sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

PTB perde quadros importantes em Pernambuco
















O PTB pernambucano experimentou um período de expansão quando passou a ser liderado pelo senador Armando Monteiro, mas entrou numa fase de encolhimento.

Perdeu inicialmente para o PROS o então deputado federal José Augusto Maia, ainda que sua saída tenha sido combinada com o próprio Armando para garantir mais um partido em seu palanque nas eleições de 2014. E acaba de perder para o PMB (Partido da Mulher Brasileira) os deputados federais Ricardo Teobaldo e Adalberto Cavalcanti. Não se sabe qual foi a lógica dessa troca.

De resto, o PTB deve perder ainda o deputado estadual Romário Dias e o vereador recifense Carlos Gueiros, sendo que já tinha perdido em 2015 os prefeitos Bruno Martiniano (Gravatá) e Madalena Brito (Arcoverde), e o vereador Eduardo Marques.

Em baixa o principal partido de oposição ao PSB de Paulo Câmara se vê esfraquecido para as eleições de 2016, o que já reflete em "Armandão" que já vê como uma missão quase impossível derrubar a "Frente Popular" em 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário