quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

'Perdi uma cliente, mas ganhei um casal de amigos!' diz advogado que evitou divórcio após conselhos


A história foi postada no Facebook do jurista nesta quarta-feira (24), e em menos de 24 horas a publicação tem 14 mil comentários, mais de 22 mil compartilhamentos e cerca de 130 mil curtidas

Essas perguntas fizeram com que o advogado 'perdesse' a cliente / Reprodução Facebook

Essas perguntas fizeram com que o advogado 'perdesse' a cliente

Reprodução Facebook

Do JC Online

"Perdi uma cliente, mas ganhei um casal de amigos!. Foi assim que o advogado Rafael Gonçalves, morador de São Sebastião Do Paraíso, em Minas Gerais, compartilhou em sua rede social uma das diversas histórias dos casos que acompanha. Mas, desta vez, o final foi diferente do esperado, tanto para ele como para sua cliente - que desejava o divórcio. A história foi postada no Facebook do jurista nesta quarta-feira (24), e em menos de 24 horas a publicação tem 14 mil comentários, mais de 22 mil compartilhamentos e cerca de 130 mil curtidas. 
No dia 16 de fevereiro o advogado foi procurado por uma mulher que estava buscando a justiça para se divorciar do esposo. Rafael disse em sua publicação que esse caso era diferente dos demais. Segundo ele, era perceptível que ainda restava amor entre sua futura cliente e o parceiro. "Ouvi pacientemente a cliente sobre os motivos que a levavam ao divórcio, e como na maioria das ações desse tipo, era perceptível a ligação do casal e o amor que ainda existia entre as partes", descreveu. 
Segundo o advogado, o casal passava por um momento de conflito único e que a decisão, para ele, parecia precipitada. Ele continuou a publicação se perguntando 'quem era ele' para se meter neste determinado tipo de situação. "Quem sou eu pra meter a colher na relação do casal? Quem sou eu pra julgar a decisão de ambos? SOU O ADVOGADO!", contou. Em sua conclusão, Rafael disse que aprendeu ainda na faculdade que deve resolver os conflitos e orientar suas partes antes da decisão de partir pro campo jurídico e foi isso que ele fez. 


O jurista anotou em um papel toda documentação necessária para o divórcio e fez um pequeno questionário - com quatro perguntas - para que a cliente respondesse a si mesma se aquela era a melhor opção. As perguntas eram as seguintes: O que você fez pra tentar salvar seu casamento?! O divórcio é a melhor opção hoje? Quais são suas maiores influências hoje?! Quantos momentos vocês superaram juntos e como se conheceram?
"Se após responder e analisar a situação com calma, longe do turbilhão de informações que estava lhe passando pela cabeça naquele instante, ainda assim resolvesse se divorciar, que bastava me trazer a documentação e eu botaria um fim naquela história", escreveu.
Porém, nesta quarta-feira (24), o casal voltou ao escritório e devolveu a anotação, dispensando os serviços do advogado. "Resumindo: Perdi a cliente, mas ganhei um casal de amigos. São coisas simples da vida que valem a pena. E que essa história dure o tempo de Deus", finalizou.
REDES SOCIAIS - Muitos usuários elogiaram o posicionamento do advogado. "Parabéns Rafael Gonçalves, se todos pensassem assim, teríamos menos divórcio. Com certeza, vc terá outras compensações. Deus te dê sabedoria", disse uma usuária.

"Tiro meu chapéu pra você, você é mais do que um profissional, é um Grande Ser Humano. Continue assim. O dinheiro vale bem menos do que muita coisa. Você poderia simplesmente ter embolsado uma grana, mas preferiu salvar uma família. Que Deus lhe abençoe, e te conserve esse profissional e ser humano espetacular", comentou outra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário