quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Servidores do Detran decretam estado de greve e anunciam paralisação


16953547580004753650000

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) decretaram estado de greve após assembleia realizada ontem (19) na sede do órgão, na Iputinga, Zona Oeste do Recife. No dia 11 de novembro, os servidores realizam paralisação e podem entrar em greve caso não tenham seu pleito atendido.

A categoria elaborou um documento que foi entregue à Secretaria de Administração de Pernambuco com uma série de reivindicações. A principal delas é a suspensão das contratações terceirizadas no órgão. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetran), Alexandre Bulhões, a análise dos exames de direção e o emplacamento de veículo, que deveria ser feito pela entidade, tem sido realizado por empresas terceirizadas.

“O Código de Trânsito diz que a vistoria deve ser exercida por servidor do Detran. É uma atividade que cobra taxa, o que é uma prerrogativa do serviço público. Isso é uma ilegalidade”, denuncia Bulhões. Ele conta que a empresa contratada para analisar os exames práticos de direção formou uma comissão com funcionários próprios, em vez de utilizar servidores do órgão. Segundo o presidente, o Detran paga a esta empresa, também, R$ 11 milhões ao ano para uso dos carros para os exames.

Nenhum comentário:

Postar um comentário