quinta-feira, 27 de julho de 2017

Publicitários pernambucanos são presos em nova fase da Lava Jato


Irmãos ligados à empresa de comunicação são investigados na Lava Jato por fazer parte de esquema de propina da Odebrecht
Uma das prisões aconteceu em um prédio da Avenida Boa Viagem nesta quinta (27) / Cinthia Ferreira/TV Jornal

Uma das prisões aconteceu em um prédio da Avenida Boa Viagem nesta quinta (27)
Cinthia Ferreira/TV Jornal
JC Online

A 42ª fase da Operação Lava Jato prendeu dois empresários em Pernambuco. O publicitário André Gustavo Vieira da Silva e o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, ligados à empresa Arcos Comunicação, foram presos pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (27).
Eles são alvos da Operação Cobra, que tem como alvo principal o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, preso também nesta quinta e investigado pelo recebimento de propina em esquema com o Grupo Odebrecht. Os irmãos Vieira seriam operadores financeiros do recebimento de R$ 3 milhões, que só parou com a prisão de Marcelo Odebrecht, em junho de 2015. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no Recife e em Ipojuca.


Coletiva

Além de Pernambuco, a operação também cumpre mandados em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Detalhes da nova fase da Lava Jato serão apresentados em uma coletiva na sede da Polícia Federal em Curitiba ainda na manhã desta quinta-feira (27).

Nenhum comentário:

Postar um comentário