domingo, 30 de outubro de 2016

Homem é preso por obrigar mulheres a fazer sexo em seleção de emprego


Acusado, que usava o site OLX, foi preso em flagrante numa sala comercial na Boa Vista
Publicado em 30/10/2016, às 19h13
O acusado informava que as candidatas passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas / Imagem retirada do OLX/divulgação Polícia Civil PE
O acusado informava que as candidatas passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas
Imagem retirada do OLX/divulgação Polícia Civil PE
Da Editoria de Cidades

Um homem foi preso em flagrante numa sala comercial no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife, por ofertar vagas de emprego a mulheres e, no processo de seleção, obrigá-las a fazer sexo com ele. O caso aconteceu na última sexta-feira (28). O autônomo Antônio Ricardo Ribeiro anunciava a oportunidade de trabalho como massoterapeuta no site OLX.
O acusado informava, no anúncio, que as candidatas - que precisavam ter entre 18 e 25 anos - passariam por um treinamento caso não tivessem a experiência na área. Mas o treinamento, na verdade, consistia na prática de sexo com elas.

DENÚNCIA

Os responsáveis pela prisão foram policiais civis lotados na 1ª Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, área central da capital, sob coordenação da Delegada Teresa Nogueira. A denúncia foi feita por três jovens, tendo uma delas sido obrigada a fazer sexo com o acusado, com uso de violência. No depoimento, elas também relataram que havia uma outra jovem, da Paraíba, que estava sendo obrigada a permanecer no local.
Antônio Ricardo disse ter vindo de Florianópolis para o Recife fugindo do frio. Em Pernambuco, trabalhou numa pousada em Porto de Galinhas, no Litoral Sul do Estado. No momento estava no Recife fazendo um curso de massagem tântrica e, por isso, resolveu investir no setor e formar uma equipe de massoterapeutas usando o site OLX, segundo relatou à polícia. Após a autuação em flagrante, o acusado foi encaminhado para a audiência de custódia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário