quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Diretora de cadeia é executada a tiros


 A diretora da cadeia pública da cidade de Ingá, Córdula Veloso Borges Neta, foi executada, na manhã desta terça-feira (20), nas proximidades do Restaurante do Gringo, localizado às margens da BR-230. 
De acordo com a Polícia Militar, a mulher tinha acabado de sair de casa quando um outro veículo emparelhou com o dela e um ocupante disparou quatro vezes. Ainda conforme as primeiras informações da PM, dois familiares dela também estavam no veículo, mas não ficaram feridos. 
Testemunhas contaram que, após os disparos, o outro veículo fugiu do local. Até as 15h10 (horário local) a polícia fazia buscas na região, mas ninguém tinha sido preso. Uma das primeiras pessoas a chegar ao local do crime foi o dono de um restaurante que fica do outro lado da rodovia. Ele afirmou que viu quando a vítima saiu do carro pedindo socorro. 

“Eu e minha esposa ouvimos os tiros e aí corremos. Quando eu corri, ela vinha saindo do carro pedindo socorro, aí ligamos para a polícia e para o Samu para socorrê-la”, disse Evandro Sobral. 
Familiares da vítima disseram não saber se ela vinha recebendo ameaças. “Ela era uma pessoa muito prestativa. A gente está esperando a justiça tomar conta”, lamentou Agnaldo Veloso, primo da vítima. (FONTE: G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário