quarta-feira, 11 de maio de 2016

Dilma sairá do Planalto pelo térreo e fará discurso para condenar 'golpe'

A presidenta Dilma Rousseff e o ministro Jaques Wagner aparecem em uma das janelas do Palácio do Planalto
A presidenta Dilma Rousseff e o ministro Jaques Wagner aparecem em uma das janelas do Palácio do Planalto
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
A presidente Dilma Rousseff deixará o Palácio do Planalto, caso seja afastada pelo Senado, com um ato político para denunciar o que considera um golpe contra seu governo. A notificação sobre a decisão dos senadores deve chegar à presidente na manhã desta quinta-feira (12).

O Palácio do Planalto prepara uma cerimônia no gabinete presidencial, no terceiro andar do prédio, onde Dilma receberá o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros, autoridades e personalidades aliadas para assinar a notificação, que será entregue pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO).

Nenhum comentário:

Postar um comentário