quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Africanos mantêm hegemonia na São Silvestre

O queniano Stanley Kipleting Biwott foi o campeão / Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

O queniano Stanley Kipleting Biwott foi o campeão

Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas


As primeiras colocações da 91ª Corrida Internacional de São Silvestre, que ocorreu nesta quinta-feira (31), na capital paulista confirmaram a hegemonia dos atletas africanos na prova. Entre as mulheres, a campeã foi a etíope Wude Aylew Yimer com o tempo de 54m01s, seguida por Delvine Relin Meringor, do Quenia. Em terceiro lugar, ficou Failuna Abdi Matanga, da Tanzania. As quatro primeiras posições no masculino foram divididos entre atletas quenianos e etíopes. O queniano Stanley Kipleting Biwott foi o campeão com 44m31s. Em seguida chegaram Leul Aleme e Feyisa Gemechu, ambos da Etiópia e, em quarto, Edwin Kipsang, do Quênia.
Três brasileiros conquistaram posições no pódio. No pelotão de elite feminino, Sueli Pereira da Silva e Joziane da Silva Cardoso ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente. No masculino, o mineiro Giovani dos Santos conquistou pela quarta vez um lugar no pódio, ficando em quinto lugar nesta edição. 
Antes da prova principal, às 8h, participaram atletas cadeirantes, mas ainda não divulgado o resultado oficial da categoria no masculino. No feminino, a única participante foi Aline dos Santos Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário