segunda-feira, 16 de novembro de 2015

CONFIRMADO: RIO DOCE ESTÁ COMPLETAMENTE MORTO


Como se não bastante as 9 mortos e 18 desaparecidos contabilizados até agora, o desastre provocado pelo rompimento das barragens em Mariana, Minas Gerais, está causando uma preocupação ambiental de proporções jamais vistas em território brasileiro. O Rio Doce é um dos mais importantes do estado mineiro, e é a maior vítima. Pesquisadores já confirmaram que o rio está morto.
Para confirmar isso, uma análise em laboratório feita com amostras de água do rio encontrou uma alta concentração de partículas de metais pesados como chumbo, alumínio, ferro, bário, cobre, boro e mercúrio.  “Parece que jogaram a tabela periódica inteira”, disse  Luciano Magalhães, diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Baixo Guando, órgão responsável pela análise do rio. Ele explica que a água já não pode ser utilizada para nada, nem para irrigação muito menos para consumo animal e humano. A situação foi ainda mais agravada por causa da lama. Os pesquisadores acreditam que espécies endêmicas inteiras foram soterradas para lama. De fato, a quantidade de lama que caiu no rio é colossal (suficiente para encher 20 mil piscinas olímpicas), e bloqueou o curso natural do rio. Com isso, lagoas que dependem do rio devem secar em breve.
Rio Doce está completamente morto
Pescadores criaram uma força-tarefa para tentar minimizar o problema. Eles estão atuando em regiões da bacia hidrográfica do Rio Doce que ainda não foram afetadas, transferindo os peixes para lagoas que não correm riscos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário