quarta-feira, 28 de junho de 2017

Hospital demite funcionário que filmou ator Fábio Assunção no Sertão de PE


De acordo com a unidade de saúde, o funcionário, que divulgou as imagens nas redes sociais 'feriu o código de ética, a imagem da instituição e do referido ator'.

Hospital emitiu nota sobre a demissão do funcionário na terça-feria (27) (Foto: Hospital Memorial de Arcoverde/Divulgação)Hospital emitiu nota sobre a demissão do funcionário na terça-feria (27) (Foto: Hospital Memorial de Arcoverde/Divulgação)
Hospital emitiu nota sobre a demissão do funcionário na terça-feria (27) (Foto: Hospital Memorial de Arcoverde/Divulgação)
O Hospital Memorial de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, demitiu na terça-feira (27) o funcionário que filmou o ator Fábio Assunção da unidade de saúde. De acordo com o hospital, o funcionário, que divulgou as imagens nas redes sociais, "feriu o código de ética, a imagem da instituição e do referido ator". Fábio foi levado para o local no sábado (24) após se envolver em uma briga durante uma festa junina, segundo a polícia.
Por meio de nota, o hospital ainda destacou que o funcionário realizou a filmagem sem o consentimento e/ou conhecimento da diretoria da unidade de saúde. A direção do Memorial de Arcoverde lamentou "profundamente essa infeliz iniciativa, condenando veementemente tal atitude". (Veja íntegra da nota acima).

Ator preso por desacato

O ator Fábio Assunção foi detido na madrugada de sábado (24) em uma festa de São João em Arcoverde. Segundo Wanderley de Carvalho, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, o ator agrediu pessoas e desacatou policiais. Ele também teria quebrado um dos vidros da viatura em que foi levado. Após ser ouvido em uma audiência de custódia, ele pagou fiança e foi liberado.
Em seu Instagram, o ator afirmou: "Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Era uma noite de celebração. Tínhamos acabado de exibir nosso documentário filmado no sertão pernambucano no palco principal do festival de São João. Então fomos com a equipe confraternizar e a situação saiu do controle. Infelizmente aconteceu uma briga. Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita - o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados. Agora estou bem. Agradeço pelas tantas manifestações de carinho e apoio que recebi. Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário