terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Bebê encontrado em caixa de sapato passa bem, mas precisa de doações

Davi nasceu com 2,3 quilos e 44 centímetros  / Sérgio Bernardo/JC Imagem

Davi nasceu com 2,3 quilos e 44 centímetros

Sérgio Bernardo/JC Imagem


Daqui a 120 dias, o recém-nascido encontrado na segunda-feira (1º) dentro de uma caixa de sapato na Avenida Recife, no bairro de Areias, Zona Oeste da cidade, será inserido no Cadastro Nacional de Adoção, caso a família biológica não seja identificada. Se for encontrada, será feita uma tentativa de acolhimento na família de origem, segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O bebê está na Maternidade Professor Arnaldo Marques, no Ibura, Zona Sul da cidade, e precisa de doações, como fraldas, roupas e lençóis, além de outras peças do enxoval para recém-nascido e leite materno. 
Quando receber alta, Davi (nome dado pelos profissionais da unidade de saúde que prestaram a ele os primeiros cuidados) será encaminhado para uma casa de acolhimento do Recife. “Ele está em boas condições de saúde. Passou por todo o procedimento de rotina e exames iniciais para recém-nascidos. Pelas condições em que foi encontrado, Davi está fazendo uso de antibiótico profilático (medida preventiva)”, diz a enfermeira Íris Calado, da Maternidade Professor Arnaldo Marques. 
Ela ressalta que a alta de Davi depende dos resultados dos exames de sangue, mas inicialmente está prevista para daqui a 10 dias. “Nesse tempo, ele também deve ganhar peso, o que é muito importante, já que nasceu PIG (pequeno para idade gestacional)”, informa. Os profissionais estimaram que a mãe biológica de Davi (ainda desconhecida) deve ter dado à luz o menino com 37 semanas de gestação. Ele nasceu com 44 centímetros e 2,3 quilos. O ideal é que saia da maternidade quando atingir, no mínimo, 2,5 quilos. “Davi é muito calminho. Praticamente não chora. Estamos o acolhendo da melhor forma possível”, conta Íris. 
Para se desenvolver bem, ganhar peso mais rapidamente e ficar menos tempo na unidade de saúde, Davi precisa de leite materno, alimento essencial para proteger bebês de infecções, diarreias e alergias. As mães que produzem leite em excesso podem entrar em contato com as Maternidades Professor Arnaldo Marques (onde é feita a retirada do leite) e Bandeira Filho, em Afogados, Zona Oeste do Recife. 
Nos próximos dias, Davi passará por toda a triagem destinada ao recém-nascido, que inclui os testes da orelhinha, do pezinho e do coração. “Os exames serão realizados na maternidade”, diz a gerente da unidade, Erilane Fonseca. Quem quiser fazer doações para Davi deve entrar em contato com o setor de Serviço Social da Maternidade Professor Arnaldo Marques (3355-1801). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário