sábado, 18 de junho de 2016

Conta secreta na Suíça derrubou ministro


1-394

A Operação Lava Jato encontrou uma conta na Suíça do ex-ministro da Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB-RR). Os investigadores já encontraram um extrato da conta bancária da qual ele é beneficiário e suspeitam que ela era usada para recebimento de propina no exterior. A informação é da Folha.

Ao tomar conhecimento do fato, ele comunicou ao Palácio do Planalto e decidiu sair do ministério. Anteontem ele deixou o governo interino de Michel Temer (PMDB).

Em sua delação premiada, o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado afirmou que repassou R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014 a Henrique Alves. (Magno Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário