quinta-feira, 19 de maio de 2016

Ex-prefeito Adalberto Teixeira Filho (Betinho) comete suicídio



JUPI: A população da pequena cidade de Jupi, no agreste pernambucano, ainda busca respostas para entender os reais motivos que levaram o ex-prefeito e delegado de polícia aposentado Adalberto Teixeira Filho, mais conhecido como Betinho, que tinha 58 anos, a  tirar sua própria vida no início da noite desta quarta-feira (18). 
Segundo informações preliminares, Betinho passou o dia na rua, e ao chegar em sua residência, localizada na Rua Dirceu Teixeira, onde morava com a família, ele passou direto para o quarto e minutos depois ouviu-se o disparo de arma de fogo, vindo a vítima a se suicidar com um tiro no ouvido. 
Betinho, que foi prefeito em dois mandatos, era uma pessoa muito querida em Jupi, integrante de tradicional família política, era filho de Adalberto Teixeira que também foi prefeito na cidade e a sua esposa, Rivanda, é a principal candidata da oposição a corrida eleitoral para à prefeitura da cidade e tinha a vítima como o seu principal articulador político. 
As causas que levaram Betinho a cometer o suicídio ainda são desconhecidas e a Polícia Civil irá investigar o caso, para tentar descobrir os motivos que levaram o ex-prefeito a ceifar sua própria vida. Em breve maiores informações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário