quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

VIATURAS SUCATEADAS DIFICULTA TRABALHO DA POLÍCIA MILITAR NO AGRESTE DE PERNAMBUCO



 Para que a segurança pública apresente resultados precisos no combate à violência principalmente no Agreste de Pernambuco, se faz necessário oferecer melhores condições de trabalho aos policiais que arriscam suas vidas em defesa da sociedade. Mas ao contrário disso, diversos problemas são encontrados nas estruturas dos batalhões da Polícia Militar, a exemplo do sucateamento de grande parte da frota de veículos do 24º Batalhão.
 Não é difícil encontrar circulando pelas ruas das cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus, Jataúba, Taquaritinga do Norte, Toritama e Vertentes, viaturas em péssimas condições de uso, arriscando a vida dos profissionais que as utilizam e aumentando consideravelmente os riscos de possíveis acidentes.
 As imagens obtidas pela reportagem do Agreste Notícia mostram bem a situação da caminhonete S10 utilizada pela guarnição lotada na cidade de Vertentes que se encontra com os bancos rasgados, estrutura danificada, pneus lisos, lanternas quebradas, faróis e lambadas queimadas, rádio comunicador sem funcionamento e até mesmo ausência da placa de identificação dianteira, enquanto a traseira encontrasse com o lacre traseiro rompido.
 Outra imagem que comprova o sucateamento da segurança pública é de uma viatura do GATI – Grupo de Apoio Tático Itinerante – que furou o pneu e devido não ter suporte e viatura ficou estacionada durante horas as margens de uma rodovia.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário