sexta-feira, 4 de março de 2016

PF cumpre mandado de condução coercitiva contra o ex-presidente Lula



A Polícia Federal deflagrou a 24ª fase da Operação Lava Jato na manhã desta sexta-feira (4). A ação acontece em endereços ligados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho Fábio Luiz Lula da Silva, conhecido como Lulinha. Nesta fase, a PF investiga se as empreiteiras e Bumlai beneficiaram o ex-presidente através do tríplex no Guarujá e do sítio em Atibaia. A operação foi batizada de Alétheia em referência a uma expressão grega que significa busca da verdade. O ex-presidente foi levado em um carro descaracterizado para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para prestar depoimento. O ex-ministro e atualmente deputado federal Orlando Silva confirmou informação.

Também serão ouvidos Marisa, mulher de Lula, os filhos do casal Marcos Cláudio, Fábio Luis e Sandro Luis, e a nora Marlene Araújo.
Lula foi alvo de busca e apreensão e condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento e liberada. Ele deixou a sua casa no carro da PF. Por volta das 6h, quatro carros da PF entraram no prédio de Lula, em São Bernardo, enquanto cerca de 10 agentes permaneceram na portaria. O ex-presidente estava 'tranquilo' no momento da chegada dos agentes, conforme informações do jornal Folha de S. Paulo. Os advogados do ex-presidente haviam entrado com habeas corpus para evitar o mandado, mas o documento valia só para São Paulo e o juiz federal Sergio Moro despacha de Curitiba. 
Na lista da PF se encontram ainda o empresário Fernando Bittar e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, também é alvo de condução coercitiva. As empreiteiras OAS e a Gamecorp (do filho de Lula, Fabio Luis), também são alvos.
Ao todo, 44 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva estão sendo cumpridos no Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. Participam da ação cerca de 200 agentes da PF e 30 auditores da Receita Federal. A determinação é do juiz federal Sergio Moro, de Curitiba.
Estão sendo investigados crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros, relacionados à Petrobras. A Lava Jato relevou esquemas criminosos que envolve o pagamento de propina por grandes empreiteiras em troca de obras na Estatal a partidos políticos.
Confira abaixo a lista completa de mandados que a Polícia Federal cumpre nesta sexta:
Rio de Janeiro (Capital): dois mandados de busca e apreensão
Bahia (Salvador): cinco mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva
São Paulo:
Capital – 18 mandados de busca e apreensão e seis conduções coercitivas
SBC – cinco mandados de busca e apreensão e duas conduções coercitivas
Guarujá – um mandado de busca e apreensão
Diadema – um mandado de busca e apreensão e uma condução coercitiva
Santo André – um mandado de busca e apreensão
Manduri – um mandado de busca e apreensão
Atibaia – dois mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário