quarta-feira, 8 de junho de 2016

Ministro promete 2.500 poços para reduzir número de carros-pipa no NE

Anuncio foi feito por Raul Jungmann em visita ao Recife nesta manhã.

Após visita ao Recife, Jungmann seguiu para Bahia e Sergipe para acompanhar obras da transposição do Rio São Francisco  (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)Durante visita, general Pafiadache [dir.] também apresentou ações de distribuição de água no semiárido nordestino para o ministro [esq.] (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)
Em visita ao Comando Militar do Nordeste, no Recife, o ministro da Defesa, Raul Jungmann (PPS-PE), anunciou a construção de 2.500 poços artesianos em todo o Nordeste. A medida visa, segundo ele, a redução da pressão e dos custos do programa de abastecimento através de carros-pipa. Raul não repassou, contudo, prazos e valores da iniciativa. Em maio, o ministro havia garantido que o programa de carros-pipa seria ampliado.

Atualmente, a região conta com 6.840 pipeiros que abastecem 79 mil cisternas. Ao todo, quase 3,7 milhões de nordestinos são atendidos pelo programa. Em Pernambuco, são 1.140 pipeiros e mais de 662 mil beneficiados.
Em nota, a assessoria do Comando Militar do Nordeste afirmou que serão construídos 44 poços artesianos nesta primeira fase do projeto em Pernambuco. A meta é construir 315 até 2018. "Na prática, alguns desses poços irão atender a necessidade de comunidades especificas, diminuindo a quantidade de abastecimentos com a Operação Carro-Pipa, entretanto, em outros lugares, dependendo do tamanho e da vazão do poço, ele poderá funcionar como manancial". A construção dos poços ainda não tem data definida.
“Nós estamos aqui iniciando um novo projeto de exploração de água subterrânea. Com aproximadamente 40 perfuratrizes, iremos propiciar 2.500 novos poços. Isso vai significar água direto e a redução da pressão e dos custos do programa de entrega de água por meio de carros pipa”, explicou Jungmann.

Para Raul Jungmann, a redução do programa carros-pipa trará mais benefícios à população. “Tem também um aspecto politico porque ao ficar na mão do Exercito isso é feito com impessoalidade. Você corta pela raiz a 'indústria da seca'. Além disso, incorpora tecnologia de ponta, todo processo é controlado pelos apontadores, que são os próprios usuários. Eles é que dizem que receberam a água e uma água de qualidade”, completa.

Durante a visita, o general Manoel Pafiadache, do Comando Militar do Nordeste também apresentou as ações de distribuição de água que estão sendo feitas no semiárido nordestino. Entre elas, a transposição do Rio São Francisco e detalhes da Operação Carros-Pipa. [Veja vídeo abaixo]
“Depois seguiremos para Paulo Afonso, na Bahia, e Sergipe. Ele vai ver a água chegando numa cisterna. Ele ainda vai ver todo o processo da Operação Carros-Pipa.  Em seguida, vamos nos deslocar para o eixo Leste da transposição. Lá vai ver as obras no canal de aproximação, que tira água de dentro da represa, vai ver a própria represa de Areias, que é a mais importante do inicio da transposição e as obras de manutenção que estamos fazendo nas estradas”, explicou o general.

Jungmann ainda anunciou que as obras da transposição devem ser concluídas no primeiro semestre de 2017. “Em breve, o presidente da republica deverá vir aqui anunciar a data em que nós teremos o início efetivo da transposição. Por isso também que nós estamos aqui fazendo essa fiscalização ao lado do comando do Exército”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário