sexta-feira, 5 de abril de 2013

RÁDIO CAIC É SUCESSO EM TAQUARITINGA DO NORTE


Radialistas mirins entrevistam o Prefeito e o Promotor na Rádio CAIC


Os intervalos de recreio na Escola Francisca Moura (CAIC), agora estão mais interativos. Após a instalação da Rádio CAIC os alunos deste educandário estão conseguindo unir lazer com conhecimento e tornando o recreio bem mais educativo.
Na manhã desta sexta-feira (05/abril), os radialistas mirins Gustavo Henrique e Cosmo Weynn entrevistaram o Promotor de Justiça Dr. Iron Miranda dos Anjos que foi indagado sobre sua vida estudantil, porque escolheu esta profissão, principais desafios que um promotor enfrenta e também sobre a polêmica questão das barracas próximas ao CAIC, onde explicou o motivo da interdição das mesmas e também declarou que está apurando e pediu à polícia que investigue a autoria do protesto realizado pelos barraqueiros esta semana, que culminou com a suspensão das aulas na creche. O promotor também falou da importância de combater as drogas e elogiou o trabalho que a direção do CAIC vem fazendo junto à comunidade estudantil.
O outro entrevistado foi o prefeito Evilásio Araújo, que foi indagado sobre a importância e as atribuições de um prefeito, sobre seus tempos de estudante e aconselhou os jovens estudantes a se dedicarem aos estudos, “pois a educação é à base de tudo, pois só poderemos chegar a algum lugar através da educação”, declarou.
“Esta iniciativa nossa de criarmos a rádio tem por objetivo desenvolver a convivência social dos alunos, fazendo os mesmos não se intimidarem quando forem falar em público, e perderem o medo de se expressarem e debaterem suas ideias” declarou o professor Marcos Augusto, diretor do CAIC e idealizador desta novidade que está fazendo a diferença na maior escola de Taquaritinga do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Porteiro de Escola é assassinado em Santa Cruz do Capibaribe

 Mais um homicídio foi registrado em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional de Pernambuco, durante a tarde deste domingo (23), mais...