sábado, 18 de fevereiro de 2017

Mais de 1,3 mil diplomas falsos foram vendidos em Pernambuco


Diploma

Mais de 1,3 mil diplomas falsos foram vendidos no estado de Pernambuco. O quantitativo foi descoberto pelo Ministério da Educação (MEC) a partir dos trabalhos da CPI das Faculdades Irregulares, instalada na Assembleia Legislativa em 2015. Nesta quarta-feira (15), o deputado Rodrigo Novaes (PSD), que esteve à frente do grupo, participou de reunião ) com o secretário da regulação e supervisão da educação superior do MEC, Maurício Romão.

“Foram descobertos mais de 1.300 diplomas de vários cursos de pessoas que nunca entraram em sala de aula”, disse o parlamentar. Os documentos foram emitidos através de instituições como a Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso) e a Faculdade de Desenvolvimento e Integração (Fadire). Após o fim da CPI, em junho, o relatório final foi encaminhado para alguns órgãos, incluindo o MEC. A investigação por parte do ministério ainda está em andamento. (Fonte: Diário de Pernambuco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário