, Francisca Maria Barbosa, disse que toda a confusão teria começado por questões de ciúmes. “Quando ele chegou do trabalho, viu a esposa recebendo droga de um homem, através de uma cerca que tem ao lado da casa dele. Ficou nervoso, foi reclamar com Vilma, ela negou e ele questionou se ela estava usando droga. A partir daí teria começado a discussão. Ele botou na cabeça que ela estava traindo ele. Eu disse que ele não poderia pensar assim , que ele não tinha como provar, mas ele disse que tinha certeza. Ele mandou ela sair de casa e disse que ia ficar com a criança. Chegou a pedir para eu cuidar da filha dele, que iria resolver a situação junto ao Conselho Tutelar. Não imaginei que ele fosse fazer isso”, desabafou a mãe de Cristiano.

Cristiano Barbosa foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil para adoção dos procedimentos legais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Taquaritinga : Jaqueline Vaqueira adere ao Grupo Calabar e é pre candidata a Vereadora

 Na tarde desta quarta feira ( 10/02 ) a jovem comerciante Jaqueline Vaqueira aderiu ao Grupo Calabar se filiando ao PSB ( Partido Socialis...