sábado, 5 de novembro de 2016

Pernambuco ainda não tem recursos para pagar 13º salário


miltom

O secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho, admitiu que o Estado ainda não reuniu dinheiro suficiente para pagar o 13º salário dos servidores estaduais. “Nós não estamos ainda com todos os recursos garantidos para o pagamento do 13º desse ano. São mais de R$ 2 bilhões que precisamos ter para pagar até o fim do ano e esse esforço ainda está sendo feito”, disse.

Paralisação dos servidores

A declaração foi dada durante entrevista ao quadro Passando a Limpo, em que o secretário comentava a paralisação de 24h decretada por parte dos servidores estaduais para esta sexta. O secretário questiona movimento da categoria, critica dirigentes sindicais e lamenta mobilização. “Nós estamos fazendo em Pernambuco um esforço incomum para manter os salários em dia, mas os servidores não atentaram ainda para o tamanho da crise do país, estão querendo aumento de salário num momento que a luta do estado deveria ser pagar os salários em dia”.

Continua…


Sobre cortes no ponto

O secretário de Administração Milton Coelho ainda acrescenta: “Se a gente olhar pro lado e vir à situação do país, quem é servidor público e está recebendo em dia está num paraíso”. Ouça a entrevista completa:
Sobre cortes no ponto

O secretário de Administração também comentou a possibilidade de desconto nos salários de quem aderiu à paralisação. “Estamos analisando junto com a Procuradoria do Estado essa decisão do Supremo. Não vamos poder nos furtar de cumprir a lei, vamos tomar sempre as medidas que forem cabíveis pra manter o funcionamento daqueles serviços que o estado tem que prestar para a população”, disse.

Corte de gastos

Para Milton Coelho, “o Governo de Pernambuco tem tomado diversas medidas de enxugamento, mas já é um estado muitíssimo enxuto”. Comparando com o enxugamento que está sendo proposto no Rio de Janeiro, o secretário reafirmou que “esse enxugamento vem sendo feito há muito tempo”. “O que temos feito é melhorar os gastos. Estamos trabalhando para a manutenção dos direitos dos servidores, garantir pagamento em dia”, disse.  (Jornal do Commercio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário