quinta-feira, 30 de março de 2017

Sub prefeito de Pão de Açúcar e vereador visita aquela que seria uma barragem


Essa semana, o vereador Oscar Miguel (PSL) e o sub prefeito de Pão de Açúcar Gilson Carlos, estiveram visitando o que seria uma barragem, que iria abastecer a população do distrito de Pão de Açúcar.

La poderão constatar que a barragem na verdade é uma piada de mal gosto. Construída no início dos anos 90, a barragem do estreito como é conhecida iria levar água encanada para o distrito de Pão de Açúcar. A "adutora" de Pão de Açúcar chegou até a ser inaugurada pelo grupo que hoje se encontra na oposição, com banho em plena praça pública do distrito, mas a realidade é que a barragem não passa de uma pequena mureta de menos de 20 metros de cumprimento, e 2 metros de altura, que hoje se encontra totalmente assoreada.

"Quando membros da oposição falam que fizeram grande obras hídricas aqui no município, eu achei que ia encontrar a barragem de sobradinho aqui no estreito, mas se isso é o que eles chamam de barragem realmente eu não sei o que é uma barragem", falou o vereador Oscar.

Inauguração da adutora da barragem
 do estreito em Pão de Açúcar
"Eu lembro como se fosse hoje, membros do grupo político que hoje fazem parte da oposição, falando que iriam resolver o problema de falta de água de Pão de Açúcar com essa barragem, mas na realidade o que se viu foi uma vergonha, uma obra eleitoreira, na tentativa de eleger quem mais perdeu eleição aqui em Taquaritinga. Se não fosse as obras de encanação da barragem de Tabocas trazida pelo grupo calabar quando era oposição em 1998, e os filtros que consegui com o ex deputado Augustinho Rufino, Pão de Açúcar até hoje não tinha adutora. Mas esse grupo sempre foi assim, sempre fez política enganando o povo, foi assim com essa barragem se é que podemos chamar aquilo de barragem, era assim com a ambulância naquele tempo, que só podia usar quem era do partido deles, esgotos em cima dos calçamentos, esse era o modo gravatinha de governar Taquaritinga, obra mal feitas e muita perseguições, ao ponto de descerem estudantes que não votavam no grupo deles do carro que levava os alunos para escola em Taquaritinga", falou Gilson Carlos sub prefeito de Pão de Açúcar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário