domingo, 1 de agosto de 2010

A volta por cima de Humberto Costa



Aline Moura

Calejado na estrada política, o vice-presidente nacional do PT, Humberto Costa, entra na sexta disputa majoritária com o cenário mais favorável de sua carreira. Sem o peso de antigas denúncias nos ombros e com apoio nas três esferas de poder (municipal, estadual e federal), Humberto disputa o Senado com a responsabilidade do "agora ou nunca". Pode parecer exagero usar esses dois extremos, mas é difícil conseguir condições tão favoráveis como Humberto tem este ano. Fundador do PT, visto como "soldado" dentro do partido, ele enfrenta a eleição mais "fácil" de sua vida.

Na visão dos adversários políticos, como Raul Jungmann (PPS), também candidato ao Senado, Humberto esgotou sua cota de disputas majoritárias e tem pouco potencial de crescimento pela frente. Deputados do DEM acrescentam, em reserva, que ele continua com baixa inserção política no interior. Aos olhos dos aliados, no entanto, a vitória de Humberto é vista como certa. A fase mais difícil já passou, quando foiinocentado do envolvimento na Máfia dos Vampiros, em março deste ano, e logo depois venceu João Paulo na disputa interna do PT.

O caminho foi longo e tortuoso até que Humberto pudesse construir condições tão boas para concorrer ao Senado. Mas ele teve toda a paciência do mundo para conquistar a indicação do partido. Se rivais políticos ressaltam apenas suas derrotas (cinco ao todo), os aliados, como o deputado federal Maurício Rands, o tratam como um "soldado do partido". "Humberto é um político com grande capacidade de diálogo com todos os partidos da Frente Popular. Ele não só é agregador, como bom articulador", elogiou Rands.

Segundo outros aliados, Humberto é o candidato mais forte entre os quatro postulantes ao Senado. Não só por ter apoio do presidente Lula, do governador Eduardo Campos (PSB) e do prefeito João da Costa (PT). Mas pelos investimentos e projetos que trouxe para Pernambuco. O senador Marco Maciel (DEM) também vem apresentando seu legado nas andanças que faz durante a campanha, mas as de Humberto estão mais fresquinhas entre os mais jovens, especialmente. Todo mundo pode ver as ambulâncias do Samu circulando no Recife, a Academia das Cidades, as farmácias populares, entre outras bandeiras que sempre cita em discurso.

Não bastasse a vantagem eleitoral, onde aparece com 42% das intenções de votos, Humberto ainda conta com a "trégua" dos adversários, que o acusaram de ser o "chefe" da Máfia dos Vampiros na campanha de 2006. Até agora, no discurso da Frente Pernambuco Pode Mais, comandada pelo senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), não houve ataques ao petista. Pelo contrário. Se alguém está provocando este ano é o próprio Humberto Costa. Ele já rotulou Maciel de "omisso" e ainda acusou Jarbas de não propor nada de novo para Pernambuco.

De acordo com políticos do PSB e do PT, outra característica que favorece Humberto é a de honrar acordos políticos. Até mesmo João Paulo admite isso por mais divergências que tenha com o correligionário. O ex-prefeito já teria dito a pessoas próximas que a história teria sido outra se tivesse indicado Humberto para a prefeitura em 2008, ao invés de João da Costa. Dificilmente João Paulo vai falar sobre isso publicamente. Mas o próprio João Paulo sabe que Humberto não traz no currículo episódios de "traição". Os dois quebram o pau dentro do partido, divergem, mas tudo é feito às claras. Sem surpresas.

Perfil

Nome - Humberto Costa -Partido - PT


Cargos exercidos:

- Deputado estadual (1990-1994)

- Deputado federal (1994-1998)

- Vereador do Recife (2000 - 2001)

- Secretário municipal de Saúde (2001-2002)

- Ministro da Saúde (2003-2005)

- Secretário estadual de Cidades (2007-2010)

- Três vezes vice-líder do PT de 1994 a 1998

- Vice-presidente nacional do PT desde fevereiro de 2010

Fonte:Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Taquaritinga do Norte entrega mais uma rua totalmente pavimentada para a população em Pão de Açúcar

Os moradores do Distrito de Pão de Açúcar estão em festa. Mais uma rua totalmente pavimentada e urbanizada foi entregue à populaçã...