quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Novo deslocamento de terra em barragem de Mariana

Conforme o promotor, até o momento não há registro de feridos ou mortos no deslocamento de terra registrado nesta quarta-feira / Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Conforme o promotor, até o momento não há registro de feridos ou mortos no deslocamento de terra registrado nesta quarta-feira

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil


A Defesa Civil em Mariana foi acionada no início da tarde desta quarta-feira (27) depois de um deslocamento de terra na área da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, que ruiu em 5 de novembro matando 17 pessoas e deixando duas desaparecidas. Na tragédia, o distrito de Bento Rodrigues foi destruído pela lama.
Conforme informações do promotor Guilherme de Sá Meneguin, de Mariana, a Samarco ativou o alerta amarelo na região, que prevê a retirada de funcionários que possam estar no local.
Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada do Estado de Minas Gerais (Siticop-MG), José Antônio da Cruz, funcionários, sobretudo de empresas terceirizadas, atuavam ao menos até terça-feira em áreas atingidas pela lama próximas a Bento Rodrigues, em limpeza de acessos para máquinas e, também, em reparos em outra barragem da empresa, de Germano, que, depois da tragédia de 5 de novembro, passa por obras de reforço.
Conforme o promotor, até o momento não há registro de feridos ou mortos no deslocamento de terra registrado nesta quarta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário