terça-feira, 4 de abril de 2017

Trump: “Se China não resolver a Coreia, resolveremos”…


editorial-fala-sobre-o-perigoso-metodo-de-governar-de-donald-trump_3U4cxLB

Donald Trump disse que os Estados Unidos agirão unilateralmente para eliminar a ameaça nuclear da Coreia do Norte, se a China não aumentar a pressão sobre o regime de Pyongyang.

Em entrevista exclusiva ao “Financial Times”, o presidente dos Estados Unidos disse que discutiria a crescente ameaça do programa nuclear de Kim Jong-un com o presidente chinês Xi Jinping, no primeiro encontro entre os dois, esta semana, em um resort da Flórida.

“A China tem grande influência sobre a Coreia do Norte. E a China vai decidir: ou eles nos ajudam com a Coreia do Norte ou não”, disse Trump no Gabinete Oval da Casa Branca. “Se ajudarem, isso será muito bom para a China; se não, não será bom para país algum”.

Mas ele deixou claro que lidaria com a Coreia do Norte com ou sem a ajuda da China.

Perguntado se aceitaria um “grande compromisso” sob o qual a China pressionaria Pyongyang em troca de uma garantia de que os Estados Unidos removeriam suas forças militares da península coreana posteriormente, Trump disse: “Bem, se a China não resolver a Coreia do Norte, nós resolveremos. É tudo que tenho a dizer”.

AMEAÇA

A Casa Branca considera a Coreia do Norte como a mais iminente ameaça aos Estados Unidos, depois que Barack Obama alertou seu sucessor sobre o progresso obtido por Pyongyang no desenvolvimento de mísseis de longo alcance e armas nucleares. (Do Financial Times)

Nenhum comentário:

Postar um comentário