quarta-feira, 18 de maio de 2016

PE tem 27 mortes confirmadas por arboviroses em 2016. Já são mais de 110 mil casos suspeitos


Imagem de larvas do mosquito Aedes aegypti (Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem)
Já são 27 mortes confirmadas por arboviroses (chicungunha, dengue e zika vírus) em Pernambuco no período de 3 de janeiro a 14 de maio deste ano. Entre os óbitos, 21 casos tiveram resultado laboratorial positivo para chicungunha outros seis para dengue. Ao todo, o Estado já notificou nesse mesmo período 110.433 casos suspeitos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegptyi. Os números foram divulgados no final da manhã desta quarta-feira (18) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

O Estado também notificou 254 casos de formas graves das arboviroses, com 57 confirmações para as complicações e 1 descarte. Com relação às mortes, foram 221 óbitos suspeitos notificados, com os 27 casos confirmados já mencionados acima. Uma morte registrada nesse período foi descartada para as arboviroses. As demais estão em investigação. Em 2015, no mesmo período, foram 35 óbitos suspeitos de dengue e 12 com resultado laboratorial positivo para dengue.
Para a dengue, foram notificados 73.678 casos da doença. Desses, o órgão confirmou 14.591 casos e descartou outros 16.549 casos. O número, segundo a SES, representa uma diminuição de 12,11% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 83.830 (sendo 38.565 confirmados).
Já em relação a chicungunha, foram notificados 27.015 casos. Desses 5.537 foram confirmados e 7.488 descartados. Em 2015, foram notificados 2.605 casos suspeitos de chikungunya, sendo 450 confirmados (3 importados, 2 no município de Iguaraci e 1 em Itaíba, todos com infecção no estado da Bahia; e 447 confirmados autóctones, sendo 220 no Grande Recife) e 589 casos foram descartados.
No mesmo período, Pernambuco notificou 9.740 casos suspeitos de zika em 145 municípios e em Fernando de Noronha. Desses casos, 23 foram confirmados e 171 descartados. Em 2015, desde o início das notificações obrigatórias de zika, em 10 de dezembro, foram notificados 1.386 casos da doença. Ao todo, 46 casos da doença foram confirmados.
Os exames foram feitos pelo Instituto Evandro Chagas (IEC/SVS/MS) e Fundação Oswaldo Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário