sábado, 16 de outubro de 2010

SPORT VENCE, NAUTICO PERDE



marcelinho paraiba sport gol coritibaMarcelinho supera Édson Bastos em cobrança de
pênalti (Foto: W. Correia Neto / Agência Estado)
Em um jogo de muitos gols, cartões e polêmicas, o Sport bateu o Coritiba por 3 a 2, pela 29ª rodada da Série B, e segue vivo na disputa por uma vaga no G-4, agora com 46 pontos. Apesar da derrota, o time paranaense se mantém na liderança isolada da competição, com 56 pontos. Com dois gols de Marcelinho Paraíba, ambos de pênalti, e um do artilheiro Ciro, o Leão continua sem nunca ter perdido para o Alviverde na Ilha do Retiro. Marcos Aurélio e Leonardo diminuíram para os visitantes.
Na próxima terça, o Coxa recebe o Vila Nova, às 21h, no Couto Pereira. No mesmo dia, às 21h50m, o Leão visita o Duque de Caxias, em São Januário.

Na primeira etapa, massacre vermelho e preto
A partida começou com um verdadeiro bombardeio ao gol de Édson Bastos. Com a necessidade de vencer para não se afastar ainda mais do G-4, o Sport se lançou ao ataque com ótima presença de Marcelinho Paraíba e Élton. Nos vinte primeiros minutos, além de afastar vários cruzamentos, o goleiro alviverde defendeu, de mão trocada, uma bomba de Élton e um chute de Dadá no canto esquerdo, ambos de fora da área. O camisa 2 rubro-negro ainda fez excelente jogada pela direita, mas Adriano, mesmo adiantado, não chegou a tempo de empurrar para a rede.
Com posse de bola mínima, o Coxa tentava levar perigo nos chutes de fora da área. Leandro Donizete, Léo Gago, Leonardo e Enrico arriscaram sem sucesso. As oportunidades mais concretas do alviverde passaram pelos pés de Triguinho. Além de uma boa jogada na linha de fundo, o lateral invadiu a área, aos 31, e chutou cruzado para fora.
O Leão, que pouco antes quase abrira o placar em bom chute de primeira de Marcelinho Paraíba, respondeu efetivamente dois minutos depois. Fabinho Capixaba dominou a bola no braço dentro da área, e o árbitro Jailson Macedo Freitas marcou pênalti. Dessa vez, Édson Bastos não fez milagre. O goleirão caiu para o lado esquerdo, e o camisa 10 rubro-negro mandou um canhão no meio gol.
Atrás no placar, o Coritiba melhorou um pouco o posicionamento e tentou sair no contra-ataque, mas não construiu jogadas perigosas o bastante para ameaçar a vantagem dos donos da casa na primeira etapa.

NAUTICO AFUNDA 
A animosidade entre as duas equipes continuou. Leandro Donizete deu um carrinho violento em Ciro e foi punido. O atacante encarou o adversário, que levou as mãos ao rosto fingindo ter levado uma cusparada. O árbitro ignorou a atuação do volante. Na cobrança, Marcelinho chutou forte, direto para o gol, e Édson Bastos fez boa defesa.
adriano bahia gol náuticoAdriano marcou os três gols do triunfo do Bahia
(Foto: Romildo de Jesus / Agência Estado)
Diante de 27.116 torcedores pagantes no Estádio Municipal de Pituaçu, que oraram uníssonos assim que o árbitro encerrou a partida, o Bahia bateu o Náutico por 3 a 0, neste sábado, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e se consolidou no G-4, na terceira posição - atrás do Figueirense apenas pelo critério de saldo de gols - com 52 pontos. O detalhe é que os três gols do Esquadrão de Aço - e do jogo - foram marcados pelo centroavante Adriano 'Michael Jackson'.
O Alvirrubro cai para a 13ª posição, com 37 pontos e ainda não garantiu a pontuação suficiente para se manter na Segunda Divisão. Com o resultado, o Tricolor manteve a escrita de nunca perder para o Timbu tendo o mando de campo, além de manter a liderança nos confrontos com 10 vitórias sobre a equipe pernambucana, que tem quatro triunfos sobre os baianos.
Os times voltam a campo na próxima terça-feira. O Bahia viaja até Florianópolis para enfrentar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 21h, enquanto o Náutico recebe o Paraná Clube, às 21h50m, nos Aflitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guarda Municipal de Taquararitinga do Norte prende dois Elementos

Dois irmãos foram detidos com um simulacro de arma de fogo na tarde deste sábado (30), na Avenida Jose Juventino da Silva, em frente a Paró...