sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Casal que morava em Taquaritinga confessa participação no crime brutal da professora de Vertentes

POLÍCIA CIVIL ELUCIDA HOMICÍDIO DA PROFESSORA DENIZE.


Na delegacia, casal confessou a participação no crime.


Uma operação conjunta das polícias civil e militar conseguiu prender os autores do crime da professora Denize da cidade de Vertentes . O casal foi Capturado em Ipubí,  município do Sertão de Pernambuco. O taxista Luiz Gonzaga da Silva foi preso e confessou participação no crime de morte que comoveu toda a população de Vertentes e região. O policiamento da GT cumpriu o mandado de prisão na serra da ladeira, zona rural de Ipubí, por volta das 18hs, desta quinta (28). O caso segue em investigação e a Polícia procura por outros acusados de participar do assassinato da professora.  Luis morava em Taquaritinga e tinha um espetinho próximo ao posto de gasolina, e fazia lotação de Taquaritinga para Vertentes em um veículo Corsa verde 
O crime que aconteceu no último dia 21 de Janeiro chocou toda a população de Vertentes e cidades que integram o polo de confecções, onde na ocasião, a professora Denize foi morta de maneira brutal. Segundo polícia, pelo menos três pessoas estariam envolvidas e vitimaram a educadora através de pauladas e asfixia.
A educadora,era aposentada, residente no município de Vertentes, Agreste de Pernambuco e lutava contra um câncer de mamas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário